• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Lie Sakano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Sandeville Junior, Euler (Presidente)
Ishiki, Michiko Okano
Saito, Cecília Noriko Ito
Título em português
Viagens por Tokaido: uma leitura das 53 estações de Hiroshige
Palavras-chave em português
Fukei-ga
Hiroshige Utagawa
Japão
Keibutsu-ga
Meisho-e
Sankin kotai
Tokaido
Ukiyo-e
Viagens
Resumo em português
"Viagens por Tokaido: uma leitura das 53 estações de Hiroshige" apresenta um estudo da série de estampas "53 estações de Tokaido" (Tokaido: gojusan tsugi no uchi) (1833-34), do artista Hiroshige Utagawa (1797-1858), uma das obras mais reconhecidas dos últimos anos do Período Edo. Trata-se de um conjunto de 55 xilogravuras coloridas (nishiki-e) produzidas no estilo ukiyo-e (pintura do mundo flutuante). A série de estampas ilustra as 53 cidades-estações (shukuba) da estrada de Tokaido, além das cidades de Edo (atual Tóquio) e Quioto, que correspondiam respectivamente ao início e fim da rota, totalizando 55 figuras. No Período Tokugawa, sobre o qual trataremos no primeiro capítulo, essas duas cidades se configuraram como os dois principais polos de poder do país, trazendo interessantes aspectos simbólicos para essa importante estrada. Durante esse período, a Tokaido se torna umas das rotas mais utilizadas do país. Multiplicam-se as viagens oficiais, devido ao sankin kotai (sistema que obriga os daimyo a se apresentar anualmente para o shogun), se disseminam as peregrinações religiosas e cresce o interesse pelas viagens de lazer, que tinham como objetivo visitar os lugares-famosos (meisho). Nesse contexto, aumenta o número de artistas que viajam para conhecer Tokaido e seus meisho, tornando-a o tema central de diversas formas de expressão artísticas, sendo as "53 estações de Tokaido uma de suas mais ilustres representantes. A dissertação dedica-se ao estudo do contexto territorial, social, político, cultural e artístico no qual essa obra foi produzida, posicionando-a entre outros ukiyo-e produzidos no período, a fim de relativizar a sua singularidade. É realizado também um levantamento e organização dos comentários de cada estampa, apresentados no fim do capítulo 3, para finalmente propor no quarto capítulo a leitura da série a partir dos temas das sazonalidades (keibutsu-ga), da representação dos lugares-famosos (meisho-e) e da representação de paisagem (fukei-ga).
Título em inglês
Tokaido journey: a reading of the 53 stations of Hiroshige
Palavras-chave em inglês
Fukei-ga
Hiroshige Utagawa
Japan
Keibutsu-ga
Meisho-e
Sankin kotai
Tokaido
Travel
Ukiyo-e
Resumo em inglês
"Tokaido journey: a reading of the 53 stations of Hiroshige" presents a study of the print series called "53 stations of Tokaido" (Tokaido gojusan tsugi no uchi) (1833-34), by the artist Hiroshige Utagawa (1797-1858), one of the most recognizable works of the last years of Edo Period. This is a set of 55 colored woodblock prints (nishiki-e) produced in the ukiyo-e style. The painting series illustrates the 53 stations (shukuba) of the Tokaido Road between the cities of Edo (present-day Tokyo) and Kyoto, that corresponds respectively to the beginning and end of the route, with 55 figures in total. In the Tokugawa Period, which will be discussed in the first chapter, these cities become the two power cores in the country, bringing symbolic aspects to this important road. During this period, the Tokaido becomes one of the most used routes in the country. The official travels increase, due to the sankin kotai (a system that obliges the daimyo to present themselves annually to the shogun), the religious pilgrimages spread and the interest in leisure trips, which had as objective visiting the famous-places (meisho), grows. In this context, the number of artists traveling to experience Tokaido and its meisho increases, turning it into the central subject-matter of various artistics expressions, with the "53 stations of Tokaido" being one of its most notable exponent. The dissertation is dedicated to the study of the territorial, social, political, cultural and artistic context in which this work was produced, positioning it among other ukiyo-e produced in the period, in order to situate its singularity. There is also a survey and organization of the comments of each picture, presented at the end of chapter 3, to finally propose in the fourth chapter the reading of the series under the themes of seasonality (keibutsu-ga), the representation of famous-places (meisho-e) and the landscape representation (fukei-ga).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.