• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.12.2020.tde-06022020-185136
Documento
Autor
Nome completo
Gabriel Rocha Venturim
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Júnior, Alceu Salles Camargo (Presidente)
Ghobril, Alexandre Nabil
Nakagawa, Marcelo Hiroshi
Pedroso, Marcelo Caldeira
Título em português
A importância da autoconfiança e da experiência de falha na criação de startups
Palavras-chave em português
Autoconfiança
Falha empreendedora
Inovação empreendedora
Monitor
Tomada de decisão
Resumo em português
O empreendedorismo inovador é considerado um pilar importante para o desenvolvimento econômico. No entanto, a entrada de novas empresas inovadoras é um fenômeno complexo, caracterizado por um alto grau de falha com antagônicos efeitos para o empreendedor, reduzindo sua eficácia cognitiva ou o auxiliando no desenvolvimento cognitivo ao introduzir uma maior diversidade ao seu esquema. O presente estudo, tem como objetivo fornecer insights teóricos e evidências empíricas sobre o surgimento da inovação empreendedora. Guiados por percepções das teorias cognitivas, exploramos os vínculos entre a autoconfiança dos empreendedores, a recente experiência de falha empreendedora e seu comportamento inovador na criação de startups. Os dados utilizados na análise empírica originam-se de pesquisas realizadas com população adulta de 39 países, entre 2012-2015, pelo Global Entrepreneurship Monitor (GEM), produzindo uma amostra de 47.994 empreendedores nascentes ou proprietários de um novo negócio. As hipóteses foram testadas com o modelo probit, um tipo de regressão usualmente utilizado para modelar variáveis dependentes dicotômicas ou binárias. Os resultados sugerem que a falha empreendedora recente (menos de 12 meses), está significativamente associada à decisão do indivíduo em iniciar um negócio inovador através inovação de produto ou serviço, inovação de processo ou inovação de modelo de negócio. Além disso, os resultados do nosso estudo revelam que o impacto da autoconfiança reflete apenas na inovação de produtos ou serviços.
Título em inglês
The importance of self-confidence and failure experience in the creation of startups
Palavras-chave em inglês
Decision-making
Entrepreneurial failure
Global entrepreneurship
Innovative entrepreneurship
Monitor
Self-confidence
Resumo em inglês
Innovative entrepreneurship is considered an important pillar for economic development. However, the entry of new innovative firms is a very complex phenomenon, characterized by a high degree of failure with antagonistic effects to entrepreneur, reducing their cognitive effectiveness or improving cognitive development by introducing greater diversity into an individual's schema. The purpose of this study is to provide theoretical insights and empirical evidence on the emergence of entrepreneurial innovativeness. Guided by insights from cognitive theories, we explore the links between entrepreneurs' self-confidence, recent business failure experience, and their innovative behavior to create startups. Data used in the empirical analysis originate between 2012-2015, adult population surveys of the Global Entrepreneurship Monitor (GEM), yielding a sample of 47.994 nascent entrepreneurs and owner of a new business from 39 different countries. Hypotheses were tested using probit model, a type of regression used to model dichotomous or binary outcome variables. The results suggest that recent business failure (less than 12 months) is significantly associated with the decision to start an innovative business with product or service innovation, process innovation or business model innovation. Moreover, the results of our study reveal that the impact of self-confidence reflects only for product or service innovation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CorrigidoGabriel.pdf (5.46 Mbytes)
Data de Publicação
2020-02-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.