• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.17.2020.tde-27052020-080201
Documento
Autor
Nome completo
Lucas Sartori Manoel
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2020
Orientador
Banca examinadora
Riberto, Marcelo (Presidente)
Castiglia, Marcello Teixeira
Herrero, Carlos Fernando Pereira da Silva
Papoti, Marcelo
Título em português
Identificação de fatores de risco de lesões de tornozelo em jogadores profissionais de futebol por meio de uma avaliação funcional no período pré-temporada
Palavras-chave em português
Fatores de risco
Futebol
Lesão
Tornozelo
Resumo em português
O tornozelo é o segmento mais propenso a lesão no futebol, devido a absorção da carga mecânica imposta pela interação entre o jogador e o chão, além do contato com o adversário. Tal situação torna a articulação suscetível a lesões musculoesqueléticas tais como entorses, lesões ligamentares e fraturas. Etiologicamente, o risco de lesão do tornozelo depende de fatores intrínsecos como assimetrias de força muscular, diminuição da flexibilidade e diminuição da propriocepção, além da idade e histórico de lesões prévias. Espera-se então que uma análise de tais parâmetros por meio de uma avaliação funcional possa relacionar a incidência de lesões com os déficits encontrados durante o período pré-temporada, possibilitando identificar reais fatores de risco predizer a ocorrência de lesões. Objetivo: Identificar os fatores de risco que podem predispor a lesões de tornozelo, presentes na avaliação durante a fase pré-temporada, em jogadores de futebol profissional. Método: Estudo longitudinal, avaliando 89 atletas profissionais de futebol no período pré-temporada, contemplando a anamnese e levantamento de dados antropométricos, avaliação isocinética do tornozelo e testes funcionais: Dorsiflexion Lunge Test (DLT) e Y Balance Test (YBT). Houve o acompanhamento dos atletas no período competitivo, sendo realizado o levantamento da incidência de lesão. A associação das variáveis quantitativas e o desfecho lesão foi analisada através do teste t de student para amostras independentes, e para a associação das variáveis qualitativas e desfecho lesão foi realizado o teste Qui-Quadrado. Resultados: A incidência de lesão de tornozelo foi associada a menores valores de no YBT no membro dominante (p= 0.042; OR=2,31) e não dominante (p= 0.017; OR=2,88). Maiores valores de IMC também foram associados a maior ocorrência de lesão (p=0,016; OR=7,01). Conclusão: Testes funcionais como o YBT são ferramentas indicadas para avaliar as capacidades físicas e possíveis riscos de entorse de tornozelo, por avaliar, de forma complexa, a capacidade funcional do tornozelo, assim podendo minimizar os riscos de lesão. O IMC dos atletas também deve ser levado em consideração para prevenir tais lesões.
Título em inglês
Identification of ankle injury risk factors in professional soccer players through a pre-season functional assessment
Palavras-chave em inglês
Ankle
Injury
Risk factor
Soccer
Resumo em inglês
The ankle is the segment most prone to injury in soccer due to the absorption of the mechanical load imposed by the interaction between the player and the ground, as well as contact with the opponent. This situation makes the joint susceptible to musculoskeletal injuries such as sprains, ligament injuries and fractures. Etiologically, the risk of ankle injury depends on intrinsic factors such as muscle strength asymmetries, decreased flexibility and decreased proprioception, as well as age and history of previous injuries. Therefore, it is expected that an analysis of these parameters through a functional assessment can relate the incidence of injuries with the deficits found during the preseason period, enabling the identification of real risk factors to predict the occurrence of injuries. Objective: To identify risk factors that may predispose to ankle injuries present in the pre-season assessment in professional soccer players. Method: Longitudinal study, evaluating 89 professional soccer athletes in the pre-season, including anamnesis and anthropometric data collection, ankle isokinetic evaluation and functional tests: Dorsiflexion Lunge Test (DLT) and Y Balance Test (YBT). The athletes were monitored during the competitive period, and the incidence of injury was surveyed. The association of quantitative variables and injury outcome was analyzed by Student's t-test for independent samples, and for the association of qualitative variables and injury outcome the Chi-square test was performed. Results: The incidence of ankle injury was associated with lower YBT values in the dominant limb (p= 0.042; OR= 2.31) and non-dominant (p= 0.017; OR= 2.88). Higher BMI values were also associated with higher injury occurrence (p= 0.016; OR= 7.01). Conclusion: Functional tests such as YBT are indicated tools for assessing the physical capacities and possible risks of ankle sprains, as they can evaluate the ankle functional capacity in a complex way, thus minimizing the risk of injury. Athletes' BMI should also be taken into account to prevent such injuries.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-07-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.