• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.16.2021.tde-11012022-175523
Documento
Autor
Nome completo
Marina Pereira Santos Gomes da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Santoro, Paula Freire (Presidente)
Lemos, Leticia Lindenberg
Villagrán, Paula Carolina Soto
Título em português
A mobilidade das mulheres em São Paulo: experiência, precauções e autonomia
Palavras-chave em português
Gênero
Mobilidade urbana
Mulheres
Planejamento urbano com a perspectiva de gênero
Resumo em português
Esta pesquisa buscou se aprofundar nos trajetos cotidianos feitos por mulheres no ambiente urbano a fim de investigar e coletar informações que possam contribuir com a construção do conhecimento em relação às experiências de mobilidade urbana delas. Após uma revisão bibliográfica sobre as dimensões relacionadas à mobilidade das mulheres no ambiente urbano, foram feitas análises quantitativas com dados de duas pesquisas, uma em grande escala (Pesquisa OD) e uma em média escala (sobre segurança no trânsito de estudantes universitários, com enfoque nas mulheres). Com os resultados direcionou-se uma observação qualitativa e mais aproximada de um grupo de onze estudantes universitária mulheres, a fim de coletar informações sobre a experiência e percepções delas em relação aos deslocamentos feitos na Região Metropolitana de São Paulo. Esperava-se como resultado, em um primeiro momento, que questões de insegurança e o medo de sofrerem algum tipo de violência sexual fossem os principais elementos destacados pelas mulheres. Mas o modo como elas acessam os meios de transporte públicos, a má qualidade do sistema de transporte coletivo, o tempo de seus deslocamentos, espera em pontos e terminais de ônibus e estações de metrô e trem, além de inúmeras baldeações, atravessaram este trabalho se mostrando como fatores importantes nas precauções tomadas pelas estudantes e pela insegurança e medo sentido por elas. Por outro lado, observou-se uma indicação de desejo por autonomia e formas de enfrentamento das limitações da mobilidade urbana na metrópole paulistana.
Título em inglês
Women mobility in São Paulo: experience, precautions and autonomy
Palavras-chave em inglês
Gender
Urban mobility
Urban planning with gender perspective
women
Resumo em inglês
This research sought to deepen in the daily journeys taken by women in the urban environment to investigate and collect information that can contribute to the con- struction of knowledge in relation to their urban mobility experiences. After a literature review on the dimensions related to women's mobility in the urban environment, quantitative analyzes were carried out with data from two surveys, one on a large scale (Pesquisa OD) and other on a medium scale (on the traffic safety of university students with a focus in women). With the results, a qualitative and approximate observation of a group of eleven female university students was made to collect information about their experience and perceptions in relation to their displacements made in the Metropolitan Region of São Paulo. As a result, at first, it was expected that issues of insecurity and the fear of suffering some type of sexual violence would be the main elements highlighted by women. But the way they access the means of public transport, the poor quality of the public transport system, the time they travel, waiting at bus stops and terminals and subway and train stations, in addition to countless transfers, crossed this work. showing how important factors in the precautions taken by the students and the insecurity and fear felt by them. On another way, there was an indication of desire for autonomy and ways of coping with the limitations of urban mobility in the metropolis of São Paulo.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-06-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.