• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.16.2018.tde-09102018-161925
Documento
Autor
Nome completo
Ruy Barbosa Soares Filho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Monteiro, Leonardo Marques (Presidente)
Barbosa, Cláudia Verônica Torres
Roizenblatt, Isac
Título em português
Resposta humana à luz: alterações não visuais e o projeto luminotécnico residencial com LEDs
Palavras-chave em português
Cronobiologia
LEDs
Luz e saúde
Melatonina
Projeto luminotécnico
Resumo em português
Esta pesquisa traz à tona, de forma interdisciplinar, estudos realizados e em andamento nas áreas de medicina, fisiologia, biologia, saúde pública, psicologia, engenharia e arquitetura, para investigar algumas alterações fisiológicas provocadas pela luz produzida pelos LEDs e, a partir da análise dos dados coletados, estabelecer em caráter preliminar novos parâmetros a serem considerados e aplicados ao projeto luminotécnico residencial que utiliza LEDs como fonte de luz. Desenvolvemos um protocolo para coletar os dados e comparar, para cada sujeito, o comportamento das variáveis entre dois períodos distintos, com a duração de 3 dias cada: um período em que, à noite, os sujeitos utilizaram óculos bloqueadores de luz azul (Período BB) e outro em que, também à noite, permaneceram expostos à iluminação artificial de LEDs em seus ambientes de maior permanência, previamente por eles definidos (Período LED). Verificamos a carga excretada de 6-sulfatoximelatonina na urina noturna de 12 horas (n=10), as variações de temperatura corporal (n=9) e as variáveis produzidas por meio da actimetria (n=10). Confrontamos estes dados com a literatura atual e com as características dos respectivos sistemas de iluminação. Do grupo de 10 sujeitos, 7 apresentaram redução da carga excretada de 6-sulfatoximelatonina do Período BB para o Período LED. A análise de temperatura corporal do grupo de 9 sujeitos, revelou que 7 deles apresentaram atraso de fase do respectivo ritmo do Período BB para o Período LED. A actimetria não revelou diferenças significativas entre os períodos. Porém, para o grupo que apresentou redução da carga excretada de 6-sulfatoximelatonina do Período BB para o Período LED, o L5 (período de 5 horas de menor atividade motora) apresentou um atraso de fase médio de 15 minutos. Os resultados desta pesquisa comprovam, pela primeira vez por meio de um estudo de campo, que os LEDs utilizados nos sistemas de iluminação artificial do ambiente residencial, possuem a capacidade de causar impactos deletérios na saúde dos usuários.
Título em inglês
Dado não fornecido pelo autor.
Palavras-chave em inglês
Chronobiology
LEDs
Light and health
Lighting design
Melatonin
Resumo em inglês
This research uses interdisciplinary ongoing studies in medicine, physiology, biology, public health, psychology, engineering and architecture, to investigate some physiological changes caused by the light emitted by LEDs and, based on the results, establish in a preliminary way, new parameters to be considered and applied to residential lighting projects using LEDs as a light source. We developed a protocol to collect some data and we compared, for each subject, the values between two distinct periods of 3 days each: the BB Period, where subjects wore blue-light blocking glasses at night, and the LED Period, where they were exposed to their room's LED lights at night. We verified the excreted load of 6-sulfatoxymelatonin in the 12-hour overnight urine (n=10), changes in pheripheral body temperature (n=9), and the variables of actimetry (n=10). We analyzed these data using information provided by the current literature and crossed these data with the characteristics of the lighting systems. Within the group of 10 subjects, 7 had a reduction in the excreted load of 6-sulfatoxymelatonin from the BB Period to the LED Period. The analysis of body temperature from the group of 9 subjects revealed that 7 of them showed acrophase phase delay from the BB Period to the LED Period. Actimetry did not reveal significant differences between these periods. However, for the group which showed a reduction in the excreted load of 6-sulfatoxymelatonin from the BB Period to the LED Period, the L5 (least active 5-hour period) presented, in average, a 15-minute phase delay. The results of this research prove, for the first time through a field study, that the LEDs used in residential lighting systems fave the capacity to cause deleterious impacts on users' health.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-12-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.