• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2016.tde-27072016-152727
Documento
Autor
Nome completo
Débora Ribeiro Campos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Evora, Paulo Roberto Barbosa (Presidente)
Bendhack, Lusiane Maria
Molina, Carlos Augusto Fernandes
Título em português
Avaliação do efeito vascular do diterpeno esclareol em ratos normotensos e hipertensos
Palavras-chave em português
Avaliação
Diterpeno esclareol
Ratos normotensos e hipertensos
Wistar
Resumo em português
INTRODUÇÃO. A hipertensão arterial sistêmica é uma doença cardiovascular comum que afeta cerca de 50 milhões de pessoas nos EUA, e um número proporcional a este no Brasil. Muitos estudos têm mostrado que diversas classes de diterpenóides exercem efeito significante sobre o sistema cardiovascular. Esses estudos apontam essa classe de metabólitos como uma fonte promissora de protótipos para o desenvolvimento de novos agentes na terapêutica cardiovascular. OBJETIVO. O presente estudo foi delineado de forma a investigar os mecanismos envolvidos no efeito cardiovascular (in vitro e in vivo) do diterpeno esclareol em ratos normotensos e hipertensos. MATERIAL E MÉTODOS. Foram utilizados ratos Wistar machos, pesando em média 250 - 300g provenientes do Biotério Central do Campus de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo (USP). Os animais foram acondicionados no Biotério do Departamento de Cirurgia e Anatomia, em ambiente com temperatura (22-25ºC) e ciclo claro/escuro (12:12 horas) controlados. Para a indução da hipertensão utilizou-se o modelo 2 rins - 1 clipe (artéria renal esquerda). A pressão arterial não invasiva da cauda foi avaliada utilizando-se um manguito, conectado a um sensor para registro de pressão arterial sistólica (Kent Scientific Corporation, Connecticut, USA). A monitorização da pressão arterial média foi realizada utilizando-se o MP System 100 A (BioPac System, Inc., Santa Barbara, CA, USA). A reatividade vascular in vitro foi estudada pela avaliação de curvas concentração-resposta para esclareol construídas a partir do registro de forças isométricas obtidas em anéis de aorta, com ou sem endotélio, pré-contraídos com Phe 10-7M em câmaras de órgãos ("organ chambers"). As dosagens indiretas de NO plasmático foram realizadas pela determinação dos níveis séricos de nitrito e nitrato utilizando-se o Sievers NOAnalizer 280i (Sievers, Boulder, CO, E.U.A.). Análise de variância de uma ou duas vias (ANOVA), seguida pelo pós-teste de Bonferroni foram realizadas para detectar possíveis diferenças entre os valores em estudo. P<0,05 foi considerado significativo. RESULTADOS. A análise do efeito do Esclareol sobre a ?PAS mostrou que, em ambos os grupos, houve uma importante redução da ?PAS. Os inibidores de óxido nítrico sintase e guanilato ciclase foram tão eficientes quanto a retirada do endotélio, em inibir o relaxamento induzido pelo esclareol. A análise das dosagens do NO plasmático mostrou que não houve diferença significante entre os grupos. CONCLUSÃO. A partir dos dados obtidos no presente estudo, conclui-se que o esclareol mostrou-se promissor quanto aos seus efeitos vasodilatadores, tanto in vivo quanto in vitro. Apesar disso, o esclareol não promoveu alterações do NO, possivelmente devido ao método utilizado
Título em inglês
Evaluation of the vascular effect of diterpene Sclareol in normotensive and hypertensive rats
Palavras-chave em inglês
Diterpene esclareol
Evaluation
normotensive and hypertensive rats
Rats
Resumo em inglês
INTRODUCTION. High Blood Pressure is a common cardiovascular disease that affects about 50 million people in the US, and a proportionate number to this in Brazil. Many studies have shown that many diterpenoid classes exert significant effect on the cardiovascular system. These studies suggest these metabolites class as a promising source prototype for the development of new agents in the cardiovascular therapy. OBJECTIVE. This study was designed to investigate the mechanisms involved in cardiovascular effect (in vitro and in vivo) of diterpene esclareol in normotensive and hypertensive rats. MATERIAL AND METHODS. Male Wistar rats were used, weighing an average of 250 - 300g from the Central Animal Facility of the Campus of Ribeirão Preto, University of São Paulo (USP). The animals were kept in the animal house of the Department of Surgery and Anatomy in temperature environment (22-25ºC) and light / dark cycle (12:12 hours) controlled. For the induction of hypertension, the model was used two kidney - one clip (left renal artery). The tail noninvasive blood pressure was measured using a cuff, connected to a sensor for systolic arterial blood pressure ((Kent Scientific Corporation, Connecticut, USA). The monitoring of mean arterial blood pressure was measured using MP System 100 A (BioPac System, Inc., Santa Barbara, CA, USA). The in vitro vascular reactivity was evaluated by measuring concentration-response curves for sclareol built from the record of isometric forces obtained in aortic rings with or without endothelium precontracted with Phe 10-7M in organ chambers. The indirect plasma measurements of NO were carried out by determination of serum levels of nitrite and nitrate using the Sievers NOAnalizer 280i (Sievers, Boulder, CO, USA). One or two-way analysis of variance (ANOVA) followed by Bonferroni posttests were performed to detect possible differences between the values in the study. P <0.05 was considered significant. RESULTS. The analysis of the effect of Esclareol on ?PAS showed that there was a significant reduction in ?PAS in both groups. The nitric oxide synthase and soluble guanylate cyclase inhibitors were as efficient as the removal of endothelium, to inhibit relaxation induced by the sclareol. Analysis of the strengths of plasmatic showed no significant difference between groups. CONCLUSION. From the data obtained in this study, it is concluded that the sclareol showed promise as to their vasodilator effects, both in vivo and in-vitro. Nevertheless, the sclareol showed no change of NO, possibly due to the method used
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DeboraRibeiroCampos.pdf (1,011.39 Kbytes)
Data de Publicação
2016-11-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.