• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.16.2021.tde-06102021-183842
Documento
Autor
Nombre completo
Guilherme Galuppo Borba
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2021
Director
Tribunal
Bassani, Jorge (Presidente)
Beiguelman, Giselle
Marques, Eduardo Cesar Leão
Oliveira, Lucia Maciel Barbosa de
Sales, Pedro Manuel Rivaben de
Título en portugués
A ambiguidade da cultura na transformação urbana: a região central de São Paulo em análise 
Palabras clave en portugués
Cultura
Economia criativa
Eventos de rua
Exclusão
Inclusão
Região central
Santa Cecília
São Paulo
Transformação urbana
Resumen en portugués
Esta pesquisa objetivou contribuir cientificamente com a interdisciplinaridade nas Ciências Sociais Aplicadas, sobretudo entre os Estudos Culturais e o Urbanismo, colocando ênfase no papel da cultura como agente de transformação urbana. Na literatura e na percepção, a dimensão cultural é permeada pela ambiguidade. Se, de um lado, promove a inclusão, transformando o espaço no lócus da pluralidade e da apropriação democrática, por outro, promove a exclusão, transformando a ocupação do solo no espaço da segregação. Para comprovar essa hipótese, os eventos artístico-culturais no espaço livre público (eventos de rua) foram escolhidos como fenômeno cultural inclusivo,sobretudo no âmbito da apropriação do espaço público. A economia criativa, via tendências estético-sensoriais pós-modernas, foi identificada como fenômeno cultural exclusivo, posto que alavanca o consumo especializado, acelera a especulação imobiliária e coopera com a gentrificação. A Região Central de São Paulo constituiu-se como área de estudo a partir da qual as dimensões sociais, culturais e urbanas foram correlacionadas. O distrito da Santa Cecília foi escolhido como territorialidade específica para a coleta de dados sobre a economia criativa. Para o problema teórico-conceitual, aquele que estipula a ambiguidade da cultura, foram consultados documentos bibliográficos e estudos pré-existentes. Depois, pelo caráter interdisciplinar do trabalho, optou-se por um conjunto diverso de instrumentos que ajudassem na comprovação empírica, atendendo às necessidades da obtenção de informação por fontes multifacetadas e adaptáveis ao caso concreto (observação participante, registros iconográficos, mapeamentos, entrevistas e questionários). A análise e interpretação dos dados primários, conjuntamente ao estudo das variáveis de fontes secundárias, apontaram para a confirmação relativa da hipótese: a cultura, pelo prisma dos eventos de rua, é um importante agente de transformação urbana em processos de inclusão socioespacial, embora apresente latência de ambiguidade; por outro lado, sendo um importante intermediário de tendências estético-sensoriais pós-modernas, responsáveis pela construção de paradigmas e modos de vida, a economia criativa transforma o uso e a ocupação do solo, mas não se confirmou como vetor de exclusão socioespacial do caso em tela. O papel excludente da economia criativa é, portanto, apenas uma possibilidade, dentro de tantas outras rugosidades, não sendo de forma alguma uma determinação.
Título en inglés
The ambiguity of culture in urban transformation: an analysis of São Paulos city center.
Palabras clave en inglés
City center
Creative economy
Culture
Exclusion
Inclusion
Santa Cecilia
São Paulo
Street events
Urban transformation
Resumen en inglés
This research has sought to contribute scientifically to the interdisciplinarity in Applied Social Sciences, specifically between Cultural Studies and Urbanism, where emphasis has been placed on the role of culture as an agent of urban transformation. In the literature and in perception, the cultural dimension is thought to be permeated by ambiguity. If, on one hand, culture promotes inclusion, transforming space into plurality and democratic appropriation, on the other, it promotes exclusion, transforming the occupation of land into the space of segregation. To prove this hypothesis, artistic-cultural events in public open spaces (street events) were chosen as an inclusive cultural phenomenon within the scope of the appropriation of public space. The creative economy, via postmodern aesthetic-sensory trends, was chosen as an exclusive cultural phenomenon, since it leverages specialized consumption, accelerates real estate speculation and cooperates with gentrification. The City Center of São Paulo constituted the study area from which the social, cultural and urban dimensions were correlated. The Santa Cecília district was indicated as a specific territory for the collection of data on the creative economy. For the theoretical and conceptual problem, which stipulates the ambiguity of culture, bibliographic docuemnts and pre-existing studies were consulted. Due to the interdisciplinary nature of this work, a diverse set of instruments was selected in order to obtain information from multifaceted sources that could be adaptable to the real context (participatory observation, iconographic records, mapping, interviews and survey). The analysis and interpretation of primary data, together with the study of variables from secondary sources, pointed to the partial confirmation of the hypothesis: culture, from the perspective of street events, is an important agent of urban transformation in socio-spatial inclusion processes, although it does present some level of ambiguity; on the other hand, being an important intermediary of postmodern aesthetic-sensorial trends, responsible for the construction of paradigms and ways of life, the creative economy transforms the use and occupation of land, but it is not necessarily a vector of socio-spatial exclusion of this case study. The exclusionary role of the creative economy is, therefore, only a possibility, within so many other factors, and is by no means a determination.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2021-10-27
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.