• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.17.2020.tde-13022020-103257
Documento
Autor
Nombre completo
Paula Danielle Santa Maria Albuquerque de Andrade
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Ribeirão Preto, 2019
Director
Tribunal
Júnior, Pérsio Roxo (Presidente)
Arruda, Luisa Karla de Paula
Martinis, Elaine Cristina Pereira de
Riccetto, Adriana Gut Lopes
Título en portugués
Estudo randomizado, duplo-cego controlado, sobre eficácia de probióticos combinados no tratamento da dermatite atópica em crianças
Palabras clave en portugués
Dermatite atópica
Inflamação
Microbiota
Sensibilização
Tolerância imunológica
Resumen en portugués
Introdução: A dermatite atópica é uma desordem imunológica, caracterizada por inflamação cutânea crônica e/ou recidivante, cuja prevalência vem aumentando em todo o mundo. A hipótese de que uma estimulação precoce apropriada da microbiota intestinal contribua para o estabelecimento do equilíbrio do sistema imunológico tem levado ao uso de probióticos na prevenção e no tratamento da dermatite atópica em vários estudos clínicos e experimentais. Objetivos: Avaliar a eficácia clínica da mistura de probióticos (Lactobacillus e Bifidobacterium) e os efeitos da suplementação na sensibilização, inflamação e tolerância, em crianças e adolescentes com dermatite atópica. Método: Trata-se de um estudo clínico, duplo-cego, randomizado e controlado com placebo com duração de um ano. Quarenta crianças e adolescentes foram acompanhados com avaliações clínicas trimestrais e coleta sanguínea semestral. O teste cutâneo de leitura imediata foi realizado no início e ao final da pesquisa. Todos os pacientes foram tratados por um período de seis meses e receberam 1 grama (sachê) ao dia. Resultados: A análise estatística revelou resposta clínica significativa do grupo probiótico em relação ao grupo placebo, após seis meses de tratamento, com redução do SCORAD (p = 0,03; IC 95%, 2,44-52,94), mesmo após o ajuste pelas covariáveis (p = 0,02; IC 95%, 5,52-59,13). Observou-se, ainda, manutenção da melhora no grupo probiótico após três meses da pausa, quando realizado o ajuste pelas covariáveis (p = 0,04; IC 95%, 0,78- 27,70). Os níveis de IgE total não sofreram alterações entre os grupos. Os demais parâmetros (teste cutâneo de leitura imediata, citocinas inflamatórias e de tolerância imunológica) não apresentaram riscos relativos com diferenças estatísticas em relação ao placebo. Conclusões: A mistura de probióticos utilizada por seis meses em crianças e em adolescentes com dermatite atópica foi eficaz na redução do SCORAD. Este efeito benéfico não foi observado na modulação de citocinas inflamatórias ou tolerogênicas, assim como não houve influência sobre o teste cutâneo de leitura imediata e a IgE total. ClinicalTrials.gov #NCT02519556.
Título en inglés
Double blind, randomized, placebo controlled clinical trial of the efficacy of combined probiotics in the treatment of atopic dermatitis in children
Palabras clave en inglés
Atopic dermatitis
Immune tolerance
Inflammation
Microbiota
Sensitization
Resumen en inglés
Background: Atopic dermatitis, an immunological disorder characterized by chronic and/or relapsing skin inflammation, is increasing worldwide. The hypothesis that appropriate early stimulation of the gut microbiota contributes to immune system balance has encouraged the use of probiotics to prevent and to treat atopic dermatitis in several clinical and experimental studies. Objectives: To evaluate the clinical efficacy of a mixture of probiotics (Lactobacillus and Bifidobacterium) in children and teenagers with atopic dermatitis and the effects of probiotics on sensitization, inflammation, and immunological tolerance. Method: This is a one-year double-blind, randomized, placebo-controlled clinical trial that monitored 40 children and adolescents through quarterly clinical examinations and semiannual blood collection. The skin prick test was performed at the beginning and end of the trial. All the patients were treated for six months and received one gram of probiotics (sachet) per day. Results: Clinical response was significantly better in the probiotic group as compared to the placebo group after treatment for six months; SCORAD decreased (p = 0.03, 95% CI, 2.44- 52.94) even after adjustment for co-variables (p = 0.02, 95% CI, 5.52-59.13). Three months after treatment was discontinued, improvement persisted in the probiotic group even after adjustment for co-variables (p = 0.04, 95% CI, 0.78- 27.70). Neither probiotics nor placebo modified serum IgE levels. The other parameters (skin prick test and inflammatory and immunological tolerance cytokines) did not reveal statistically significant relative risks as compared to placebo. Conclusions: Use of a mixture of probiotics for six months effectively reduced SCORAD in children and adolescents with atopic dermatitis. This beneficial effect was not evident in the modulation of inflammatory or tolerogenic cytokines, skin prick test, or serum IgE levels. ClinicalTrials.gov #NCT02519556.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2020-04-28
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.