• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.17.2016.tde-06012017-112032
Documento
Autor
Nome completo
Flavia Masson de Moraes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Fonseca, Benedito Antonio Lopes da (Presidente)
Acrani, Gustavo Olszanski
Fabbro, Amaury Lelis Dal
Título em português
Análise da presença de mutações na sequência de nucleotídeos do domínio homo B do gene da endoprotease furina
Palavras-chave em português
Dengue
Furina
HRM
Mutação
Resumo em português
Os vírus dengue (DENV) são os principais arbovírus (vírus transmitidos por artrópodes) circulantes no Brasil e são transmitidos por mosquitos do gênero Aedes, causando a doença denominada dengue. Atualmente, a dengue é a arbovirose humana de maior significância em saúde pública, existindo quatro diferentes sorotipos: DENV- 1 a 4. Embora grande parte das infecções por dengue seja assintomática ou resultem em sintomas mais brandos, o número de pacientes com complicações ou com uma forma mais grave da doença tem aumentado significativamente a cada ano. Sabe-se que a presença de mutações no gene que codifica a endoprotease furina, produzida em uma grande diversidade de células humanas e essencial no processo de maturação dos vírus dengue nas células infectadas, levam à perda da atividade catalítica dessa proteína e, consequentemente, à deficiência na maturação viral. Esse trabalho teve como objetivo analisar a presença de mutações no domínio homo B da furina e verificar se a gravidade da doença está ou não relacionada a elas. Para isso, 245 amostras de DNA, incluindo amostras de pacientes com dengue, dengue grave e controles, foram submetidas à reação de PCR em Tempo Real, análise por High Resolution Melting (HRM) e aquelas que apresentaram mutação, segundo esse método, foram sequenciadas. Os resultados mostraram que todas as amostras classificadas, por HRM, como diferentes variantes não apresentavam qualquer mutação por sequenciamento, o que pode ser devido à qualidade das amostras e à concentração de sal, já que esses são fatores determinantes para a eficiência do HRM. Como as amostras dos grupos dengue e dengue grave também foram sequenciadas e verificou-se que também não há mutações nas sequências dessas amostras, concluímos que a gravidade da dengue não está relacionada com a presença de mutações no domínio homo B da endoprotease furina.
Título em inglês
Analysis of the presence of mutations in homo B nucleotide sequence of endoprotease furin gene
Palavras-chave em inglês
Dengue
Furin
HRM
Mutation
Resumo em inglês
Dengue viruses (DENV) are the main arboviruses (virus transmitted by arthropods) that circulate in Brazil and are transmitted by Aedes mosquitoes, causing dengue disease. Nowadays, dengue is the most important arbovirosis that affects humans and it is an important disease to public health. There are four dengue serotypes (DENV- 1 a 4) and, although the majority of dengue infections remain asymptomatic or cause milder symptoms, the number of patients with complications has increased year by year. It is known that the presence of mutations in furin gene, which is an important endoprotease produced in a high diversity of human's cells and is essential for dengue virus maturation, cause the loss of its catalytic activity and, consequently, leads to virus maturation deficiency. This work aimed the analysis of the presence of mutations in furin homo B domain and the verification if dengue severity is related or not with them. Thus, 245 DNA samples, including patient's samples with dengue, severe dengue and control group, were amplified by Real Time PCR, analyzed by High Resolution Melting (HRM) and those with any mutation, using this method, were sequenced. The results have showed that all samples classified as different variants by HRM did not presented any mutation by sequencing, what might be due to samples quality and salt concentration, since these are determinant factors for HRM efficiency. Dengue and severe dengue samples were sequenced as well and no mutations were found. In conclusion, dengue severity is not related to the presence of mutations in homo B domain.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-04-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.