• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.17.2021.tde-04102021-160351
Documento
Autor
Nome completo
Fabiana Cristina Alves de Albuquerque
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2021
Orientador
Banca examinadora
Ferriolli, Eduardo (Presidente)
Coelho, Luiz Gonzaga Vaz
Marchini, Julio Sérgio
Santos, Jair Licio Ferreira
Título em português
Prevalência da infecção por Helicobacter pylori e fatores associados em habitantes dos municípios de Cássia dos Coqueiros-SP e Maceió-AL
Palavras-chave em português
Fatores de risco
Helicobacter pylori
Infecção
Prevalência
Teste respiratório de ureia
Resumo em português
Introdução: A Helicobacter pylori possui características microbiológicas que permitem sua sobrevivência em condições extremamente adversas, e seu principal reservatório é o estômago. Esta bactéria é considerada a causa de infecção crônica mais frequente em humanos e responsável pela colonização gástrica em mais de 50% da população mundial. Entretanto, há ampla variação na taxa de prevalência da bactéria nas diferentes faixas etárias nas regiões brasileiras, que pode estar relacionada a diversas variáveis, especialmente as socioeconômicas e de condições de vida. Objetivo: Avaliar, por método não invasivo, a prevalência de infecção por H. pylori e suas variáveis determinantes em duas cidades brasileiras. Materiais e Métodos: Foram coletados dados socioeconômicos, demográficos, antropométricos e sintomas digestivos. Para tanto foi aplicado formulário padronizado, realizada avaliação antropométrica e o teste respiratório de ureia marcada com Carbono 13. A coleta de dados foi realizada no Centro de Recuperação e Educação Nutricional em Maceió- AL, e no Centro Médico Social Comunitário Dr. Pedreira de Freitas em Cássia dos Coqueiros-SP. Resultados: A população estudada foi composta por 210 participantes em Cássia dos Coqueiros-SP e 442 participantes em Maceió-AL. Em Cássia dos Coqueiros -SP, a idade variou de 9 a 87 anos com média de 47,4±14,1 anos, os participantes sendo predominantemente adultos (67,2%) e idosos (24,8%). Em Maceió-AL, foi observada a faixa etária de 5 a 80 anos com média de 34,8±12,7 anos. Com relação às condições de vida, as populações apresentam características bem distintas com representatividade estatística. Em Cássia dos Coqueiros-SP, os participantes possuíam domicílio com maior número de cômodos e com menos membros familiares por domicílio, ao comparar com dados de Maceió-AL, havendo diferença significativa (p<0,01). Em Maceió-AL, a maioria das famílias consumem água sem tratamento, sendo também observada diferença significativa (p<0,01). Quanto ao estado nutricional, em virtude do tamanho da amostra, não foi possível aplicar teste estatístico na faixa etária de crianças e adolescentes. Na faixa etária de adultos e idosos não foi observada diferença significativa entre as populações. A prevalência da infecção por H. pylori foi 50,5% (106) em Cássia dos Coqueiros-SP e 57,5% (254) em Maceió-AL com diferença significante (p=0.05). Enquanto em Maceió-AL, os participantes possuíam em média 5,2±4,3 anos de estudo, em Cássia dos Coqueiros-SP 8,9±4,9 (p<0.01). No entanto, não houve diferença significativa com relação aos anos de estudo (p=0.52) ao se considerar o diagnóstico de infecção de H. pylori. Observa-se ainda que, quem mora em Maceió-AL, tem 1,47 mais chance adquirir a infecção por H. pylori, com IC95% [1.03-2.09] p=0.029, após o ajuste para idade, sexo e escolaridade em anos, ao comparar com quem mora em Cássia dos Coqueiros-SP. A aglomeração familiar não foi um fator de risco para adquirir a infecção por H. pylori, e houve associação significativa da água sem tratamento à infecção por H. pylori. Conclusão: A população estudada em Cássia dos Coqueiros-AL apresenta melhores condições socioeconômicas em comparação com a população estudada em Maceió-AL. A prevalência de infecção por H. pylori foi mais elevada em Maceió-AL ao se comparar com Cássia dos Coqueiros-SP.
Título em inglês
Prevalence of Helicobacter pylori infection and associated factors in inhabitants of the municipalities of Cássia dos Coqueiros-SP and Maceió-AL
Palavras-chave em inglês
Helicobacter pylori
Infection
Prevalence
Risk factors
Urea breath test
Resumo em inglês
Introduction: Helicobacter pylori has microbiological characteristics that allow it to survive in extremely adverse conditions, and its main reservoir is the stomach. It is considered the most frequent cause of chronic infection in humans and is responsible for gastric colonization in more than 50% of the world population. However, there is wide variation in the prevalence rate of the bacterium in different age groups in Brazilian regions, which can be related to several variables, especially socioeconomic and living conditions. Objective: To evaluate, by a non-invasive method, the prevalence of H. pylori infection and its determining variables in two Brazilian cities. Materials and Methods: Socioeconomic, demographic, anthropometric and digestive symptoms data were collected. For this purpose, a standardized form was applied, an anthropometric assessment and urea breath test were performed. Data collection was carried out at the Nutritional Education and Recovery Center in Maceió-AL, and at the Dr. Pedreira de Freitas Community Social Medical Center in Cássia dos Coqueiros-SP. Results: The studied population was composed of 210 individuals in Cássia dos Coqueiros-SP and 442 individuals in Maceió-AL. In Cássia dos Coqueiros - SP, age ranged from 9 to 87 years with an average of 47.4 ± 14.1 years, being predominantly adults (67.2%) and elderly (24.8%). In Maceió-AL, the age group from 5 to 80 years was observed with an average of 34.8 ± 12.7 years. With regard to living conditions, the populations have very different characteristics with statistical representativeness. In Cássia dos Coqueiros-SP, individuals had a household with a greater number of rooms and with fewer family members per household, when compared with data from Maceió-AL, with a significant difference (p <0.01). In Maceió-AL, most families consume untreated water, with a significant difference also being observed (p <0.01). As for nutritional status, due to the sample size, it was not possible to apply a statistical test to the age group of children and adolescents. In the age group of adults and the elderly, no significant difference was observed between populations. The prevalence of H. pylori infection was 50.5% (106) in Cássia dos Coqueiros-SP and 57.5% (254) in Maceió-AL with a significant difference (p = 0.05). While in Maceió-AL the individuals have an average of 5.2 ± 4.3 years of study, in Cássia dos Coqueiros-SP the individuals have an average of 8.9 ± 4.9 years of study with a difference between them (p <0.01). However, there is no significance (p = 0.52) when considering the diagnosis of H. pylori infection. It is also observed that those who live in Maceió-AL have 1.47 more chance of acquiring H. pylori infection, with ic95% [1.03-2.09] p = 0.03, after adjusting for age, sex and education in years, when comparing with those who live in Cássia dos Coqueiros-SP. Family agglomeration was not a risk factor for acquiring H. pylori infection, and there was a statistical association between untreated water and H. pylori infection. Conclusion: The population studied in Cássia dos Coqueiros-AL has better socioeconomic conditions compared to the population studied in Maceió-AL. The prevalence of infection by H. pylori was higher in Maceió-AL when compared to Cássia dos Coqueiros-SP.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-11-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.