• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.17.2019.tde-14022019-095029
Documento
Autor
Nome completo
Andréa Cristina Meneghini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Vianna, Elcio dos Santos Oliveira (Presidente)
Borges, Marcos de Carvalho
Godoy, Irma de
Menezes, Marcelo Bezerra de
Título em português
Comparações clínicas funcionais e tomográficas entre a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) associada ao tabagismo e a DPOC associada à exposição ambiental e/ou ocupacional
Palavras-chave em português
Doença pulmonar obstrutiva crônica
Exposição ambiental
Tomografia computadorizada
Resumo em português
Introdução: A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) é caracterizada por limitação ao fluxo aéreo, sendo progressiva e contínua, com diagnóstico baseado na avaliação clínica dos sintomas e espirometria. O tabagismo e a exposição à fumaça de biomassa são alguns dos fatores etiológicos para esta doença. Objetivo: Conhecer as diferenças clínicas, funcionais e tomográficas em voluntários com DPOC por exposição ao tabagismo e por exposição ambiental e/ou ocupacional. Material e Método: É um estudo observacional, transversal e analítico de indivíduos com diagnóstico de DPOC realizado no HCFMRP-USP. Todos os participantes foram submetidos à tomografia computadorizada de alta resolução (TCAR), gasometria arterial, espirometria, mensuração da difusão pulmonar de monóxido de carbono, indução de escarro, coleta de sangue venoso e responderam a um instrumento construído, a escala de dispnéia mMRC, escala de gravidade de DPOC CAT e questionário sócio-demográfico. Foi utilizado o teste exato de Fisher para as variáveis qualitativas e foi realizado para as variáveis quantitativas o teste "t" de Student para amostras independentes ou teste não paramétrico de Wilcoxon para amostras independentes. Resultados: Para o estudo, foram incluídos 31 pacientes, 16 pacientes do grupo ambiental e/ ou ocupacional e 15 pacientes do grupo tabagista. Foi observado predomínio do sexo feminino em ambos os grupos. No grupo com DPOC ambiental e/ou ocupacional, foi observada maior média de idade (p = 0,00003); menor grau de instrução (p = 0,02); maior frequência de dispneia (p = 0,015); menor SpO2 no final do teste da caminhada de 6 minutos (p = 0,02), menor pO2 corrigida pela idade e SaO2 (p = 0,02, em ambas as variáveis) e no escarro induzido maior número de células (p = 0,04) e no grupo com DPOC por exposição ao tabagismo foi observado maior ocorrência de enfisema (p < 0,025) e no escarro induzido, maior concentração de IL8 (p = 0,04) e IL6 (p = 0,03). Conclusão: A DPOC ambiental e/ou ocupacional difere da DPOC de etiologia tabagista em relação à gasometria (PaO2 e SaO2), mesmo quando os grupos são semelhantes em gravidade da DPOC e também ocorreu maior frequência de dispneia, mostrando maior acometimento deste grupo. Este grupo apresenta um comportamento de paciente com fenótipo de bronquite crônica e nesta doença a hipoxemia é mais grave e inspira maior atenção por parte da equipe multidisciplinar
Título em inglês
Functional and tomographic clinical comparisons between chronic obstructive pulmonary disease (COPD) associated with smoking and COPD associated with environmental and/or occupational exposure
Palavras-chave em inglês
Chronic obstructive pulmonary disease
Computed tomography
Environmental exposure
Resumo em inglês
Introduction: Chronic obstructive pulmonary disease (COPD) is characterized by airflow limitation, being progressive and continuous, with a diagnosis based on the clinical evaluation of the symptoms and spirometry. Smoking and exposure to biomass smoke are some of the etiological factors for this disease. Objective: Identify clinical, functional and tomographic differences in volunteers with COPD due to exposure to smoking and environmental and / or occupational exposure. Material and Method: Observational, transversal and analytical study with individuals with COPD diagnosis performed at HCFMRP-USP. All participants underwent high-resolution computed tomography (HRCT), arterial blood gas analysis, spirometry, pulmonary diffusion of carbon monoxide measurement, sputum induction, venous blood collection and responded to a built instrument, mMRC dyspnea scale, severity of COPD CAT and socio-demographic questionnaire. Fisher's exact test was used for qualitative variables and Student's t-test for independent samples or Wilcoxon's non-parametric test for independent samples was performed for the quantitative variables. Results: For the study, 31 patients were included, 16 patients from the environmental and/or occupational group and 15 from the smoking group. Females predominated in both groups. In the group with environmental and/or occupational COPD, a higher mean age (p = 0.00003) was observed; lower level of education (p = 0.02); higher frequency of dyspnea (p = 0.015); lower SpO2 at the end of the 6-minute walk test (p = 0.02), lower age-corrected pO2 and SaO2 (p = 0.02, in both variables) and in sputum induced higher levels of IL8 (p = 0.04), and IL6 (p = 0.03), respectively. The highest incidence of emphysema (p < 0.025) and induced sputum was observed in the group with COPD. Conclusion: Environmental and/or occupational COPD differs from COPD of smoking etiology in relation to arterial blood gas (pO2 and SaO2), even when the groups are similar in severity of COPD, and also a higher frequency of dyspnea occurred, showing a greater involvement of this group. The group presents a behavior of patients with phenotype of chronic bronchitis and in this disease the hypoxemia is more serious and inspires greater attention on the part of the multidisciplinary team
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-02-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.