• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.17.2017.tde-04012017-140212
Document
Author
Full name
Hildemberg Agostinho Rocha de Santiago
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Ribeirão Preto, 2011
Supervisor
Committee
Abreu, Daniela Cristina Carvalho de (President)
Oliveira, Anamaria Siriani de
Serrão, Fábio Viadanna
Title in Portuguese
A influência da escoliose idiopática do adolescente e do seu tratamento cirúrgico sobre o equilíbrio semi-estático
Keywords in Portuguese
Ângulo de Cobb
Centro de pressão
Equilíbrio semi-estático
Escoliose
Abstract in Portuguese
A escoliose idiopática do adolescente (EIA) é uma deformidade da coluna vertebral que acomete indivíduos entre 10 e 19 anos de idade, caracteriza-se por desvios das curvas nos planos frontal e sagital, e rotação intervertebral no plano axial. Devido a sua natureza tridimensional apresenta alterações biomecânicas que geram adaptações em músculos e ligamentos da coluna vertebral, alterando suas funções no controle postural. O tratamento cirúrgico visa corrigir os desvios e manter as curvas no plano sagital, através de artrodeses. Com base nesses conceitos, o objetivo do estudo foi avaliar a influência da escoliose idiopática do adolescente, e da sua correção cirúrgica, sobre o equilíbrio semi-estático. Participaram do estudo 30 adolescentes divididas em dois grupos: Grupo Controle (GC) [n=15], idade média de 15,13 ± 1,59 anos, massa corporal de 51,22 ± 2,5Kg e estatura de 159 ± 3cm, e Grupo Escoliose (GE) [n=15] com média de idade de 15 ± 1,64 anos, massa corporal de 46,1 ± 3,26Kg e estatura de 156 ± 3cm; das quais foi mesurada a oscilação do centro de pressão a partir de uma plataforma de força avaliando as variáveis: desvio ântero-posterior (DAP); desvio médio-lateral (DML); velocidade ântero-posterior (VAP); velocidade médio-lateral (VML) e área (A²). O GC realizou a avaliação do equilíbrio semi-estático em um único momento, enquanto o GE realizou a avaliação do equilíbrio semi-estático no momento pré-operatório (PRÉ) e no 7°, 30°, 60° e 90° dia de pós-operatório (PO). Foi avaliado o grau de correção da curvatura e a relação entre número de vértebras artrodesadas e a oscilação corporal. O equilíbrio semi-estático foi avaliado nas 4 posições de Romberg (P1 - pés separados, P2 - pés unidos, P3 - série parcial e P4 - série completa) nas condições olhos abertos (AO) e olhos fechado (OF). Os resultados mostram que o GE apresentou uma redução média de 49,8° para a curva torácica e 18,14° para as lombares. O número de vértebras artrodesadas foi de 11,26 ± 1,7. O GE apresentou maior oscilação que o GC, com diferença significativa nas quatro variáveis estudadas (DAP, DML, VAP, VML e A²) e em todas as posições/condições. Com base nos resultados verificou-se que o GE oscila mais que o GC tanto no pré-operatório como nos momentos pós-operatório. Na comparação entre as posições, GE oscilou mais no sentido AP em P1 e no sentido ML em P4, também obteve maior valor para a A². Para a VAP P2 foi a mais desafiadora e para VML foi P4. Os dados apontam para uma diminuição gradativa da oscilação com o passar dos dias de PO, porém no 90° dia o GE ainda apresenta valores superiores ao momento PRÉ. Portanto, os resultados mostram que a escoliose afeta o controle postural e que no 90° dia pós-cirúrgico a oscilação postural ainda se apresenta superior ao período pré-operatório, e que pode estar associado a um comprometimento sensório-motor ou a um problema de integração sensorial pré-existente, também relacionado as alterações biomecânicas decorrentes da cirurgia e seu efeito agudo.
Title in English
The influence of adolescent idiopathic scoliosis and its surgical treatment on the semi-static balance
Keywords in English
Center of pressure
Cobb angle
Scoliosis
Semi-static balance
Abstract in English
The adolescent idiopathic scoliosis (AIS) is a spinal deformity that affects individuals between 10 and 19 years of age, characterized by deviations of the curves in the frontal and sagittal planes, and intervertebral rotation in the axial plane. Due to its three-dimensional nature presents biomechanical changes that cause changes in muscles and ligaments of the spinal column, altering their functions in postural control. Surgical treatment aims to correct the deviations and maintain the curves in the sagittal plane through arthrodesis. Based on these concepts, the study aimed to evaluate the influence of adolescent idiopathic scoliosis and its surgical correction on the semi-static balance. The study included 30 adolescents divided into two groups: control group (CG) [n = 15], mean age 15.13 ± 1.59 years, body mass 51.22 ± 2.5kg and height 159 ± 3cm, and scoliotic group (SG) [n = 15] mean age 15 ± 1.64 years, body mass index of 46.1 ± 3.26kg and height 156 ± 3cm, which was gauged from the oscillation the center of pressure from a force platform to evaluate the variables: anteroposterior deviation (APD); average-lateral devitation (MLD); anteroposterior speed (APS); average-lateral speed (MLS) and area (A²). CG carried out the assessment of the semi-static balance in a single moment, while the SG was evaluated at the preoperative period (PRE) and at the 7th, 30th, 60th and 90th days post operative (PO). We assessed the degree of curvature correction and the relationship between number of vertebrae arthrodesed and body sway. The static balance was assessed in 4 Romberg's positions (P1 - feet apart, P2 - feet together, P3 - partial series P4 and - full series) in eyes open conditions (EO) and eyes closed (EC). The results show that the SG had an average reduction of 49.8 degrees for the thoracic curve and 18.14 degrees for the lumbar. The number of vertebrae arthrodesed was 11.26 ± 1.7. The SG showed greater sway than the CG, with a significant difference in the four variables (APD; MLD; APS; MLS and A²) and in all positions/conditions. Based on the results it was found that the SG oscillates more than the CG (preoperatively and postoperatively). Comparing the positions of the SG volunteers ranged more towards AP in P1 and P4 in the ML direction, which also had higher values for the A². For the APS P2 was the most challenging and MLS was P4. The data indicate a gradual decrease of the oscillation over the postoperative days, but in the 90th day the GE still has higher values when the PRE. Therefore, the results show that scoliosis affects postural control and at the 90th day after the surgery the postural oscillation still superior tham postsurgery period, and maybe it can be associated with an impaired sensorimotor or a sensory integration problem pre-existing, related to the biomechanical changes followed from the surgery and its acute effect.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Santiago.pdf (4.86 Mbytes)
Publishing Date
2017-04-12
 
WARNING: The material described below relates to works resulting from this thesis or dissertation. The contents of these works are the author's responsibility.
  • Abreu, Daniela Cristina Carvalho de, et al. What is the influence of surgical treatment of adolescent idiopathic scoliosis on postural control? [doi:10.1016/j.gaitpost.2012.05.019]. Gait & Posture [online], 2012, vol. 36, p. xx-xx.
  • SANTIAGO, H. A. R., et al. The influence of vision and support base on balance during quiet standing in patients with adolescent idiopathic scoliosis before and after posterior spinal fusion [doi:10.1016/j.spinee.2013.03.027]. The Spine Journal [online], 2013, vol. xx, p. 25.
  • GOMES, M. M., et al. Relação entre medidas antropométricas e a potência dos músculos extensores de joelho em mulhres idosas. In Congresso Brasileiro de Anatomia, Ribeirão Preto, 2010. XXIV Congresso Brasileiro de Anatomia., 2010. Resumo.
  • MARIANO, F. P., et al. A influência do treino de fortalecimento muscular sobre a força muscular e o equilíbrio estático. In IV Congresso Brasileiro e II Simpósio Internacional da Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva., Gramado, RS, 2009. Revista Ciências & Saúde., 2009. Resumo.
  • MARIANO, F. P., SANTIAGO, H. A. R., e CARVALHO, Daniela Cristina Leite de. A influência do sistema visual e proprioceptivo sobre o equilíbrio estático de mulheres pós-menopausais. In 18º Simpósio Internacional de Iniciação Científica - USP (SIICUSP), Ribeirão Preto, 2010. 18º Simpósio Internacional de Iniciação Científica - USP (SIICUSP)., 2010. Resumo.
  • MARIANO, F. P., SANTIAGO, H. A. R., e CARVALHO, Daniela Cristina Leite de. Benefícios do fortalecimento muscular para a melhora do equilíbrio em mulheres idosas. In 17º Simpósio Internacional de Iniciação Científica - USP, Ribeirão Preto, 2009. 17º Simpósio Internacional de Iniciação Científica - USP., 2009. Resumo.
  • SANTIAGO, A. C. C., et al. A influência do sistema proprioceptivo sobre o equilíbrio estático em diferentes bases de apoio. In 18º Simpósio Internacional de Iniciação Científica - USP (SIICUSP), Ribeirão Preto, 2010. 18º Simpósio Internacional de Iniciação Científica - USP (SIICUSP)., 2010. Resumo.
  • SANTIAGO, H. A. R., et al. A influência do tratamento cirúrgico da escoliose idiopática do adolescente sobre o controle postural. In 5 Congresso Internacional de Fisioterapia, Fortaleza, 2010. 5 Congresso Internacional de Fisioterapia., 2010. Resumo.
  • SANTIAGO, H. A. R., et al. Avaliação do controle postural em adolescentes submetidas ao tratamento cirúrgico da escoliose idiopática. In XIV Congresso Brasileiro de Biomecânica, Ribeirão Preto, 2011. XIV Congresso Brasileiro de Biomecânica., 2011. Resumo.
  • SANTIAGO, H. A. R., et al. Qual a influência do treino resistido para a manutenção do equilíbrio de mulheres idosas?. In 5 Congresso Internacional de Fisioterapia, Fortaleza, 2010. 5 Congresso Internacional de Fisioterapia., 2010. Resumo.
  • SANTIAGO, H. A. R., GOMES, M. M., e CARVALHO, Daniela Cristina Leite de. A influência da correção cirúrgica da escoliose do adolescente sobre o equilíbrio estático. In XVIII Congresso Brasileiro de Fisioterapia, Rio de Janeiro, 2009. XVIII Congresso Brasileiro de Fisioterapia., 2009. Resumo.
  • SANTILLI, L. S., et al. Caracterização dos idosos institucionalizados na cidade de Ribeirão Preto e acesso ao tratamento fisioterapêutico. In 18º Simpósio Internacional de Iniciação Científica - USP (SIICUSP), Ribeirão Preto, 2010. 18º Simpósio Internacional de Iniciação Científica - USP (SIICUSP)., 2010. Resumo.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2021. All rights reserved.