• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.17.2016.tde-19122014-162435
Documento
Autor
Nome completo
Lucimara Facio Nobre Zueff
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Ferriani, Rui Alberto (Presidente)
Guazzelli, Cristina Aparecida Falbo
Macedo, Carolina Sales Vieira
Martins, Wellington de Paula
Pontes, Anaglória
Título em português
Efeito do sistema intrauterino liberador de levonorgestrel sobre marcadores de risco metabólico e doença cardiovascular em mulheres obesas: ensaio clínico randomizado
Palavras-chave em português
Doença cardiovascular
Efeito adverso
Obesidade
Sistema intrauterino liberador de levonorgestrel
Resumo em português
Introdução: A obesidade pode se constituir como fator de risco para o uso de contraceptivos hormonais, especialmente aqueles contendo estrogênios, devido a possíveis efeitos metabólicos indesejados. As alterações metabólicas decorrentes do uso do sistema intrauterino liberador de levonorgestrel (SIU-LNG) foram bem descritas em mulheres com peso normal, mas não em mulheres obesas. Objetivo: Avaliar o efeito do sistema intrauterino liberador de levonorgestrel (SIU-LNG) sobre marcadores ultrassonográficos e laboratoriais de risco metabólico e doença cardiovascular em mulheres obesas. Casuística e Métodos: Estudo clínico randomizado aberto avaliando 106 mulheres obesas (30,0 Kg/m2 e <40 Kg/m2), com idade entre 18 e 40 anos, sem outras comorbidades. As pacientes foram avaliadas antes do início da contracepção e após um ano, sendo realizada randomização simples, para uso de SIU-LNG ou método não hormonal (a paciente poderia escolher entre dispositivo intrauterino de cobre ou preservativo). Foram avaliados: evolução ponderal; circunferência da cintura; volume uterino e ovariano; insulinemia e glicemia de jejum; perfil lipídico; testosterona; sex hormone binding globulin (SHBG); hemograma; aspartato aminotransferase (AST), a alanina aminotransferase (ALT), a fosfatase alcalina e gama glutamil transferase; índice de rigidez da carótida e espessura íntima-média (EIM); dilatação mediada por fluxo da artéria braquial (DMF) e doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA). Resultados: Nenhuma diferença estatística foi observada na dilatação mediada por fluxo da artéria braquial entre as mulheres em uso de SIU-LNG e métodos não hormonais em um ano de observação. Observou-se uma redução do volume ovariano (-0,5&177;2,6 vs. 0,7&177;2,6 cm3, p=0,03). A hemoglobina aumentou nas usuárias de SIU-LNG (0,4&177;0,8 vs. -0,1&177;0,8 g/dL, p=0,00) juntamente com o hematocrito (1,8&177;2,2 vs. -0,0&177;2,3 %, p=0,00). Não houve alteração do perfil lipídico, glicêmico, da função hepática e doença hepática gordurosa não alcoolica no grupo das usuárias de SIU-LNG e nem das usuárias de métodos não hormonal. Conclusão: Concluiu-se que o SIU-LNG não apresentou efeito metabólico desfavorável comparado a métodos não hormonais após um ano, em mulheres obesas grau I e II, sem outras comorbidades.
Título em inglês
Effect of levonorgestrel-releasing intrauterine system polycystic ovary syndrome on markers of metabolic and cardiovascular disease risk in obese women: randomized clinical trial
Palavras-chave em inglês
Adverse effect
Cardiovascular disease
Levonorgestrel-releasing intrauterine system
Obesity
Resumo em inglês
Background: Obesity may be a risk factor for the use of hormonal contraceptives, especially those containing estrogens, due to possible unwanted metabolic effects. The metabolic effects of levonorgestrel-releasing intrauterine system (LNG-IUS) have been studied in normal-weight women but not in obese women. Objective: To evaluate the effect of levonorgestrel-releasing intrauterine system on multiple ultrasonographic and laboratorial markers of metabolic and cardiovascular disease risk in obese women. Methods: A randomized clinical trial study evaluating 106 obese women ( 30.0 kg/m2 and <40 kg/m2), aged between 18 and 40 years with desire contraception, without other co-morbidities. Patients were evaluated before the start of contraception and after a year, made simple randomization to use of LNG-IUS or nonhormonal method (the patient could choose between copper intrauterine device or condom). Were evaluated: weight gain; waist circumference; uterine and ovarian volumes; insulinemia and fasting glucose; lipid profile; testosterone; sex hormone binding globulin (SHBG); hemogram; aspartate aminotransferase (AST), alanine aminotransferase (ALT), alkaline phosphatase and gamma glutamyl transferase; stiffness index and carotid intima-media thickness (IMT); flow-mediated brachial artery dilatation (FMD) and nonalcoholic fatty liver disease (NAFLD). Results: No statistical difference was observed in flow-mediated brachial artery among women using the LNG-IUS and non-hormonal methods in one year of observation dilation. There was a volume reduction (-0.5 &177; 2.6 vs. 0.7 &177; 2.6 cm3, p=0.03). Hemoglobin increased in users of LNG-IUS (0.4 &177; 0.8 vs. -0.1 &177; 0.8 g/dL, p=0.00) together with the hematocrit (1.8 &177; 2.2 vs. -0.0 &177; 2.3%, p=0.00). There was no change in lipid profile, glucose, liver function and nonalcoholic fatty liver disease in the group of users of the LNG-IUS or the users of non-hormonal methods. Conclusion: We conclude that the LNG-IUS showed no adverse metabolic effect compared to non-hormonal methods after one year in grade I and II obese women without other comorbidities.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TESE.pdf (1.39 Mbytes)
Data de Publicação
2016-01-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.