• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.16.2021.tde-01072021-173742
Documento
Autor
Nome completo
Leticia Becker Savastano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Farias, Agnaldo Aricê Caldas (Presidente)
Machado, Gabriela Pires
Schwarcz, Lilia Katri Moritz
Título em português
Lugares de interdição - diálogos guiados por Lais Myrrha e Jaime Lauriano
Palavras-chave em português
Artes visuais
Historiografia crítica
Imaginários urbanos
Memória coletiva
Narrativas
Resumo em português
Esta pesquisa tem por objetivo identificar, por meio de diálogos com produções artísticas contemporâneas brasileiras (2000-2020), interdições que atravessam e enquadram discursos do "sistema" arquitetura e urbanismo. Para questionar esse "sistema", dialogaremos com as obras de Lais Myrrha (1974) e de Jaime Lauriano (1985), pois nelas identificamos reflexões favoráveis para provocar desestabilizações nos "Lugares de Interdição" (que podem ser físicos e simbólicos), tendo como base conceitos de história, de memória e dos imaginários urbanos. A dissertação foi estruturada em seis ensaios, três guiados por Myrrha e três por Lauriano, com diálogos provenientes de agenciamentos de imagens. Nesse percurso encadeado pelo re-conhecimento dos "Lugares de Interdição", pudemos perceber que as obras operam por investigações historiográficas. Dialogaremos, mais precisamente, com as obras que tangenciam historiografias da arquitetura e/ou do urbanismo e seus instrumentos e linguagens: cartografias, mapas, elementos arquitetônicos, materiais construtivos, etc. Pôde-se perceber a potência das produções artísticas em propor desestabilizações às narrativas homogêneas e lineares. Como desenlace, escutar enunciações silenciadas e olhar para os "Lugares de Inter- dição" sob esse prisma pode ampliar capacidades imaginativas e visibilizar memórias interditas.
Título em inglês
Places of interdiction - dialogues guided by Lais Myrrha and Jaime Lauriano
Palavras-chave em inglês
Collective memory
Critical historiography
Narratives
Urban Imaginary
Visual arts
Resumo em inglês
This research aims do identify, through dialogues with contemporary brazilian arts (2000-2020), interdictions that cross and frame discourses of the "system" architecture and urbanism. To question this "system", we will dialogue with art works made by Lais Myrrha (1974) and Jaime Lauriano (1985), because we identify in them reflections that are favorable to provoque desestabilizations in "Places of Interdiction" (that can be tangible and simbolic as cities and imaginary), and that are based on concepts of history, memory and urban imaginary. The dissertation was structured in six essays, three guided by Myrrha and three by Lauriano, with dialogues suggested by images agencies.We will dialogue, more precisely, with the works that approach historiographies of architecture and/or urbanism, and their instruments and languages as cartographies, maps, architectural elements, construction materials, etc. It was possible to perceive the potential in these artistics production in proposing desestabilizations to homogeneous and linear narratives. As an outcome, we noticed that listening to silenced enunciations and looking at the "Places of interdiction" in this perspective can expand imaginative resources and make interdected memories visible.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-08-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.