• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2019.tde-08112018-153716
Documento
Autor
Nome completo
Luiza Silva Mateus
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Evora, Paulo Roberto Barbosa (Presidente)
Jordao Junior, Alceu Afonso
Rosa, Maria Luiza Nunes Mamede
Zuardi, Antonio Waldo
Título em português
Efeitos in vitro do antipsicótico clozapina sobre a reatividade da aorta torácica de ratos Wistar
Palavras-chave em português
Clozapina
endotélio
hiperpolarização
óxido nítrico
prostaciclina
Resumo em português
Introdução: Em pacientes deprimidos, a mortalidade cardíaca devido à doença cardíaca coronária (CHD) é duas vezes maior do que em pacientes coronarianos nãodeprimidos, possivelmente devido à presença de disfunção endotelial. Pode haver uma associação entre a utilização de drogas antipsicóticas e doenças cardiovasculares, que são associadas à disfunção endotelial vasotônica. Os estudos relacionados aos efeitos das drogas antipsicóticas sobre a função endotelial vascular são praticamente inexistentes. Objetivo: Esse estudo foi delineado para avaliar os mecanismos envolvidos na reatividade vascular dependente do endotélio sob ação da droga antipsicótica atípica clozapina. Materiais e método: As curvas concentraçãoresposta em anéis pré-contraídos com PE (1 ?M), foram registradas na presença e na ausência de inibidores dos inibidores L-NAME e indometacina, os quais foram incubados, isolados e/ou em associação, por 30 minutos. Para estudar a participação dos canais para K+ foram realizados experimentos com os bloqueadores Tetraetilamonio e Cloreto de potássio (Kcl). Para finalizar o protocolo foram realizados experimentos com bloqueadores da guanilato ciclase (ODQ e azul de metileno) e os inibidores dos canais de K+ (apamina, paxilina e glibenclamida). Resultados: A clozapina causou relaxamento dependente do endotélio envolvendo as três vias de relaxamento (GMPc/NO, AMPc/PGI2 e hiperpolarização). Essa observação foi embasada na ineficiência dos bloqueadores, L-NAME, Indometacina e Tetraetilamônio (TEA), respectivamente. O relaxamento dependente do endotélio foi atenuado pela associação L-NAME/Indometacina e abolido em vasos contraídos por cloreto de potássio e incubados com glibenclamida. Conclusão: Estes resultados sugerem que há participação sinérgica, provavelmente através de um mecanismo de cross-talk, dos sistemas cAMP, cGMP e hiperpolarização. Portanto, mais estudos sobre possíveis funções endoteliais relacionadas aos efeitos colaterais dos antipsicóticos cardiovasculares seriam uma direção de pesquisa adequada.
Título em inglês
In vitro effects of clozapine antipsychotics on the reactivity of the thoracic aorta of Wistar rats
Palavras-chave em inglês
Clozapine
endothelium
hyperpolarization
nitric oxide
prostacyclin
Resumo em inglês
Objective: In depressed patients, cardiac mortality due to coronary heart disease (CHD) is twice as high as in non-depressed coronary patients, possibly due to the presence of endothelial dysfunction. There may be an association between the use of antipsychotic drugs and cardiovascular diseases, which are associated with vasotonic endothelial dysfunction. Studies related to the effects of antipsychotic drugs on vascular endothelial function are practically non-existent. Aims: This study was designed to evaluate the mechanisms involved in endothelium-dependent vascular reactivity under the action of the atypical antipsychotic drug clozapine. Method: As concentration-response curves in pre-contracted rings with PE (1 ?M), they were recorded in the presence and absence of inhibitors of the L-NAME and indomethacin inhibitors, which were incubated, isolated and / or in association, for 30 minutes. To study the participation of the K + channels, experiments were performed with the tetraethylammonium and potassium chloride (Kcl) blockers. In order to obtain the protocol they were performed with guanylase cyclase blockers (ODQ and methylene blue) and K + channel inhibitors (apamina, paxilin and glibenclamide). Results: Clozapine caused endothelium-dependent relaxation as the three relaxation pathways (cGMP / NO, cAMP / PGI2 and hyperpolarization). This observation was based on the inefficiency of the blockers, L-NAME, Indomethacin and Tetraethylammonium (TEA), respectively. Endothelium-dependent relaxation was attenuated by the association LNAME / Indomethacin and abolished in vessels contracted by potassium chloride and incubated with glibenclamide. Conclusion: These results suggest that there is synergistic participation, probably through a cross-talk mechanism, of the cAMP, cGMP and hyperpolarization systems. Therefore, more studies of possible endothelium function related to cardiovascular antipsychotics side effects would be a proper research direction.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LUIZASILVAMATEUS.pdf (820.64 Kbytes)
Data de Publicação
2019-02-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.