• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.16.2013.tde-10072013-155556
Documento
Autor
Nome completo
Erika Teixeira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Ono, Rosaria (Presidente)
Castiglioni, Maria do Carmo
Lopes, Maria Elisabete
Título em português
Projetos arquitetônicos de acessibilidade domiciliar e tecnologia assistiva: um estudo  com arquitetos, terapeutas ocupacionais e usuários na cidade de São Paulo
Palavras-chave em português
Acessibilidade ao meio físico
Arquitetura
Tecnologia assisitiva
Terapia ocupacional
Resumo em português
O presente trabalho teve como objetivos investigar a forma de avaliação do ambiente domiciliar de pessoas com deficiência física, com ênfase na atuação interdisciplinar entre terapeutas ocupacionais e projetistas no ato de planejar e executar a acessibilidade desse ambiente; identificar e investigar, se os terapeutas ocupacionais gestores atuantes em reabilitação física fazem uso de algum instrumento de avaliação do ambiente; categorizar a formação de terapeutas ocupacionais gestores que atuam em centros de reabilitação para a avaliação do ambiente; verificar se os centros de reabilitação investigados têm algum procedimento para avaliação do ambiente domiciliar para pessoas com disfunções físicas; analisar as ferramentas de avaliação de desempenho do ambiente utilizadas na Terapia Ocupacional e na Arquitetura. Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo e exploratório, com abordagem quantitativa e qualitativa, centrados na pessoa, tendo como cenário: a) Centros de Reabilitação públicos e privados de São Paulo; b) arquitetos especialistas em acessibilidade e c) pessoas com deficiência física que modificaram suas residências. Dividiu-se o estudo em três etapas, a saber: a etapa 1, que consistiu na coleta de dados por meio de um questionário aplicado a terapeutas ocupacionais gestores nos centros de reabilitação de São Paulo; a etapa 2, de questionário aplicado a arquitetos especialistas em acessibilidade da cidade de São Paulo e a etapa 3, de entrevista com pessoas com deficiência física que adequaram sua residência. Para análise dos dados utilizou-se o software de estatística Statistical Package for the Social Sciences (SPSS versão 18) da empresa International Business Machines (IBM). Também foi utilisado o recurso Split File (dividir arquivo) para examinar, primeiramente de forma conjunta e depois separadamente, as opiniões dos diversos públicos pesquisados (arquitetos, terapeutas ocupacionais e usuários). Nas entrevistas dos usuários, após a sua transcrição utilizaram-se os aplicativos Sphinx em métodos de análise, caracterizados por análise lexical e aplicação online da IBM ManyEyes para uma visualização sintética das falas dos usuários. Resultados: os principais resultados sugeriram uma necessidade de investimento na formação para atuar na área, para ambos profissionais, arquitetos e terapeutas ocupacionais. A partir das falas dos usuários, identificou-se que, os mesmos destacaram a importância do ganho funcional, a partir da modificação de suas casas. Como conclusão, aponta-se a necessidade de atuação interdisciplinar. A presente pesquisa pretende trazer contribuições para a área de arquitetura, terapia ocupacional e reabilitação de pessoas com deficiências, enfatizando a importância da ação interdisciplinar e tendo como objetivo final, a melhora da funcionalidade e qualidade de vida da pessoa com deficiência em seu habitar.
Título em inglês
Architectural accessibility household and assistive technology: a study with architects, occupational therapists and users in the city of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Accessibility to the physical environment
Architecture
Assistive technology
Occupational therapy
Resumo em inglês
The present study aimed to investigate: (1) how to evaluate the home environment for people with physical disabilities, with emphasis on interdisciplinary team between occupational therapists and designers in the act of planning and executing the accessibility of this environment; (2) identify and investigate if occupational therapists managers working in physical rehabilitation make use of an instrument to assess the environment; (3) verify if the rehabilitation centers have investigated some procedure to evaluate the home environment for people with physical dysfunctions; and (4) analyze the assessment tools used in the performance environment and Occupational Therapy in Architecture. Methodology: This was a descriptive study, with quantitative and qualitative approach, focusing on the person as a backdrop: a) public and private rehabilitation centers in São Paulo city b) architects, experts in accessibility and c) disabled individuals that had their residences changed ramodelled. The study was divided into three stages: step 1, which consisted of data collection through a questionnaire with managers occupational therapists in rehabilitation centers of São Paulo, step 2- questionnaire answered by architects experts in accessibility from the city of São Paulo and step 3, interviewing with people with physical disabilities who have adapted their residence. For data analysis the statistical software Statistical Package for Social Sciences (SPSS versão 18) by International Business Machines (IBM). was used Split File (file sharing) was also applied to examine, first jointly and then separately, the opinions of various stakeholders surveyed (architects, occupational therapists and users). Was used in interviews after their transcription. Results: The main findings suggested a need for further training to work in this specific field, for both architects and occupational therapists. They reported having difficulties in assessing environments with respect to their accessibility, however, the difficulty was higher among occupational therapists. From the statements of users, we found that regardless cost and time to adapt, they report and agree with the importance of the functional gain from the modification of their homes. In conclusion, we present a proposal for interdisciplinary action. This research might provide contributions to the field of architecture, occupational therapy and rehabilitation of people with disabilities, emphasizing the importance of interdisciplinary action on the improvement of functionality and quality of life of people with disabilities in their dwelling.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-07-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.