• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Doctorat
DOI
10.11606/T.12.2014.tde-24062014-152114
Document
Auteur
Nom complet
Vinícius Gustavo Trombin
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2014
Directeur
Jury
Campomar, Marcos Cortez (Président)
Carvalho, Dirceu Tornavoi de
Mazzon, Jose Afonso
Minciotti, Silvio Augusto
Shiraishi, Guilherme de Farias
Titre en portugais
O uso de cenários em marketing
Mots-clés en portugais
Cenários
Marketing
Sistemas de informação de marketing
Resumé en portugais
O ritmo acentuado e a magnitude das mudanças desafiam a estabilidade em diversos setores da economia, sem indícios que o mundo amanhã será menos instável e complicado. Por isso, as informações acerca do que se conhece hoje já não são suficientes para que se tome uma boa decisão: os gestores precisam antever, de modo sistemático, o que irá acontecer para que possam administrar os efeitos da mudança ou, se possível, antecipá-los, construindo assim o futuro e não somente respondendo a ele quando este mudar. Desde o surgimento dos estudos do futuro no meio empresarial na década de 1970, houve um crescimento da utilização dos cenários. Tal crescimento não afastou, contudo, discussões que abordassem a sua real contribuição, apoiadas principalmente nas seguintes idéias: muitas previsões feitas não se tinham concretizado, eventos inesperados alteram o que se conhece; e eventos acontecem aleatoriamente. Porém, tais idéias foram contestadas considerando que não é possível saber se as previsões falharam, ou o curso da história foi alterado pelo homem ao tomar conhecimento prévio dos problemas; os eventos inesperados não alteram permanentemente todos os sistemas e costumes; e, eventos aparentemente aleatórios possuem uma longa acumulação de tendências na superfície. Portanto, embora, não seja possível conhecer plenamente o futuro, pode-se reconhecer ou, pelo menos, ter uma indicação do que vai acontecer. Uma analogia pode ser feita comparando os cenários ao funcionamento dos faróis de um carro à noite. Embora não revelem tudo o que virá à frente, é impossível guiar o carro com os faróis apagados. Nesse sentido, esta tese buscou compreender como os cenários podem ser usados para a tomada de decisão em marketing. A partir do refinamento deste problema de pesquisa, chegou-se ao objetivo de analisar a elaboração de cenários, como um dos produtos possibilitados pelo Sistema de Informação de Marketing (SIM), para fins de aplicação em marketing. Para atingi-lo, inicialmente foi realizada uma revisão teórica do SIM e de cenários - congregando mais de 25 métodos - estes dois corpos teóricos foram aproximados, o que contribuiu por trazer para o centro das discussões a teoria de cenários, que até então era discutida de forma pouco aprofundada na literatura especializada de marketing. Na sequência, realizou-se uma pesquisa de campo, de caráter exploratório e qualitativo, utilizando-se o método de estudo de casos múltiplos. Participaram da pesquisa 3 empresas de grande porte, com atuação em setores diferentes e presença em mais de 90 países. Concluiu-se que o SIM não pode mais ser entendido como o foi no passado, ou seja, como um sistema separado, pois agora ele é uma parte conectada ao sistema que auxilia a gestão da empresa como um todo. Os cenários, que são elaborados para serem utilizados na tomada de decisão de marketing, são um produto do Sistema de Apoio a Decisões de Marketing e são elaborados a partir da interpretação dos dados e das informações fornecidas pelos demais componentes do SIM: Registros Internos, Inteligência de Marketing e Pesquisa de Marketing. As informações originadas de cada um dos componentes se materializam como insumo principal ou secundário para a elaboração dos cenários, dependendo do tipo de pergunta que se coloca em relação ao futuro, ou seja, se o tomador de decisão quer saber "o vai acontecer", então são elaborados cenários preditivos, e os registros internos são o insumo principal para isso; já se a questão colocada for "o que pode acontecer?", o insumo principal são as informações originadas no Sistema de Inteligência de Marketing; por fim, se a questão é "como uma meta específica pode ser alcançada?", o insumo principal são os registros internos. A tese mostrou que os cenários podem ser usados em marketing para apoiar uma série de decisões que requerem uma melhor compreensão do comportamento futuro tanto do consumidor quanto da concorrência, com a finalidade de identificar oportunidades e riscos de mercado. Enfim, os cenários ajudam os gestores de marketing a estarem mais atentos a temas emergentes.
Titre en anglais
Using Scenarios in Marketing
Mots-clés en anglais
Marketing
Marketing information system
Scenarios
Resumé en anglais
The sharp pace and magnitude of change in business and the economy defies stability in diverse industries, and there are no evidences that the world tomorrow will be less volatile and complicated. Therefore, information about what is known today is not sufficient for making good decisions: managers need to predict what will happen in a systematic way, so that they can manage the effects of change or, if possible, anticipate them, thereby shaping the future and not just responding to it when it changes. Since the emergence of future studies in business in the 1970s, there was a growth in using scenarios. However, this growth not departed discussions that addressed their actual contribution, supported on the following ideas: many forecast had not materialized, unexpected events change what is known; events happen randomly. However, such ideas were challenged whereas that it is not possible to know if the predictions failed, or the course of history was changed by man for having prior knowledge of problems; unexpected events not alter permanently all systems and customs; and apparently random events have a long accumulation of trends in surface. Therefore, although it is not possible to fully know the future, it can be recognize or at least have an indication of what will happen. An analogy can be made comparing the scenarios with the operation of the headlights of a car at night. Although not show everything that will come forward, it is impossible to drive the car with the headlights off. In this sense, this thesis asks how scenarios can be used for decision making in marketing, from the refinement of this research problem, the goal of analyzing the scenario development, as one of the products made possible by Marketing Information System (MIS), was reached. To achieve this, initially a theoretical review of the MIS and scenarios was conducted; these two theoretical bodies were approximate, which contributed to bringing the theory of scenarios to the center of the discussion, which until then was little discussed in the marketing literature. Qualitative and exploratory field research was carried out, using the method of multiple case studies. It was concluded that the MIS cannot be understood as it was in the past, as a separate system, because now it is connected to the system that assists the management of the company as a whole. The scenarios, which are designed to be used in marketing decision making, are a product of the Marketing Decision Support System and are drawn from the interpretation of the data and information provided by other components of the MIS: Internal Database, Marketing Intelligence, and Marketing Research. The information derived from each component materializes as primary or secondary input to the scenario's development, depending on the type of question that arises for the future, i.e., if the decision maker wants to know "what will happen", predictive scenarios are then elaborated, and the internal database is the main input for this; if the question is "what can happen", the main input is the information originating in the Marketing System and finally, if the question is "how a specific goal can be achieved", the main input is Internal Database. The literature and field research showed that scenarios can be used in marketing to support a series of decisions that require a better understanding of both the consumer and competitive future behavior, in order to identify opportunities and market risks. Finally, the scenarios help marketing managers' attend to the emerging themes.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2014-07-14
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
Centro de Informática de São Carlos
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2022. Tous droits réservés.