• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.17.2021.tde-23062022-093312
Documento
Autor
Nome completo
Rafael Zucco de Oliveira
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2021
Orientador
Banca examinadora
Lovato, Juliana Meola (Presidente)
Piccinato, Carla de Azevedo
Silveira, Vanessa da Silva
Título em português
Desregulação de miRNAs em células-tronco mesenquimais derivadas de fluxo menstrual de mulheres com e sem endometriose
Palavras-chave em português
Endometriose
MenSCs
miR-200b-3p
RT-qPCR
Sangue menstrual
Resumo em português
A relação fundamental entre a teoria de Sampson e a presença de células-tronco mesenquimais no fluxo menstrual (MenSCs), bem como, as mudanças nos processos regulatórios póstranscricionais como atores na etiopatogenia da endometriose, são pouco compreendidas. Nenhum estudo até o momento investigou o desequilíbrio de miRNAs em MenSCs relacionados à doença. Assim, por meio da literatura e de análises in silico, selecionamos quatro miRNAs previstos como reguladores de EGR1, SNAI1, NR4A1, NR4A2, ID1, LAMC3 e FOSB envolvidos nas vias de apoptose, angiogênese, resposta a hormônios esteróides, migração, diferenciação e proliferação celular. Deste modo, um estudo caso-controle foi realizado com MenSCs de mulheres com e sem endometriose (dez amostras por grupo). Cruzando as informações obtidas nos bancos de dados STRING, PubMed, miRPathDB, miRWalk e DIANA TOOLS, optamos por explorar a expressão dos miRNAs miR-21-5p, miR-100-5p, miR-143- 3p e miR-200b-3p por RT-qPCR. Encontramos uma regulação positiva do miR-200b-3p em MenSCs de endometriose (P = 0,0207), com uma alteração de 7,93 vezes (razão entre as médias geométricas) em comparação com o controle. A superexpressão do miR-200b tem sido associada ao aumento da proliferação celular, stemness e ao processo de transição mesenquimal-epitelial acentuado no endométrio eutópico de mulheres com endometriose. Acreditamos que o miR-200b-3p desregulado pode estabelecer alterações primárias nas MenSCs, e assim, favorecendo a implantação de tecido no local ectópico.
Título em inglês
Dysregulation of miRNAs in menstrual blood-derived mesenchymal stem cells from healthy and endometriosis women
Palavras-chave em inglês
Endometriosis
MenSCs
Menstrual blood
miR-200b-3p
RT-qPCR
Resumo em inglês
The key relationship between Sampson's theory and the presence of mesenchymal stem cells in the menstrual flow (MenSCs), as well as the changes in post-transcriptional regulatory processes as actors in the etiopathogenesis of endometriosis, are poorly understood. No study to date has investigated the imbalance of miRNAs in MenSCs related to the disease. Thus, through literature and in silico analyses, we selected four predicted miRNAs as regulators of EGR1, SNAI1, NR4A1, NR4A2, ID1, LAMC3, and FOSB involved in pathways of apoptosis, angiogenesis, response to steroid hormones, migration, differentiation, and cell proliferation. Therefore, a case-control study was conducted with MenSCs of women with and without endometriosis (ten samples per group). Crossing information obtained from the STRING, PubMed, miRPathDB, miRWalk, and DIANA TOOLS databases, we chose to explore the expression of miR-21-5p, miR-100-5p, miR-143-3p, and miR-200b-3p by RT-qPCR. We found an upregulation of the miR-200b-3p in endometriosis MenSCs (P=0.0207), with a 7.93- fold change (ratio of geometric means) compared to control. Overexpression of miR-200b has been associated with increased cell proliferation, stemness and accentuated mesenchymalepithelial transition process in eutopic endometrium of endometriosis. We believe that dysregulated miR-200b-3p may establish primary changes in the MenSCs, thus favoring tissue implantation at the ectopic site.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Liberação
2023-12-13
Data de Publicação
2022-06-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2024. Todos os direitos reservados.