• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2017.tde-30032017-100952
Documento
Autor
Nome completo
Ana Carolina Campi Cansian
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Suen, Vivian Marques Miguel (Presidente)
Melo, Andresa de Toledo Triffoni
Freitas, Maria Cristina Foss de
Título em português
Efeitos da ingestão de capsinóides sobre a adiposidade corporal em ratos Wistar
Palavras-chave em português
Capsinóides
Obesidade
Prevenção
Síndrome metabólica
Termogênicos
Resumo em português
Introdução: É indiscutível a importância da alimentação adequada na manutenção do peso corporal e na saúde humana. Estudos epidemiológicos recentes mostram um elevado índice de obesidade e síndrome metabólica na população mundial. O consumo de alimentos termogênicos, dentre eles os capsinóides, tem demonstrado efeitos na redução de gordura corporal, melhora na tolerância à glicose, propriedades anti-inflamatórias, atividades antihiperlipidêmica e antioxidante. Objetivo: O objetivo do presente trabalho foi investigar o efeito termogênico dos capsinóides e sua influência na adiposidade corporal em ratos Wistar adultos. Métodos: Avaliou-se 24 animais e estes foram separados em quatro grupos: Padrão (P), Padrão + Capsinóides (PC), Dieta Hiperlipídica (H) e Dieta Hiperlipídica + Capsinóides (HC). Durante um período de 6 semanas os grupos PC e HC receberam suplementação diária, adicionada à dieta, de capsinóides na dosagem de 0,18mg/Kg de peso do animal. Durante o experimento foram avaliados o peso corporal semanalmente, a ingestão alimentar e calórica diária e, ao final do estudo, os animais foram sacrificados, sendo coletados sangue total e tecidos: hepático, adiposo epididimal, marrom e retroperitoneal. Foi realizada avaliação da glicemia inicial, final, triglicérides, colesterol e HDL-colesterol. Calculou-se ainda eficiência alimentar e energética além de HOMA-? e HOMA-IR. Todos os testes de hipóteses desenvolvidos nesse trabalho consideraram uma significância de 5%, ou seja, a hipótese nula foi rejeitada quando p-valor foi menor ou igual a 0,05. Foram feitas análises por ANOVA, ANOVA Two Way e Tukey. Resultados: Não observou-se diferença significativa com uso de capsinóides e também com a dieta hiperlipídica para ganho de peso, triglicérides, HDL-colesterol e colesterol sérico. O tecido adiposo marrom e o tecido adiposo epididimal apresentaram valores significativamente menores nos grupos suplementados com capsinóides (HC e PC). Os grupos que receberam dieta hiperlipídica (H+HC) tiveram a adiposidade corporal significativamente maior do que os grupos com dieta padrão (P+PC), porém quando suplementados com capsinóides, não apresentaram diferenças significativas na adiposidade corporal. A ingestão alimentar (g) e ingestão calórica nos grupos suplementados com capsinóides (PC+HC) foram significativamente maiores em relação aos grupos não suplementados (H+P), porém tiveram o mesmo ganho de peso, ou seja a dieta suplementada com capsinóides apresentou menor eficiência. Os grupos suplementados com capsinóides (PC+HC) apresentaram também menor diferença entre glicemia final menos a inicial em relação ao grupo não suplementado (H+P). Conclusão: Os capsinóides preveniram o ganho de peso corporal dos animais suplementados, pois tiveram significativamente maior consumo alimentar e calórico, porém ganharam peso similar aos não suplementados, e ainda o uso dos capsinóides não reduziram a adiposidade corporal significativamente. A importância de tais achados e a sua relação com o potencial efeito termogênico relacionado aos capsinóides precisam ser confirmados através de novos estudos.
Título em inglês
Effects of the capsinoids intake on body adiposity of Wistar rats
Palavras-chave em inglês
Capsinoids
Metabolic syndrome
Obesity
Prevention
Thermogenic
Resumo em inglês
Introduction: There is no doubt regarding the diet's role in weight maintenance and human health. Recent epidemiological studies show a high rate of obesity and metabolic syndrome in the world population. The consumption of thermogenic foods, among them capsinoids, has shown efficacy in reducing body fat, improved glucose tolerance, anti-inflammatory properties, antihyperlipidemic and antioxidant activities. Objective: The aim of this study was to investigate the thermogenic effect of capsinoids and its influence on body adiposity in adult Wistar rats. Methods: It was evaluated 24 animals and these were divided into four groups: Standard (P), standard + capsinoids (PC), high-fat diet (H) and high-fat diet + capsinoids (HC). Over a period of 6 weeks, the PC and HC groups received daily supplementation of capsinoids in dosage 0,18mg / kg of animal weight added to their diet. During the experiment weekly body weight, food intake and daily calorie were evaluated, and at the end of the study, the animals were sacrificed, being collected whole blood and tissues: liver, epididymal adipose, brown and retroperitoneal. It was conducted an evaluation of initial and final glycemia, triglycerides, cholesterol and HDL-cholesterol. It was also calculated feed and energy efficiency as well as HOMA-? and HOMA-IR. All statistical tests developed in this study considered a significance of 5%, i.e., the null hypothesis was rejected when p-value was less than or equal to 0.05. Analyses were performed by ANOVA, Two Way ANOVA and Tukey. Results: No significant difference was observed with the use of capsinoids and also with the high-fat diet to gain weight, triglycerides, HDL-cholesterol and serum cholesterol. The brown adipose tissue and the epididymal adipose tissue were significantly lower in the groups supplemented with capsinoids (HC and PC). The group that received high-fat diet (H + HC) had a significant higher body adiposity than with standard diet groups (P + PC), but when supplemented with capsinoids, no significant differences in body adiposity were presented. Food intake (g) and caloric intake in the groups supplemented with capsinoids (PC + HC) were significantly higher in the groups unsupplemented (H + P), but had the same weight gain, i.e., the diet supplemented with capsinoids presented lower efficiency. The groups supplemented with capsinoids (PC + HC) also had a lower difference between the final blood glucose less the initial compared to unsupplemented group (H + P). Conclusion: Capsinoids prevented the weight gain of supplemented animals, because they had significant higher food and calorie intake, but gained weight similar to the unsupplemented. Besides, the use of capsinoids did not significantly reduce body adiposity. The importance of these findings and their relationship with the potential thermogenic effect related to capsinoids need to be confirmed by further studies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-04-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.