• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2013.tde-26082013-101348
Documento
Autor
Nome completo
Ana Cláudia Rosin Bonifacio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2013
Orientador
Banca examinadora
Franco, Laercio Joel (Presidente)
Mastroianni, Patricia de Carvalho
Pereira, Leonardo Régis Leira
Título em português
Impacto da intervenção farmacêutica na adesão ao tratamento medicamentoso do paciente idoso diabético seguido em unidade distrital de saúde
Palavras-chave em português
avaliação da adesão e intervenção farmacêutica.
Paciente diabético
Resumo em português
O objetivo deste trabalho é analisar os efeitos da intervenção farmacêutica para os pacientes idosos com diabetes mellitus tipo 2, em relação à compreensão do usuário sobre as instruções contidas na receita médica, o entendimento da doença existente e conhecimento sobre o uso de medicamentos, que inclui: a utilização correta, respeito aos horários de tomar a medicação e as posologias prescritas. Foram avaliados 129 pacientes idosos (com 60 anos ou mais) com diabetes no momento de retirar os medicamentos na unidade básica distrital de saúde (UBDS) do Distrito Oeste de Saúde de Ribeirão Preto. No momento em que o paciente retirou a medicação prescrita para o tratamento do diabetes na UBDS foi realizada uma entrevista para obter dados pessoais, informações sobre as medicações em uso e a doença, se necessita cuidador, identificar a escolaridade, avaliar as condições de armazenamento das medicações e aplicados os testes de medida de adesão ao tratamento (Morisky e Green ampliado) e de quantificação de conhecimento relativo ao tratamento medicamentoso (Med Take). Posteriormente, o paciente recebeu uma orientação farmacêutica em relação aos medicamentos prescritos para o diabetes, obedecendo um formulário padronizado que indicava os horários de tomadas das medicações, o medicamento, a quantidade e as interações com alimentos. Após quatro meses, o paciente foi novamente entrevistado, com outra aplicação dos testes de Morisky e Green ampliado e Med Take. O impacto da intervenção farmacêutica foi avaliado pela comparação do desempenho dos entrevistados nos dois momentos, bem como pela variação de alguns parâmetros clínicos, como peso, níveis pressóricos e hemoglobina glicada, através de teste não paramátrico de Mcnemar, Wilcoxon e o modelo de regressão linerar com efeitos mistos (efeitos aleatórios e fixos). O ajuste do modelo foi feito através do software SAS versão 9.0. Como resultado obtivemos uma melhora no segundo momento na aplicação do teste de Morisky e Green com valor p < 0,0001 . No Med Take obtivemos também melhora na pontuação, exceto na comparação do medicamento gliclazida nos parâmetros dose e interação com medicamento que não houve diferença com significância estatistica, provavelmente em decorrência do número reduzido de pacientes em uso dessa medicação, que foi de 10 (dez). Nos dados clínicos não houve diferença estatísticamente significante, que acreditamos ser pelo período reduzido (4 meses) de seguimento. Concluímos que a intervenção farmacêutica melhorou a adesão e o conhecimento do paciente sobre o uso do medicamento.
Título em inglês
Impact of pharmaceutical intervention on medication adherence in elderly diabetic patients followed in district health unit.
Palavras-chave em inglês
adhesion and pharmaceutical intervention evaluation.
diabetic patients
Resumo em inglês
The objective of this work is to analyse the efffects of pharmaceutical intervention to elderly patients with diabetes mellitus type 2, about the understanding of the user on the instructions contained on the prescription, the understanding of the existant disease and the knowledge about use of drugs, wich includes: the proper utilization, respect for schedules, taking the prescribed medications and dosages. It was evaluated 129 elderly patients (60 years or older), with diabetes at the time of taking medicine in basic health unit (BHU) in the west health district of Ribeirao Preto. By the time the patient removed the prescribed medication for the treatment of diabetes in BHU was interviewed to obtain personal data, information about the medications in use and disease caregiver, the identification of the school level, evaluate the conditions of storage of medications and tests applied to measure adherence treatment (Morisky and Green expanded) and quantification of knowledge related to drug treatment (Med Take). Subsequently, the patient received an orientation in relation to the prescribed pharmaceutical drugs for diabetes, obeying a standardized form indicating the hours of taken medications, the drug, the quantity and the instructions with food. After four months the patient was again interwied with other application of Morisky and Green expanded test and Med Take. The impact of pharmaceutical intervention was evaluate by comparison of the performance of respondents in two periods, as well as variation of some clinical parameters such as weight, blood pressure and glycated hemoglobin, through the nonparametric Mcnemar, Wilcoscon and linear regression model with mixed efffects (fixed and random efffects). The model fitness was made through the SAS software version 9.0. As a result we obtained an improvement in the second stage in the application of Morisky and Green with p <0.0001. In the Med Take also got improvement in score, except in the comparison of the drug gliclazide dose parameters and interaction with drug no differences with statistical significance, probably due to the small number of patients using this medication, which was ten (10). Clinical data there was no statistically significant difference, which we believe is the shorter period (4 months) follow-up. We conclude that pharmaceutical intervention improved adherence and knowledge of the patient about the medication.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AnaClaudia.pdf (915.29 Kbytes)
Data de Publicação
2013-10-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.