• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2017.tde-10022017-112722
Documento
Autor
Nome completo
Camila Leoni Nascimento Smith de Vasconcellos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Campomar, Marcos Cortez (Presidente)
Brito, Eliane Pereira Zamith
Minciotti, Silvio Augusto
Oliveira, Marcio Mattos Borges de
Serralvo, Francisco Antonio
Título em português
Aspectos das técnicas de marketing utilizadas nas atividades das organizações criminosas do narcotráfico
Palavras-chave em português
Atividades de marketing
Marketing
Marketing mix
Organizações criminosas
Resumo em português
A tese tem como objetivo verificar se existem técnicas de marketing nas atividades das organizações criminosas do narcotráfico e analisar como elas são utilizadas. A profissionalização das organizações criminosas desenvolveu estruturas empresariais globalizadas com noções de Administração, Logística e Contabilidade. Identificou-se e discutiu-se as atividades de marketing desenvolvidas nas organizações criminosas do narcotráfico à luz dos fundamentos teóricos apresentados. A abordagem metodológica utilizada foi uma pesquisa exploratória qualitativa e o método para a coleta de dados foram entrevistas em profundidade. Os entrevistados selecionados foram profissionais que atuam ou já atuaram diretamente no combate e repressão do crime organizado do narcotráfico no Brasil. Conclui-se a existência da utilização do marketing nessas organizações, mesmo que de forma intuitiva e não-estruturada. Existe concorrência entre as organizações criminosas do narcotráfico e, apesar de elas não fazerem um trabalho formal de segmentação do público, elas sempre buscam atingir as pessoas mais vulneráveis, como os jovens, e as classes mais abastadas. As organizações criminosas procuram oferecer produtos de acordo com as demandas e necessidades dos consumidores. As definições dos produtos oferecidos diferem entre cada organização criminosa e a produção das drogas varia conforme o tipo dela. A determinação do preço dos narcóticos é feita pelas lideranças dessas organizações e vários fatores impactam no seu valor final. A escolha da praça no narcotráfico é uma conjunção de fatores e busca tornar o produto acessível para o consumidor e facilitar a atividade ilícita. Para as organizações criminosas do tráfico de drogas que atuam no microtráfico, que acontece dentro das cidades, o P de praça é o mais importante para a sua existência porque lhes garante o mercado consumidor da região. Já no caso das organizações que atuam no macrotráfico e vendem para os compradores intermediários dentro dessa cadeia escalonada do crime, o P de produto é o fator fundamental relativo aos outros elementos do composto de marketing. De todas as ferramentas de promoção de marketing, o boca-a-boca é a mais poderosa para divulgar, promover e ampliar a rede de consumidores desse mercado ilícito.
Título em inglês
Aspects of the marketing techniques utilized in activities by criminal organizations of the narcotraffic
Palavras-chave em inglês
Criminal organizations
Marketing
Marketing activities
Marketing mix
Resumo em inglês
The thesis aims at verifying if there is marketing techniques in activities of the criminal drug trafficking organizations and analyzing how they are used. The professionalization of criminal organizations has developed globalized corporate structures with Administration, Logistics and Accounting notions. Marketing activities developed in the criminal drug trafficking organizations have been identified and discussed in light of the theoretical grounds presented. The methodological approach used was a qualitative exploratory research and the method to collect data was in-depth interviews. The selected interviewees were professionals that work or have already worked directly in the fight and repression against the organized drug trafficking crime in Brazil. It was concluded that there is use of marketing in those organizations, even if in an intuitive and unstructured manner. There is competition among the criminal drug trafficking organizations and, although they do not do a formal work of public segmentation, they always seek to reach the most vulnerable people, such as the youth, and the upper classes. Criminal organizations try to offer products according to the consumer's demands and needs. Definitions of the offered products differ among each criminal organization and drug production varies according to its type. Drug pricing is done by the leaderships of those organizations and several factors impact its final value. The selection of the place in the drug trafficking is a combination of factors and seeks to make the product accessible to the consumer and facilitate the illegal activity. For the criminal drug trafficking organizations that work in the micro trafficking, which happens inside the cities, the P of place is the most important for its existence because it ensures the consumer market of the region. As for the organizations that work in the macro traffic and sell to intermediary buyers inside this staggered crime chain, the P of product is the fundamental factor related to other elements composing the marketing. From all marketing advertising tools, word-of-mouth is the most powerful one to disclose, advertise and extend the consumer network of this illegal market.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-03-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.