• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.17.2020.tde-08022021-140218
Documento
Autor
Nome completo
Vitória Carolina Rondon Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2020
Orientador
Banca examinadora
Lacchini, Riccardo (Presidente)
Sanchez, Elen Rizzi
Veiga, Eugenia Velludo
Título em português
Influência do tratamento de comorbidades sobre o sucesso da terapia da disfunção erétil: foco na via do óxido nítrico
Palavras-chave em português
Dimetilarginina assimétrica
Disfunção erétil
Inibidores da fosfodiesterase do tipo 5
Óxido nítrico
Resumo em português
A disfunção erétil (DE), definida como a inabilidade persistente em obter e/ou manter uma ereção que permita desempenho sexual satisfatório, pode afetar a saúde em seus aspectos físicos e psicossociais, e ter impacto importante na qualidade de vida dos portadores e de seus parceiros. A enzima óxido nítrico sintase endotelial (eNOS) utiliza L-arginina como substrato para sintetizar óxido nítrico (NO), que medeia o relaxamento da musculatura lisa vascular por meio de uma cascata de reações. A produção de NO pode ser inibida por substâncias endógenas como ADMA, SDMA e L-NMMA. A via alternativa de degradação da L-arginina depende de enzimas conhecidas como arginases. Diversos tratamentos farmacológicos impactam esta via e podem afetar o sucesso da terapia com inibidores de fosfodiesterase tipo 5. Investigamos a influência do diabetes mellitus (DM), do uso da insulina e dos fármacos omeprazol e alopurinol sobre o risco para DE e sobre a resposta ao tratamento com sildenafil em amostras oriundas de biorrepositório. Foi possível observar que, de forma geral, as concentrações de nitrito estão maiores nos portadores de DE; a presença do DM tem impacto negativo na função erétil; e, ainda, que as tendências dos indicadores estudados são opostas quando comparamos os grupos que utilizam omeprazol ou alopurinol.
Título em inglês
The influence of cornorbidity treatments on the success of erectile dysfunction therapy: Focus on nitric oxide pathway
Palavras-chave em inglês
Asymmetric dimethylarginine
Erectile dysfunction
Nitric oxide
Type 5 phosphodiesterase inhibitors
Resumo em inglês
Erectile dysfunction (ED), defined as the persistent inability to obtain and/or maintain an erection that permits satisfactory sexual performance, can affect health in its physical and psychosocial aspects, and it has an important impact on the quality of life of patients and their partners. The enzyme nitric oxide synthase endothelial (eNOS) uses the amino acid L-arginine as a substrate to synthesize nitric oxide (NO), which mediates the relaxation of vascular smooth muscle through a cascade of reactions. NO production can be inhibited by endogenous substances such as ADMA, SDMA and L-NMMA. The alternative L-arginine degradation pathway depends on enzymes known as arginases, culminating in the production of L- ornithine and urea. Several pharmacological treatments impact this pathway and may affect the success of the therapy with phosphodiesterase 5 inhibitors. We investigated the influence of diabetes mellitus (DM), the use of insulin and the drugs omeprazole and allopurinol on the risk of ED and on the response to treatment with sildenafil in samples from a biorepository. It was possible to observe that, in general, nitrite concentrations are higher in ED patients; the presence of DM has a negative impact on erectile function; and, furthermore, that the trends of the studied indicators are opposite when we compare the groups that use omeprazole or allopurinol.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-03-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.