• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.16.2018.tde-07112018-105009
Documento
Autor
Nombre completo
Angelica de Amorim Romacheli
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2018
Director
Tribunal
Jorge, Wilson Edson (Presidente)
Leitão, Karina Oliveira
Andrade, Nelson
Pereira, Raul Isidoro
Rial, Mariana Fontes Perez
Título en portugués
A (des) construção da caminhabilidade: o boom imobiliário e a produção do espaaço público em Goiânia (2007-2015)
Palabras clave en portugués
Boom imobiliário
Caminhabilidade
Espaço público
Resumen en portugués
Essa tese se propõe a realizar uma reflexão acerca da produção dos espaços públicos urbanos na cidade de Goiânia, capital do estado de Goiás. Dedica-se, mais especificamente, aos espaços públicos produzidos como uma espécie de "resíduo" da atuação de empresas do mercado imobiliário formal, no período que a bibliografia convencionou chamar "boom imobiliário" (2007-2015). Neste período, as incorporadoras, mais capitalizadas e competitivas, desenvolveram estratégias de desenho que aplicadas aos seus produtos permitem "criar localizações". O processo de "criar localizações" possibilita o aumento significativo da margem de lucro dos empreendimentos, na medida em que se pode optar por terrenos cada vez mais longínquos. Com a possibilidade de poder buscar áreas fora das regiões mais equipadas da cidade, torna-se mais fácil encontrar terrenos mais baratos e/ou maiores. Terrenos maiores permitem, ainda, ganhos de escala na medida em que possibilitam a produção de um maior número de unidades habitacionais por empreendimento, o que também incrementa a rentabilidade. O resultado são entornos habitacionais, horizontais ou verticais, localizados à nas margens da área urbanizada, marcados pela fragmentação física e pelas estratégias de auto segregação. O espaço público se torna amorfo e estéril; e se presta unicamente à circulação motorizada. A caminhabilidade é a lente através da qual esse processo de deterioração dos espaços públicos urbanos será analisado. Para realizar essa reflexão tomou-se o caminho da pesquisa empírica. Primeiro foram escolhidas áreas da cidade, que pudessem representar a variedade das estratégias do mercado imobiliário na criação desses novos produtos; e que em consequência permitisse avaliar processos distintos de rearranjo no desenho dos espaços públicos. Foram escolhidas primeiramente três amostras, diferentes entre si, e que representassem esse processo. Posteriormente foi escolhida uma "amostra de referência", um bairro considerado "caminhável", que servisse de parâmetro para a análise das demais amostras. Para completar o panorama estudado foi acrescentada uma ultima amostra, localizada numa área em que se agrupam grandes plantas de varejo, na qual é possível observar uma variação do mesmo fenômeno aplicada à empreendimentos comerciais. Estudos com abordagens semelhantes foram analisados no sentido de fornecer um rol de variáveis urbanísticas que atuassem sobre a caminhabilidade. A partir dessas variáveis foi elaborada uma metodologia de análise que, uma vez aplicada às cinco amostras, possibilitou um conhecimento mais detalhado do impacto da proliferação dos "enclaves fortificados", sobre a constituição de um espaço público de qualidade e em consequência de uma cidade que priorize o transporte a pé.
Título en inglés
The (de)construction of the walkability: the real state boom and the creation of urban public spaces in Goiânia (2007-2015)
Palabras clave en inglés
Public space
Real state boom
Walkability
Resumen en inglés
This thesis aims to think about the urban public spaces in city of Goiânia, main city in State of Goiás. Specifically, the text treats on the created public realm as a remainder from real state companies' agency, between the years 2007 and 2015, period called by researchers as "real state boom". In this run, incorporating companies, vastly more capitalized and competitive, developed strategies for engineering design to create literally concepts of sites and lucrative addresses. Creating localizations increases profits to companies, once the agencies could search for large and far lands. Seeking this type of realty, far from urban community facilities, it is possible to find out cheap and/or large places. Consequently, large realties mean more housing units, making possible that companies get more profitability by unit. In this way, the result is housing environment, horizontal or vertical, located in suburbs, based on the self-segregation and the fragmentation. Thus, these spaces become a "shapeless" and ungrateful location, serving merely the cars circulating. The perspective, wherewith this process of deterioration will be analyzed, is the walkability. Thereunto, the empirical research was chosen. City areas - which have performed the variety of real state market strategies and also have permitted distinct reshuffles to design some public spaces - were selected and, from them, three samples, different from each other. After that, a reference sample of a sector was taken: a walkable sector of community. Added to this, a last sample was chosen: a neighborhood where large retailer layouts are clustered and, besides, it is possible to observe the same conditions as in commercial companies. Furthermore, some studies with similar approaches were analyzed to give us a role of urban elements that acts on the walkability. From this, a methodology of analysis was elaborated and, after applied to the five samples, this methodology enables a knowledge more detailed about the impacts from proliferation of fortified enclaves and its relevance to a public space with quality and pursuant to a city that prioritizes a transport by foot.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2018-12-07
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.