• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.16.2020.tde-28042021-151654
Documento
Autor
Nombre completo
Gleuson Pinheiro Silva
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2020
Director
Tribunal
Barone, Ana Claudia Castilho (Presidente)
Silva, Marcos Virgílio da
Silvério, Valter Roberto
Título en portugués
Raça, cultura e disputa territorial: o caso do Príncipe Negro da cidade Tiradentes
Palabras clave en portugués
Cidade Tiradentes
Escolas de samba
Negro
Periferia
Raça
Urbanização
Vila Prudente
Resumen en portugués
Esse trabalho trata da história da Escola de Samba Príncipe Negro, uma agremiação atualmente sediada no bairro de Cidade Tiradentes e que disputa a quinta divisão do carnaval paulistano. A Escola foi fundada no bairro de Vila Prudente, na década de 1960, e devido a saída de boa parte dos moradores negros do bairro, não pode permanecer nele. No decorrer da década de 1980, a agremiação mudou-se para Cidade Tiradentes, acompanhando parte de seus componentes que, desalojados da Vila Prudente, foram se estabelecer no bairro da extrema periferia leste da cidade. O processo de construção da Avenida Professor Luís Ignácio de Anhaia Mello, na Vila Prudente, foi identificado como um episódio bastante significativo para a transformação do bairro e para a consequente saída dos componentes da agremiação daquela localidade. A história da agremiação não estava documentada e esse trabalho apoia-se em história oral e no levantamento de documentos produzidos durante a trajetória da Escola no carnaval da cidade, e também em registros realizados pela imprensa. Da mesma maneira, o processo de construção da Avenida Anhaia Mello, não estava registrado e recorremos aos Anais da Câmara e a imprensa para compreender as origens do projeto, e também aos arquivos de processos do Departamento de Desapropriações da prefeitura para conhecimento do contexto de implantação. A fundação do Príncipe Negro na Vila Prudente se apresenta como um importante indicio da presença da população negra na constituição de diversos bairros. Esta presença é omitida pela historiografia oficial e pelas narrativas dominantes sobre a formação da cidade. Além disso, a trajetória da agremiação de Vila Prudente para Cidade Tiradentes nos permite observar uma relação entre a localização das agremiações na hierarquia dos espaços da cidade e sua posição na hierarquia do carnaval.
Título en inglés
Race, culture and territorial dispute: the case of the Principe Negro
Palabras clave en inglés
Cidade Tiradentes
Negro
Periphery
Race
Samba schools
Urbanization
Vila Prudente
Resumen en inglés
This resarch deals with the history of the Príncipe Negro Samba School, an association currently based in the neighborhood of Cidade Tiradentes and disputing the fifth division of the São Paulo carnival. The School was founded in the neighborhood of Vila Prudente, in the 1960s, and due to the departure of a large part of the black residents of the neighborhood, it cannot remain in it. During the 1980s, an association moved to Cidade Tiradentes, accompanies part of its components, displaced from Vila Prudente, and was created in the extreme eastern suburb of the city. The construction process of Avenida Professor Luís Ignácio de Anhaia Mello, in Vila Prudente, was identified as a very significant episode for the transformation of the neighborhood and for the consequent departure of the components of the local economic association. The history of the association was not documented and this work was based on oral history and the collection of documents used during a trajectory at the city's carnival school and also on records recorded by the press. In the same way, the construction process of Avenida Anhaia Mello, was not registered and returned to the Annals of the Chamber and a press to understand how the project originated, and also to file files of the Municipal Expropriation Department for Knowledge of the Implementation Context . The Príncipe Negro Foundation in Vila Prudente presents as an important indicator of the presence of the black population in the constitution of several neighborhoods. This presence is omitted by the official historiography and the dominant narratives about the formation of the city. In addition, a trajectory from the Vila Prudente association to the city of Tiradentes allows us to observe a relationship between the location of the associations in the hierarchy of city spaces and their position in the carnival hierarchy.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2021-06-07
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.