• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Aparecida Antonio Bou Ghosn
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Shimomura, Alessandra Rodrigues Prata (Presidente)
Vecchi, Renata de
Hernandez Neto, Alberto
Título em português
Análise comparativa de layouts de espaços de trabalho em ambientes acadêmicos
Palavras-chave em português
Ambientes acadêmicos
APO
BOSSA Time-Lapse
Espaço de trabalho
Layout
QAI
Questionário
Resumo em português
Desde o início dos anos de 1990, empresas começaram a implementar em seus espaços o escritório de plantas livre não territoriais, mais conhecidos como o conceito ABW (Activity Based Working). Influenciados pela introdução da tecnologia da informação e comunicação, o layout de escritórios de planta livre não territoriais ganharam força nos ambientes corporativos. Escritórios privados ou os tradicionais layouts de escritórios de planta livre territoriais, onde os usuários têm sua própria mesa de trabalho, já não eram mais comuns. As questões econômicas (otimização dos espaços), organizacionais (aumento da capacidade de trabalho de equipe, produtividade, novas práticas e processo de trabalho) e fatores externos como a globalização e alta competitividade do mercado, foram os precursores das mudanças ocorridas nos ambientes de trabalho (van der VOORDT, 2003), introduzindo conceitos como o ABW (Activity Based Working). A Qualidade Ambiental Interna (QAI) nestes espaços de trabalho é extensamente estudada e pesquisada, pois tem influência direta na satisfação e produtividade de seus usuários. Esta prática porém, não é comum em ambientes acadêmicos, onde sua maioria ainda se utiliza de escritórios privados e/ou escritório de planta livre territoriais. Esta pesquisa analisou a transição entre espaços acadêmicos de escritórios privados para escritórios de planta livre, seguida da transição para ambientes de trabalhos flexíveis/compartilhados, tendo como foco investigar as diferenças, se existentes, da satisfação e produtividade de seus ocupantes, baseados em resultados de pesquisa de Avaliação Pós-Ocupação (APO). O BOSSA Time-Lapse é uma ferramenta de APO para avaliação da satisfação dos ocupantes em relação à QAI de espaços de trabalho (CANDIDO et al., 2016) e foi utilizada como ferramenta de estudo por meio da aplicação de um questionário de QAI a diversos usuários de ambientes de escritórios acadêmicos na Austrália. Os resultados da pesquisa apontam que, após a mudança para ABW seus usuários reportaram altos índices de satisfação em diversas categorias de QAI,quando comparada com escritórios privados, que tiveram índices similares nas categorias de Espaço Individual, Ruído e Privacidade, Conforto Visual e Controle Individual. Em nenhuma das questões trabalhadas, os usuários indicaram índices altos de insatisfação às categorias de QAI, inclusive os de planta livre territoriais. As pesquisas em ambientes de escritórios acadêmicos é de suma importância, pois diversas universidades tem implantado uma nova tipologia de layout em seus ambientes de trabalho.
Título em inglês
Dado não fornecido pelo autor.
Palavras-chave em inglês
BOSSA Time-Lapse
IEQ
Layout
POE
Questionnaire
Tertiary offices
Workspace
Resumo em inglês
Since the early 1990´s, a few organizations started to implement flexible workspaces, also known as the ABW (Activity based working) concept. Influenced by the introduction of information and communication technology, the flexible workplace started to be a trend in corporate environments, where traditional cell offices and open plan office with a fix desk were no longer being implemented. Economical considerations (eg. low occupancy of expensive workplaces), the organization developments (network organizations, teamwork, part time works) and external developments (globalization, and a strong competition), are the most important key drivers for change in work environments (van der VOORDT, 2003), introducing the concepts of ABW (Activity Based Working). A considerable body of work has been focusing on the effects of IEQ (Indoor Enviromental Quality) on workspaces, since its has a considerable impact on the users' satisfaction and productivity. Unlike the corporate sector, the uptake of open-plan office and flexible workspaces is still under its infancy stage in the university sector, where most academics haven't made the transition from private to open-plan typology yet, let alone to flexible workspaces. This two-hop transition is still rare within the tertiary education sector in Australia and practically non-existing in other countries, including Brazil. This research examined the complete transition from private to open plan offices, followed by the transition to flexible / shared workplace environment of academic offices, with the focus on investigating the differences, if any, in the satisfaction and productivity of its occupants based on POE (Post Occupancy Evaluation) studies. BOSSA Time-Lapse is a tool aiming to evaluate the occupants' satisfaction on IEQ aspects, and it was used as a tool through the application of POE questionnaire to many academics workspaces in Australia. The results indicate that after moving to ABW workspaces, occupants reported high levels of satisfaction regarding IEQ aspects when compared to cell offices users, which also showed similar levels on satisfaction regarding Individual Space, Noise and Privacy, Visual Comfort and Individual Control. None of the occupants of different office layout showed a high level of dissatisfaction regarding IEQ aspects, including those of open plan office with fixed desk. It is of great importance to investigate and deeply explore the effects of office layout on employees' satisfaction, once many universities are moving towards new offices layouts and/or ways of working.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.