• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.17.2020.tde-12022020-174736
Documento
Autor
Nome completo
Kettyuscia Coêlho e Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Antonini, Sonir Roberto Rauber (Presidente)
Brito, Vinicius Nahime de
Cardoso, Viviane Cunha
Júnior, Gil Guerra
Título em português
A idade da menarca em escolares na cidade de Manaus, Brasil
Palavras-chave em português
Estatura
Índice de massa corporal (IMC)
Menarca
Nível socioeconômico
Raça
Resumo em português
Introdução: Genética, etnia, gênero, nutrição e o meio ambiente são fatores que regulam a puberdade. A idade da menarca, além de indicador de maturação biológica tem sido usada com parâmetro para mostrar as mudanças socioeconômicas que ocorrem com as populações. Em países em desenvolvimento ainda existe tendência à antecipação da menarca, associada principalmente à transição nutricional e excesso de peso. Objetivos: Estimar a idade da menarca em Manaus-AM e avaliar sua associação com o estado nutricional, raça/etnia e nível socioeconômico. Avaliar o perfil nutricional e a estatura nesses indivíduos. Métodos: Estudo observacional, transversal e analítico, com amostra probabilística composta por 1.017 alunas de 6 a 17 anos da rede escolar pública (68%) e privada (32%) de Manaus-AM. A idade de menarca foi avaliada pelo método status quo seguido por estimador limite-produto (Kaplan-Meier) e pelo método recordatório. As associações entre a idade de menarca com o índice de massa corporal (IMC), raça ou nível socioeconônimo foram testadas. Avaliou-se a probabilidade de ocorrência da menarca em função da idade e da classificação do IMC e a associação entre o z-escore de IMC e a idade da menarca. Resultados: 559 (51,9%) das escolares avaliadas haviam tido menarca, ocorrida entre 8 e 16 anos de idade, dos quais 91,7% entre 10 e 14 anos. Menarca antes dos 10 e dos 9 anos ocorreu em 2,7% e 0,5%, respectivamente. A média e a mediana da idade da menarca 11,9 ? 1,1 e 11,9 anos, respectivamente. Não houve diferença entre alunas de escola pública e privada ou quanto à escolaridade dos pais ou etnia (p > 0,05). Meninas com IMC mais elevado tiveram menarca mais cedo (p < 0,01). Para cada aumento de 1 DP do IMC houve redução de cerca de 4 meses na idade da menarca. 11% da variação na idade de menarca pode ser atribuída ao IMC (R2= 0,11). A idade da menarca foi menor nas meninas com sobrepeso 11,5 ? 1,1 anos e nas obesas 11,3 ? 1,0 anos (p < 0,01). Sobrepeso, observado em 17,4%, aumentou a chance de menarca em 3,5 vezes (IC 95%, 1,7 - 6,9) e a obesidade (8,1%) 4,5 vezes (IC 95%, 1,7-11,4). A média da estatura final foi 159,7 ? 5 cm, sem diferença significativa na altura final das meninas que apresentaram menarca antes ou após os 10 anos de idade (p= 0,8). Conclusão: Em Manaus, a idade da menarca é 11,9 ? 1,1 anos e é semelhante em todas as classes sociais e raças. Em todos esses grupos, o excesso de peso adianta significativamente a sua ocorrência.
Título em inglês
The age of menarche in schoolgirl in the city of Manaus, Brazil
Palavras-chave em inglês
Body mass index (BMI)
Menarche
Race
Socioeconomic status
Stature
Resumo em inglês
Introduction: Genetics, ethnicity, gender, nutrition and the environment are factors that regulate puberty. The age of menarche indicates biological maturation and has been used as a parameter of the socioeconomic changes within and across populations. In developing countries, there is still a tendency to anticipation of menarche, which is mainly associated with nutritional transition and overweight. Objectives: To estimate the age of menarche in Manaus-AM and to evaluate its association with nutritional status, race / ethnicity and socioeconomic status. To evaluate the nutritional profile and height in these individuals. Methods: Observational, cross-sectional and analytical study, with a probabilistic sample composed of 1,017 students aged 6 to 17 years from public (68%) and private (32%) schools in Manaus-AM. The age of menarche was assessed by the status quo method followed by the product-limit estimator (Kaplan-Meier) and the recall method. Associations between age of menarche and body mass index (BMI), race or socioeconomic level were tested. The probability of occurrence of menarche according to age and BMI classification and the association between BMI z-score and age of menarche were evaluated. Results: 559 (51.9%) of the evaluated students had menarche, occurring between 8 and 16 years old, of which 91.7% between 10 and 14 years old. Menarche before the age of 10 and 9 occurred in 2.7% and 0.5 %, respectively. The average and median age of menarche was 11.9 ? 1.1 and 11.9 years, respectively. There was no difference between students from public and private schools or regarding parents' education or ethnicity (p > 0.05). Girls with higher BMI had earlier menarche (p < 0.01). For each increase of 1 SD of BMI there was a reduction of about 4 months in the age of menarche. 11% of the variation in menarche age can be attributed to BMI (R2 = 0.11). Menarche was earlier in overweight (11.5 ? 1.1) and obese girls (11.3 ? 1.0 years; p < 0.01). Overweight and obesity observed in 17.4% as 8.1%, respectively, increased the chance of menarche by 3.5 times (95% CI, 1.7-6.9) and 4.5 times (95% CI, 1.7-11.4),9 respectively. The average final height was 159.7 ? 5 cm, with no significant difference in final height of girls who had menarche before or after 10 years of age (p = 0.8). Conclusion: In the capital of the Amazon, the age of menarche is 11.9 ? 1.1 years and was similar in all social classes and races. In all these groups, overweight significantly anticipated menarche.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-04-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.