• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.14.2021.tde-12072021-170257
Documento
Autor
Nome completo
Caio Augusto Deiroz Amaral
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Trindade, Ricardo Ivan Ferreira da (Presidente)
Rapalini, Augusto Ernesto
Yokoyama, Elder
Título em português
Estudo paleomagnético de rochas Arqueanas da Bahia
Palavras-chave em português
fábrica magnética
Magnetismo de rocha
paleomagnetismo
riolitos Arqueanos.
Resumo em português
Este estudo realizou uma caracterização da mineralogia magnética, fábrica magnética e direção paleomagnética em um conjunto de diques máficos não datados (14.15 S, 40.72 W) e em um afloramento de rochas riolticas Arqueanas (13.668ºS, 40.905ºW) no interior do estado da Bahia, Brasil. Os seguintes procedimentos laboratoriais foram realizados: obtenção de curvas termomagnéticas (variação T ), ciclos de histerese, magnetização remanente isotérmica (MRI) e curvas de reversão de primeira ordem (FORC), definição da anisotropia de susceptibilidade magnética (ASM) e anisotropia de susceptibilidade magnética anisterética (AASM) e aplicação de técnicas de desmagnetização térmica e por campos magnéticos alternados. O principal mineral portador da magnetização em ambos conjuntos de rochas é a magnetita de pseudo-domnio simples à multidomnio, no entanto as rochas também apresentaram uma grande quantidade de minerais paramagnéticos. O conjunto de amostras de diques máficos não apresentou resultados satisfatórios para as análises de anisotropia e paleomagnetismo. A trama magnética dos riolitos apresentou baixos valores de susceptibilidade magnética e de grau de anisotropia (parâmetro P). O corpo como um todo exibiu um padrão subvertical para Leste, indicando um comportamento coerente para o fluxo de lava. A caracterização paleomagnética indicou apenas uma componente de magnetização secundária (Dm = 40.52°, Im = 4.32°, 95 = 22.67°, K = 8.04) apresentando um polo paleomagnético localizado em 46.82ºN, 30.68ºE (dp = 11.38, dm = 22.72).
Título em inglês
Paleomagnetic study of Bahia Archean rocks
Palavras-chave em inglês
Archean rhyolite.
magnetic fabric
paleomagnetism
Rock magnetism
Resumo em inglês
This study performed a characterization of the magnetic mineralogy, magnetic fabric and paleomagnetic direction in a set of undated mafic dikes (14.15 S, 40.72 W) and in an outcrop of Archean rhyolitic rocks (13.668ºS, 40.905ºW) in the interior of the state of Bahia, Brazil. The following laboratory procedures were performed: obtaining thermomagnetic curves ( T diagram), hysteresis loops, isothermal remanent magnetization (IRM) and first order reversal curves (FORC), definition of the anisotropy of magnetic susceptibility (AMS) and anisotropy of anhysteretic magnetic susceptibility (AAMS) and application of thermal and alternated magnetic fields demagnetization techniques. The main magnetic carrier in both sets of rocks is the pseudo-single domain to multi-domain magnetite, however the rocks also presented a large amount of paramagnetic minerals. The set of mafic dykes samples did not present satisfactory results for the AMS analysis and paleomagnetism direction characterization. The magnetic fabric of the rhyolites presented low values of magnetic susceptibility and anisotropy degree (P parameter). The outcrop region exhibited coherent eastward sub-vertical lava flow direction. The paleomagnetic characterization indicated only one secondary remanence direction (Dm = 40.52º, Im = 4.32º, 95 = 22.67º, K = 8.04) with a paleomagnetic pole located at 46.82ºN, 30.68ºE (dp = 11.38, dm = 22.72).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-09-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.