• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.17.2021.tde-28012022-110538
Documento
Autor
Nome completo
Gabrielle Floriano Sanches
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2021
Orientador
Banca examinadora
Bettiol, Heloisa (Presidente)
Arruda, Soraia Pinheiro Machado
Ued, Fábio da Veiga
Título em português
Associação de padrões alimentares com obesidade e gordura corporal excessiva em adultos jovens de Ribeirão Preto, SP
Palavras-chave em português
Adultos
Índice de massa corporal
Padrões alimentares
Porcentagem de gordura corporal
Resumo em português
O estudo de padrões alimentares oferece uma perspectiva diferente da tradicional análise com foco em nutrientes ou alimentos isolados, favorecendo a compreensão dos processos de prevenção e tratamento de doenças e se constitui numa ferramenta fundamental para os programas de intervenção nutricional. A avaliação do consumo alimentar é uma etapa fundamental na compreensão do desenvolvimento do acúmulo de gordura corporal. Objetivo: Investigar a associação dos padrões alimentares com obesidade e gordura corporal excessiva em adultos jovens. Método: Estudo transversal pertencente ao terceiro estágio de acompanhamento de uma coorte de nascidos vivos no ano de 1994 em Ribeirão Preto, SP. Foram avaliados 1041 adultos jovens, com idade entre 22 e 23 anos. Os participantes responderam a diversos questionários, entre esses um questionário geral abordando dados socioeconômicos, demográficos e de estilo de vida e um questionário de frequência alimentar (QFA). Os participantes realizaram exames clínicos, entre eles exames da composição corporal. Os padrões alimentares foram identificados usando análise fatorial por componentes principais (ACP). O índice de massa corporal (IMC) foi calculado dividindo-se o peso (kg) pela altura (m) ao quadrado (kg/m2), sendo considerados obesos aqueles indivíduos com IMC≥30,0 kg/m². A porcentagem de gordura corporal (%GC) foi obtida através da pletismografia por deslocamento de ar usando o equipamento denominado BodPod®, sendo que indivíduos com "excesso de gordura" e "gordura elevada" foram considerados com GC excessiva. Foi construído um gráfico acíclico direcionado (DAG) para realização do ajuste das análises de associação pelas variáveis confundidoras. Para avaliar a associação entre a adesão aos padrões alimentares e obesidade e GC excessiva foi utilizada regressão de Poisson com estimativa robusta da variância, ajustada para variáveis socioeconômicas e de estilo de vida. Resultados: Obesidade esteve presente em 1/5 dos adultos jovens (20,3%), sem diferença entre os sexos, e mais da metade (54,9%) tinha gordura corporal excessiva, com predomínio entre as mulheres. Foram identificados quatro principais padrões alimentares denominados Prudente, Denso em energia, Bar e Tradicional. Alta adesão aos padrões Prudente e Denso em energia foi associada com maior prevalência de obesidade (RP 1,71; IC95% 1,29-2,27 e RP 1,60; IC95% 1,16-2,20, respectivamente). Já em relação à GC excessiva, somente a alta adesão ao padrão alimentar Tradicional entre os homens foi associada com menor prevalência de GC excessiva (RP: 0,68; IC 95%: 0,48 - 0,97). Ter companheiro e sub-relatar a ingestão energética mostraram-se como risco para obesidade e GC excessiva. Conclusão: Nesta amostra, a prevalência de obesidade não diferiu entre os sexos, enquanto a GC excessiva foi maior entre as mulheres. O padrão alimentar Prudente foi associado com obesidade, sendo também o padrão Denso em energia associado com maior prevalência de obesidade. Alta adesão ao padrão alimentar Tradicional foi associada com menor prevalência de GC excessiva entre os homens. O reconhecimento dos padrões alimentares pode representar um ponto de partida para o desenvolvimento de estratégias de saúde pública direcionadas a grupos específicos com o objetivo de melhorar o estado nutricional e prevenir o desenvolvimento futuro da obesidade e suas complicações.
Título em inglês
Association of dietary patterns with obesity and high body fat in young adults from Ribeirão Preto, SP
Palavras-chave em inglês
Adults
Body fat percentage
Body mass index
Dietary patterns
Resumo em inglês
The study of dietary patterns offers a different perspective from the traditional analysis focused on nutrients or isolated foods, favoring the understanding of disease prevention and treatment processes and constituting a fundamental tool for nutritional intervention programs. The assessment of food consumption is a fundamental step in understanding the development of body fat accumulation. Objective: To investigate the association of dietary patterns with obesity and excessive body fat in young adults. Method: Cross-sectional study belonging to the third stage of the follow-up of a cohort of live births in 1994 in Ribeirão Preto, SP. The sample consisted of 1,041 young adults aged between 22 and 23 years old. Participants completed several questionnaires, including a general questionnaire covering socioeconomic, demographic and lifestyle data and a food frequency questionnaire (FFQ). Participants underwent clinical examinations, including body composition examinations. Dietary patterns were identified using principal component factor analysis (PCA). The body mass index (BMI) was calculated by dividing weight (kg) by height (m) squared (kg/m2), with those individuals with BMI≥30.0 kg/m² being considered obese. The %BF was obtained through air displacement plethysmography using the equipment called BodPod®, and individuals with "excess fat" and "high fat" were considered to have excessive BF. A directed acyclic graph (DAG) was constructed to adjust the association analyzes for confounding variables. To assess the association between adherence to dietary patterns and obesity and excessive BF, Poisson regression with robust variance estimate, adjusted for socioeconomic and lifestyle variables, was used. Results: Obesity was present in 1/5 of young adults (20.3%), with no difference between genders, and more than half (54.9%) had excessive body fat, with predominance among women. Four main dietary patterns were identified, called Prudent, Energy dense, Bar and Traditional. High adherence to Prudent and Energy dense patterns was associated with a higher prevalence of obesity (PR 1.71; 95%CI 1.29-2.27 and PR 1.60; 95%CI 1.16-2.20, respectively). Regarding the excessive body fat, only the high adherence to the Traditional dietary pattern among men was associated with a lower prevalence of excessive BF (PR: 0.68; 95% CI: 0.48 - 0.97). Having a partner and underreporting energy intake showed to be a risk for obesity and excessive BF. Conclusion: In this sample, the prevalence of obesity did not differ between genders, while the excessive BF was higher among women. The Prudent dietary pattern was associated with obesity, and the Energy dense pattern was also associated with a higher prevalence of obesity. High adherence to the Traditional dietary pattern was associated with a lower prevalence of excessive BF among men. The recognition of dietary patterns can represent a starting point for the development of public health strategies aimed at specific groups with the objective of improving nutritional status and preventing the future development of obesity and its complications.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-02-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.