• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2013.tde-21112013-155337
Documento
Autor
Nome completo
Ana Paula Franco Paes Leme Barbosa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Nascimento, Paulo Tromboni de Souza (Presidente)
Bataglia, Walter
Yu, Abraham Sin Oih
Título em português
Mudança nos grupos estratégicos da indústria sucroalcooleira brasileira
Palavras-chave em português
Análise de conglomerados
Competição
Estratégia organizacional
Planejamento estratégico
Resumo em português
A literatura de grupos estratégicos vem desenvolvendo-se desde a escola de posicionamento, mas estudos recentes ainda solicitam avanços no entendimento da evolução dos grupos estratégicos em termos de conteúdo da estratégia, número de grupos e participação nos grupos e da metodologia para a identificação dos grupos e seu estudo evolutivo. Esta pesquisa teve como objetivo central estudar mudanças em grupos estratégicos com o propósito de identificar os caminhos evolutivos desses grupos para discutir seus resultados com a literatura de dinâmica de grupos estratégicos, utilizando como fonte empírica de estudo empresas do setor sucroalcooleiro. A partir de uma abordagem cognitiva, baseada no conhecimento e julgamento daqueles que estão inseridos na indústria, foram realizadas cinco entrevistas com executivos da indústria sucroalcooleira para identificar as variáveis que possibilitam destacar as diferenças nas estratégias corporativas das empresas e, com isso, identificar grupos de empresas com perfil estratégico semelhante. Os executivos identificaram os grupos existentes segundo sua percepção entre 2003 e 2012 e todos apontaram para a inexistência de grupos no início do período, seguindo para a diferenciação estratégica e consequente formação de grupos caracterizados pelos diferentes níveis de integração vertical, pela propriedade e pela especialização. A partir das variáveis identificadas nessa abordagem, realizou-se uma análise com base em dados secundários das cinquenta maiores empresas do setor, o que contribuiu para apontar uma nova metodologia de pesquisa de grupos estratégicos que considera a abordagem cognitiva e quantitativa complementares. Nessa perspectiva quantitativa, permitiu-se identificar os novos grupos formados nestes últimos 10 anos com grande relevância não apenas no nível de integração vertical para diferenciar o perfil estratégico das empresas, mas também na concentração da produção nos grupos mais integrados e na variável de propriedade, considerada como a origem nacional ou estrangeira do capital.
Título em inglês
Strategic groups change in Brazilian sugarcane industry
Palavras-chave em inglês
Cluster analysis
Competition
Organizational strategy
Strategic planning
Resumo em inglês
The literature in the domain of strategic groups is developing, with initial origins at positioning school, however recent theoretical developments still strive to understand the evolution of strategic groups as they relate to strategy content, the number of groups, group participation, and methodologies for group identification and group evolution. This research aims to study changes in strategic groups, discussing relevant results with the literature of strategic group dynamics, leveraging empirical data from the sugarcane industry. Utilizing a cognitive approach, and based on the knowledge and judgment of experts in the sugarcane industry, five interviews were performed to identify variables that could help differentiate business strategies of sugarcane companies, and in so doing, identify and group companies with a similar strategic profile. The executives identified the groups in the time period between 2003 and 2012, all confirming the inexistence of such groups at the beginning of this period, followed by a strategic differentiation, characterized by different levels of vertical integration, ownership and specialization. Leveraging this initial cognitive analysis, an additional analysis was performed using secondary data from the fifty largest companies in the sugarcane sector. These companies were classified according to the variables defined in the cognitive approach, resulting in the development of a new research methodology in strategic groups that considers both the cognitive and quantitative approaches together. In the quantitative approach, it was possible to identify new groups formed within the previous 10 years, which is relevant not only in the consideration of vertical integration as it relates to business strategy, but also in analysis of the ownership variable (domestic or international capital) as a function of group productivity dynamics.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-11-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.