• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.17.2011.tde-13072021-105707
Documento
Autor
Nome completo
Daniel Augusto Carvalho Maranho
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2011
Orientador
Banca examinadora
Volpon, José Batista (Presidente)
Akkari, Miguel
Dobashi, Eiffel Tsuyoshi
Júnior, Jorge Elias
Santili, Cláudio
Título em português
Doença de Legg-Calvé-Perthes: avaliação com ressonância magnética do labrum e da cartilagem acetabular em quadris com deformidades sugestivas de impacto femoroacetabular
Palavras-chave em português
Acetábulo
Adolescente
Cabeça do fêmur
Criança
Doença de Legg-Perthes
Imagem por ressonância magnética
Quadril
Radiografia
Resumo em português
As deformidades secundárias à doença de Legg-Calvé-Perthes (DLCP) podem resultar em osteoartrose tardia do quadril, mas lesões relacionadas ao impacto femoroacetabular (IFA) podem ocorrer mais precocemente, como as alterações da cintura cervicocapital ("offset") e as anormalidades do labrum e da cartilagem acetabulares. O objetivo deste estudo foi avaliar, por meio de imagens de ressonância magnética (RM), a frequência e a localização das anormalidades do labrum e da cartilagem articular em quadris acometidos pela DLCP e com deformidades residuais. Sessenta e dois quadris em 58 pacientes (idade média: 13,73 anos) foram avaliados prospectivamente por meio de RM de alta resolução, sem uso de contraste magnético. Todos os pacientes foram diagnosticados com DLCP (tempo médio de acometimento: 7,18 anos) e tinham deformidades residuais sugestivas de IFA nas radiografias. O ângulo alfa na RM foi utilizado para avaliar a esfericidade da cabeça femoral. O labrum acetabular foi avaliado de acordo com sistema de classificação modificado (que considera o tipo e a extensão das anormalidades). A cartilagem acetabular foi avaliada quanto à presença de delaminação e defeitos condrais. A localização dos achados foi descrita com base na nomenclatura das horas do relógio. As imagens de RM foram interpretadas independentemente por dois observadores e, para a avaliação do labrum, a concordância interobservadores (kappa) foi aferida. Uma leitura consensual foi realizada e considerada para análises estatísticas. O ângulo alfa estava aumentado em 71% dos quadris (média±dp: 80±30º), anormalidades labrais foram identificadas em 77% e alterações da cartilagem articular em 57%. A maioria das anormalidades do labrum e da cartilagem acetabular estavam localizadas na região anterolateral, entre 2 e 12h. Houve correlação significativa positiva entre alterações do ângulo alfa, anormalidades do labrum e da cartilagem acetabular (p<0,01). Houve substancial concordância interobservadores em relação à classificação proposta para avaliar o labrum (coeficiente Kappa: 0,76). Com base na avaliação por RM, anormalidades do labrum e da cartilagem acetabular foram bastante frequentes em pacientes diagnosticados com DLCP e com deformidades residuais sugestivas de IFA, visualizadas em radiografias simples. Esses achados sugerem que o diagnóstico de impacto femoroacetabular seja necessário para estabelecer o prognóstico e o tratamento na DLCP.
Título em inglês
Legg-Calvé-Perthes disease: MRI evaluation of the acetabular labrum and cartilage in hips with radiographic deformities suggestive of femoroacetabular impingement
Palavras-chave em inglês
Acetabulum
Adolescent
Child
Femur head
Hip
Legg-Perthes disease
Magnetic resonance imaging
Radiography
Resumo em inglês
Deformities secondary to Legg-Calvé-Perthes disease (LCPD) may result in late osteoarthritis, but lesions related to femoroacetabular impingement (FAI), such as changes at the femoral head-neck offset and damages to the acetabular labrum and cartilage, may occur earlier. The aim of the present study was to evaluate the frequency and location of injuries to the labrum and articular cartilage in deformed hips of patients with LCPD using magnetic resonance imaging (MRI). Sixty-two hips of 58 patients (average age, 13.73 years) were prospectively evaluated with noncontrast high-resolution MRI. All patients were diagnosed with LCPD (average follow-up, 7.18 years) and had hip deformities suggestive of FAI on plain radiograph films. MRI alpha angle was measured to assess the sphericity of the femoral head. The acetabular labrum was evaluated according to a modified classification system (considering the type and extent of the abnormality). The acetabular cartilage was evaluated for the presence of chondral delamination and defects. Findings were located using the clockface nomenclature. MRI scans were independently read by two observers and interobserver reliability (kappa) was assessed for the labral evaluation. A consensus reading was considered for statistical analysis. The alpha angle was increased in 71% of hips (mean±sd, 80±30º), labral abnormalities were found in 77%, and cartilage damage in 57%. Most labral and cartilage lesions were located at the anterolateral region from 2 to 12h. There was significant correlation between abnormal alpha angle, labrum lesions, and cartilage lesions (p<0.01). There was substantial interobserver agreement for the proposed labral evaluation (Kappa coefficient, 0.76). Based on hip MRI evaluation, labral and cartilage abnormalities appear to be very frequent in patients diagnosed with LCPD showing hip deformities suggestive of FAI on plain radiographs. These findings suggest that evaluation for FAI may be required to establish prognosis and treatment decision making.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese.pdf (8.23 Mbytes)
Data de Publicação
2021-07-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2023. Todos os direitos reservados.