• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.17.2020.tde-11022020-134336
Documento
Autor
Nome completo
Ana Carla Medeiros
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Gomes, Marcelo Damario (Presidente)
Ferro, Emer Suavinho
Lucena, Malson Neilson de
Sebollela, Adriano Silva
Título em português
Caracterização subcelular e bioquímica da proteína SAMHD1
Palavras-chave em português
DSBs
Início alternativo de tradução
SAMHD1
Resumo em português
SAMHD1 é uma proteína de 626 aminoácidos com um motivo N-terminal SAM e um domínio contendo histidina e ácido aspártico (HD). O domínio SAM é envolvido em interações do tipo proteína-proteína e proteína-DNA/RNA. Proteínas com o domínio HD fazem parte de uma superfamília de fosfohidrolases comumente envolvidas no metabolismo de ácidos nucléicos. SAMHD1 tem a função de diminuir o pool de dNTPs intracelular, e mutações no gene de SAMHD1 está associada a Síndrome de Aicardi-Goutières (AGS). Nesse trabalho, avaliamos a especificidade de anticorpos comerciais anti-SAMHD1 em diferentes linhagens celulares, determinamos sua localização subcelular em resposta ao dano no DNA induzido por camptotecina (CPT) que induz duplas quebras na fita de DNA (DSBs - DoubleStrand Breaks). Por último, investigamos a possibilidade de existência de uma forma alternativa truncada endógena de SAMHD1. Vimos que o anticorpo anti-SAMHD1 monoclonal possui reatividade cruzada com uma proteína de aproximadamente 50 kDa, de função ainda desconhecida, enquanto que o anticorpo policlonal reconhece especificamente uma banda de massa molecular correspondente a SAMHD1. Além disso, identificamos que a hiperexpressão de SAMHD1 produz uma forma truncada SAMHD1(ATG2) sem os 114 primeiros aminoácidos, incluindo o domínio SAM. Esta forma foi produzida graças a um códon de início alternativo localizado a 345 nucleotídeos upstream do ATG1, do gene SAMHD1. Por fim, concluímos que SAMHD1 ativa a resposta ao dano, porém não é recrutada para o foci nuclear, diferente do que foi recentemente publicado na literatura.
Título em inglês
Biochemical and subcellular characterization of SAMHD1 protein
Palavras-chave em inglês
Alternative translation start
DSBs
SAMHD1
Resumo em inglês
SAMHD1 is a 626 amino acid protein in an N-terminal SAM motif and a domain containing histidine and aspartic acid (HD). The SAM domain is involved in protein-protein and proteinDNA / RNA interactions. Proteins with the HD domain are part of a superfamily of phosphohydrolases commonly involved in the metabolism of nucleic acids. SAMHD1 has the function of decreasing the pool of intracellular dNTPs, and mutations in the SAMHD1 gene are associated with Aicardi-Goutières Syndrome (AGS). In this work, we evaluated the specificity of commercial anti-SAMHD1 antibodies in different cell lines, determined their subcellular location in response to DNA damage induced by camptothecin (CPT) that induces double strand breaks (DSBs). Finally, we investigated the possibility of an endogenous truncated alternative form of SAMHD1. We have seen that the anti-SAMHD1 monoclonal antibody has cross-reactivity with a protein of approximately 50 kDa, of yet unknown function, whereas the polyclonal antibody specifically recognizes a band of molecular mass corresponding to SAMHD1. In addition, we have identified that the overexpression of SAMHD1 produces a truncated form SAMHD1 (ATG2) without the first 114 amino acids, including the SAM domain. This form was produced thanks to an alternative start codon located at 345 nucleotides upstream of the ATG1, SAMHD1 gene. Finally, we conclude that SAMHD1 activates the response to the damage, but it is not recruited to the nuclear foci, different from what has recently been published in the literature.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ANACARLAMEDEIROS.pdf (1.83 Mbytes)
Data de Publicação
2020-04-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.