• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.16.2007.tde-27052010-132106
Documento
Autor
Nome completo
Maria de Jesus de Britto Leite
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Yurgel, Marlene (Presidente)
Lima, Ana Gabriela Godinho
Pereira, Paulo Cesar Xavier
Perrone, Rafael Antonio Cunha
Reschilian, Paulo Romano
Título em português
Formar não é informar: um percurso sensível na formação do arquiteto
Palavras-chave em português
Formação do arquiteto
Neurobiologia
Percepção e concepção espacial
Sentidos e sensibilidade
Resumo em português
Esta é uma investigação sobre a formação do arquiteto em sua dimensão sensível. A visão persistente de que ser artista é uma condição inata de alguns seres humanos tem gerado dificuldades na ação de criar, entre os aprendizes de arquitetura, à revelia das descobertas da Ciência sobre as capacidades cerebrais do ser humano, descobertas que interferem nas reflexões sobre como acontece o conhecimento. Ainda dificulta essa formação, um mundo atual consumista e negativamente pragmático que interfere na missão formadora da instituição escola de arquitetura, querendo forçá-la a ser mero curso profissionalizante. Esse panorama apresenta uma estrutura de formação sem a condição de poder alcançar a sensibilidade do aprendiz para fazê-lo perceber, intuir, criar espaços com sua dimensão que supera a função de abrigo das atividades humanas: sua condição de Arte. Este é o motivo desta Tese: propor uma modificação na fisionomia das estruturas vigentes de formação do arquiteto para que ela possa ser mais estimuladora da sensibilidade de seus aprendizes.
Título em inglês
To form is not to inform: a sensitive route for the architect formation.
Palavras-chave em inglês
Architect formation
Neurobiology
Senses and Sensibility
Spatial perception and conception
Resumo em inglês
This is a research on architect formation in its dimension of Art. The predominant and persistent view that to be an artist is an innate condition of some human beings has been producing difficulties in the action of creation, among the apprentices of architecture, which ignore the science discoveries about the human beings brains. Another difficulty to this formation is the present consumer and pragmatic world which interferes on the formative mission of the school of architecture institution, pretending enforced it to be a mere professional course. This scene presents a formation structure without a condition that could allow to reach the sensibility of the apprentice in order to make him perceive, feel, create spaces with his own dimensions which overcome the function of sheltering human activities: its Art dimension. This is the leitmotiv of this thesis: to propose another physiognomy to the present structure for the architect formation as a way to make it more stimulating to the sensibility of its apprentices.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
formar.pdf (6.56 Mbytes)
Data de Publicação
2010-07-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.