• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2017.tde-05012017-124528
Documento
Autor
Nome completo
Renata Stifanic
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Zamboni, Dario Simões (Presidente)
Báfica, André Luiz Barbosa
Borges, Marcos de Carvalho
Cunha, Thiago Mattar
Título em português
O papel do receptor C5a em um modelo murino de doença dos Legionários
Palavras-chave em português
Legionella longbeachae
pneumonia
receptor de C5a
Resumo em português
Legionella longbeachae é uma espécie da família Legionellaceae que é comumente presente no solo em diversas regiões do globo. Uma infecção por L. longbeachae em indivíduos imunocomprometidos causa uma pneumonia severa, frequentemente levando a hospitalização e à morte. A prevalência destas bactérias como causa de pneumonia é grande, e certamente sub-estimada, uma vez que os métodos de diagnóstico convencionais detectam apenas as espécies de Legionella pneumophila. A anafilatoxina C5a è uma proteína inflamatória ativada pelo complemento, a qual é envolvida no recrutamento de células inflamatórias, um processo induzido pelas células da imunidade inata que leva a dano tecidual. Dados recentes gerados no nosso laboratório sugerem que a mortalidade de camundongos após a infecção por L. longbeachae é causada por uma falência pulmonar, associada a indução de um intenso processo inflamatório nos pulmões dos animais infectados. Nesse trabalho, nós investigamos papel do receptor de C5a (C5aR) na replicação bacteriana e na resistência de camundongos diante de uma infecção letal por L. longbeachae. Experimentos realizados com animais deficientes no receptor C5a indicam que os animais são protegidos durante uma infecção letal por L. longbeachae em comparação com animais selvagens, da linhagem BALB/c. De acordo com esses resultados, foi detectada uma menor carga bacteriana nos pulmões dos animais C5a-/- em comparação com animais selvagens. Experimentos realizados com animais controles da mesma linhagem demonstraram que C5a-/- diferem de animais C5a+/-, o que suporta o papel desse receptor durante a infecção por L. longbeachae. Dessa forma, nossos dados sugerem que a sinalização via C5aR contribui para a patogênese da doença em modelo murino da infecção por L. longbeachae. Os mecanismos envolvidos na patogênese mediada pelo receptor C5a encontram-se sob investigação.
Título em inglês
The role of the C5a receptor in a mouse model of Legionnaires' disease
Palavras-chave em inglês
C5a receptor
Legionella longbeachae
pneumonia
Resumo em inglês
Legionella longbeachae is a species of the Legionellaceae family that is commonly present in the soil in various regions of the globe. Infections by L. longbeachae in immunocompromised individuals cause severe pneumonia, often leading to hospitalization and death. The prevalence of L. longbeachae as a cause of pneumonia is large, and certainly under-estimated, mainly because the conventional diagnostic methods only detect Legionella pneumophila species. The anaphylatoxin C5a is an inflammatory protein activated by the complement system, which is involved in the recruitment of inflammatory cells, a process induced by cells of the innate immunity, which leads to tissue damage. Recent data generated in our laboratory suggest that the mortality of mice after infection with L. longbeachae is caused by a lung failure, associated with the induction of an intense inflammatory process in the lungs of infected animals. In this study, we investigated the role of C5a receptor (C5aR) in bacterial replication and mice resistance on a lethal infection by L. longbeachae. Experiments with animals deficient in the C5a receptor indicate that the animals are protected during a lethal infection by L. longbeachae as compared with-wild type strain, BALB/c. According to these results, a lower bacterial load was detected in the lungs of C5a-/- animals compared with BALB/c animals. Experiments performed with control animals of the same strain demonstrated that C5a-/- differ from C5a+/- animals, which supports the role of this receptor during infection by L. longbeachae. Thus, our data suggest that C5aR signalling pathway contributes to the pathogenesis of the disease in a murine model of infection by L. longbeachae. The mechanisms involved in the pathogenesis mediated by C5a receptor are under investigation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-03-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.