• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.16.2013.tde-03072013-105006
Documento
Autor
Nome completo
Ligia Catarina Fischer
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Ornstein, Sheila Walbe (Presidente)
Vargas, Heliana Comin
Villa, Simone Barbosa
Título em português
A implantação de comércio e serviços em estações de transporte de alta capacidade. Um estudo sobre a adequação de estações metroviárias à luz dos resultados da avaliação pós-ocupação
Palavras-chave em português
Avaliação pós-ocupação
Comércio
Estações metroviárias
Lojas
Serviços
Shopping centers
Resumo em português
As estações metroferroviárias sempre fizeram o papel urbanístico de agregar atividades econômicas e sociais nos seus arredores. Contudo, as estações do Metrô de São Paulo foram concebidas visando o embarque e o desembarque rápido de passageiros, e não foi previsto nos projetos o uso de espaços para atividades comerciais no interior das estações ou em áreas agregadas aos edifícios. Na atualidade, em função da necessidade de facilitar os deslocamentos das pessoas na metrópole, as estações devem acomodar outras atividades e serviços que possam agregar facilidades ao cotidiano dos usuários. Assim, verifica-se a ocupação de espaços com comércio e serviços nas estações existentes cujos projetos não contemplaram este uso. Da mesma forma, foram implantados os empreendimentos associados na modalidade de shopping centers em áreas agregadas às estações ou no seu espaço aéreo. A presente pesquisa, a partir de estudos de caso, utiliza-se dos métodos e técnicas de Avaliação Pós - Ocupação - APO aplicados em estações metroferroviárias, focando na utilização de áreas para o desenvolvimento de atividades comerciais. O escopo deste estudo se restringe à análise dos impactos da utilização de espaços para comercialização pós - ocupação dos edifícios. A partir dessa análise, identificou-se as melhorias que podem ser adotadas para os próximos projetos e para as estações estudadas. Foram selecionados os instrumentos que se mostraram adequados para avaliação desses espaços, e após sua aplicação foram analisados os resultados. A partir do diagnóstico, contendo os pontos positivos e negativos, foram propostas melhorias para os estudos de caso e diretrizes para os projetos de novas estações. A utilização de espaços para o desenvolvimento de atividades comerciais nas estações deve ser contemplada no programa arquitetônico, de modo que possa ser considerada nos estudos econômicos financeiros que nortearão os investimentos destinados à construção de uma linha de metrô.
Título em inglês
Implementation of retail and service establishments along high volume transportation systems - a study on adapting metro rail stations based on post-occupancy evaluations
Palavras-chave em inglês
Metro rail stations
Post occupancy evaluation
Retail
Services
Shopping centers
Shops
Resumo em inglês
Metro rail stations have traditionally played a role in the urban planning process by contributing to the incorporation of economic and social activities to adjacent areas. However São Paulo's metro stations were designed for rapid passenger boarding and disembarking. As such, the original designs did not include the designation of areas within or adjacent to metro stations for retail and service activities. Yet, because of the importance today of facilitating the movement of people throughout the greater metropolitan area, a need has arisen to accommodate retail and service offerings capable of providing users with added convenience. To this end, retail and service spaces have been occupied in existing stations in which the original designs did not set aside specific spaces for these activities. Similarly, shopping centers have been opened in areas adjacent to or above existing stations. This survey drew on case studies to apply Post-Occupancy Evaluation techniques and methods to metro rail stations, with a view to analyzing the use of specific areas for retail and service activities. The scope of the study was limited to examining the impact of using designated spaces in metro facilities for post-occupancy retail and service activities. Through the survey, enhancements to future design projects and existing stations were identified. Appropriate instruments for evaluating the respective spaces were selected and, following their application, the corresponding outcomes analyzed. The diagnostic study, which considered and laid out advantages and disadvantages of the proposal, offers a series of recommended improvements on the individual case studies as well as the project guidelines for new metro stations. Finally, the designation of dedicated spaces for retail and service activities in metro stations should be contemplated in the respective architectural designs as a means to ensure consideration of this important factor in the economic-financial studies aimed at determining the investment requirements for new metro lines.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-07-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.