• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
Documento
Autor
Nombre completo
Rebeca Fonseca de Oliveira Pereira
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2019
Director
Tribunal
Albrecht, Rachel Ifanger (Presidente)
Calheiros, Alan James Peixoto
Sperling, Vinicius Banda
Título en portugués
Propriedades físicas da precipitação e eletrificação dos sistemas precipitantes observados durante o Projeto Chuva-Manaus e GOAmazon
Palabras clave en portugués
descargas elétricas
Manaus.
Precipitação
Resumen en portugués
A região Amazônica apresenta três diferentes tipos de estações caracterizadas pelo acumulado total de precipitação, sendo a estação chuvosa entre os meses de dezembro a maio, a estação seca, entre os meses de junho a novembro e a estação de transição, a qual separa as duas estações citadas acima, entre os meses de setembro de novembro. Assim, tem-se que o número de raios que incidem sobre essa região também acompanha as estações do ano, em que durante os meses de dezembro a fevereiro, a precipitação é dominada por processos de chuva de características quentes e, apresentam uma menor quantidade de raios se comparado com a estação de transição, quando os sistemas convectivos são mais profundos e a precipitação é dominada por processos de gelo. Além das caracteristicas sinóticas, as variáveis termodinâmicas também exercem um papel importante na formação e intensificação das atividades elétricas durante os dois períodos estudados, em que o período da tarde se mostrou mais propício a formação de precipitação convectiva e consequentemente uma maior atividade elétrica, enquanto o período noturno e o alvorecer do dia se mostraram mais propícios a formação de precipitação estratiforme. E, como a região Amazônica é caracterizada por apresentar uma vegetação densa, seguida de campos abertos que servem como pastagem, rios bastante largos e uma grande área urbana, todos esses fatores induzem circulações fechadas termicamente, induzidas pelo gradiente de temperatura da superfície. Essas circulações influenciam diretamente na formação e deslocamento dos sistemas precipitantes nessa região, além da influência nas características de formação das atividades elétricas. Com isso, neste estudo foram observados maiores acumulados de precipitação durante o experimento IOP1, porém, quanto a predominância de atividade elétrica, foram observadas maiores taxas durante o período de experimento do IOP2, principalmente durante o período da tarde, quando há uma maior atividade convectiva. Além disso, os raios do tipo CG se mostraram mais frequentes nas regiões próximas as margens dos rios, enquanto os raios do tipo IC foram registrados com uma maior frequência nas regiões continentais. Além disso, pelas polaridades, notou-se uma predominância de raios CG positivos durante o IOP1, e negativos durante o IOP2, detecados pelas redes GLD360 e LINET. Com relação ao algortimo ForTraCC, concluiu-se que para os sistemas precipitantes que se deslocaram de nordeste (NE) e respeitaram os limiares de tempo de duração e tamanho, as tempestades apresentaram-se mais frequentes durante o IOP2, com características convectivas, enquanto no IOP1 as características estratiformes foram predominantes.
Título en inglés
PHYSICAL PROPERTIES OF PRECIPITATION AND ELETRIFICATION OF PRECIPITANT SYSTEMS OBSERVED DURING THE CHUVAMANAUS AND GOAMAZON PROJECT
Palabras clave en inglés
lightning
Manaus.
Precipitation
Resumen en inglés
The Amazon region presents three different types of seasons characterized by total accumulation of rainfall, with the rainy season from December to May, the dry season, between June and November, and the transition season, which separates the two stations mentioned above, between the months of September of November. Thus, it is observed that the number of ligthnings that affect this region also accompanies the seasons, during which during the months of December to February precipitation is dominated by rainfall processes with warm characteristics and, lightnings compared to the transition season when convective systems are deeper and precipitation is dominated by ice processes. In addition to the synoptic characteristics, thermodynamic variables also play an important role in the formation and intensification of electrical activities during the two periods studied, in which the afternoon period was more conducive to the formation of convective precipitation and, consequently, a greater electrical activity, while nocturnal period and the dawn of the day were more favorable to the formation of stratiform precipitation. And because the Amazon region is characterized by dense vegetation, followed by open fields that serve as pasture, fairly wide rivers and a large urban area, all these factors induce thermally closed circulations, induced by the temperature difference of the surface. These circulations directly influence the formation and displacement of precipitating systems in this region, as well as the influence on the formation characteristics of the electric activities. In this study, higher accumulations of precipitation were observed during the IOP1 experiment, however, as for the predominance of electric activity, higher rates were observed during the IOP2 experiment period, mainly during the afternoon, when there is a higher convective activity. In addition, CG-type of lightning were more frequent in regions near river banks, whereas IC-type of lightning were recorded more frequently in continental regions, where upward currents are less intense. Moreover, by the polarities, a predominance of GC positive during IOP1, and negative during IOP2, detected by the GLD360 and LINET networks was observed. It was concluded that for the precipitating systems that moved northeast (NE) and observed the duration and size thresholds, the storms were more frequent during the IOP2, with convective characteristics, in IOP1 the stratiform characteristics were predominant.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2019-10-21
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.