• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.16.2016.tde-01092016-150822
Documento
Autor
Nome completo
Luiz Felipe Leão Maia Brandão
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Deak, Csaba (Presidente)
Fonseca, Nuno de Azevedo
Mascaro, Alysson Leandro Barbate
Miraglia Neto, Francisco
Mori, Klara Anna Maria Kaiser
Título em português
Um estudo sobre o planejamento e a reprodução social em Alagoas
Palavras-chave em português
Acumulação entravada
Alagoas
Planejamento
Resumo em português
O estado de Alagoas se caracteriza pela precariedade de suas infraestruturas e pelo baixo nível de reprodução da força de trabalho, possuindo indicadores socioeconômicos abaixo da - já precária - média nacional, ou mesmo nordestina. A presente tese se propõe a investigar os determinantes da formação social em Alagoas, desde sua emancipação política em 1817, aos dias atuais. Para tal, serão analisados os estágios de desenvolvimento das forças produtivas em escala nacional e no recorte local, e os reflexos desse processo no âmbito da reprodução social. Como fio condutor dessa análise, são descritas diferentes modalidades de planejamento produzidas ao longo dos anos pelo Estado brasileiro, em paralelo cronológico com as ações adotadas pelos governos alagoanos. Mediante a incorporação da teoria da acumulação entravada (Deák, 1991), defende-se a tese de que os diferentes níveis de desenvolvimento das forças produtivas e do nível de reprodução da força de trabalho, observados nas distintas configurações espaciais do país, são constitutivos de uma só totalidade. O quadro alagoano se explica, assim, não como resultado de um "desvio", equalizável mediante reforma, mas justamente pela natureza do papel ocupado por esse estado na reprodução social brasileira.
Título em inglês
A study about planning and the social reproduction in Alagoas
Palavras-chave em inglês
Alagoas
Hindered accumulation
Planning
Resumo em inglês
The Brazilian state of Alagoas is characterized by the precariousness of its infrastructure and the low level of its labor force reproduction, possessing socioeconomic indicators situated below the national average. The aim of this dissertation is to investigate the determinants of the social formation in the state of Alagoas (Brazil), since its political emancipation in 1817, to the present date. For such, the development stages of the production forces will be examined, at national and local scales. As the main guidelines of this analysis, the dissertation will describe the different kinds of planning tools produced through the years by the Brazilian State, in chronological parallel with the actions taken by the successive governments of Alagoas. By incorporating the theory of hindered accumulation (Deák, 2016), this work defends that the different productive forces development levels and workforce levels observed in the country are constitutive of a single totality. Therefore, the Alagoas circumstances are explainable not because of a "deviation" equalizable by reform, but precisely because of the role played by this state in the Brazilian social reproduction
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
luizbrandaorev.pdf (3.72 Mbytes)
Data de Publicação
2016-09-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.