• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
10.11606/D.12.2004.tde-05032005-210528
Document
Auteur
Nom complet
Anibal Américo Beltrán Castañón
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
Ribeirão Preto, 2004
Directeur
Jury
Matias, Alberto Borges (Président)
Costa, Andre Lucirton
Pimentel, Rosalinda Chedian
Titre en portugais
O microcrédito como instrumento de redução da pobreza: um estudo de caso da região de Puno - Peru
Mots-clés en portugais
Administração financeira
Pobreza
Puno (Peru)
Resumé en portugais
O microcrédito, segundo Yunus (2000) é um instrumento para reduzir a pobreza. Atualmente no Peru, a região de Puno é uma das mais pobres; diferentes instituições que oferecem esse produto financeiro atuam nessa região. O presente trabalho tem por objetivo estudar os mecanismos de intermediação financeira empregados pelas instituições de microcrédito na região de Puno – Peru. A natureza deste trabalho é um estudo de caso, de caráter analítico e descritivo, desenvolvido por meio da aplicação de questionário aos gerentes ou administradores das instituições de microcrédito em estudo. A pesquisa está dividida em oito capítulos: o segundo analisa o cenário macroeconômico do Peru e, no terceiro capítulo foi apresentado, o ambiente microeconômico da região de Puno, seguidamente o quarto capítulo apresenta o microcrédito no mundo, explorando as experiências e os antecedentes em diferentes países. Em seguida, no quinto capítulo foi abordado o mercado do microcrédito no Peru e na região de Puno, relatando o universo de instituições de microcrédito regulamentadas e não regulamentadas pela SBS (Superintendência de Banca y Seguros), apresentando-se algumas características das mesmas, bem como o tipo de tecnologias, produtos, público-alvo, entre outros. No sexto capítulo são apresentadas as políticas de microcrédito das instituições microfinanceiras na região de Puno, abordando as vantagens e desvantagens, e ainda, as principais dificuldades para ter acesso ao mercado de microcrédito nessa região e os tipos de garantias que os tomadores devem oferecer. No sétimo capítulo foram descritas as características do microcrédito na região de Puno, comparando os principais indicadores de pobreza em relação a outras regiões e países, como também, descrevendo as características dos tomadores de microcrédito nessa região. Posteriormente, foram abordados os aspectos relevantes da oferta de microcrédito na região de Puno – Peru. Finalmente no oitavo capítulo são apresentados os mecanismos da geração de renda e empreendedorismo por meio do microcrédito para a região de Puno, relatando também a análise SWOT do mercado de microcrédito na região de Puno, como também o aperfeiçoamento dessas instituições. A pesquisa apresentou resultados que revelaram que a taxa de inadimplência média das instituições de microcrédito na região de Puno é de 6,98%, sendo que a maioria dos empréstimos de microcrédito estão concentrados na área urbana. O IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) da região de Puno é 0,512 abaixo da média do Peru, que é de 0,620; o IDH do distrito de Carabaya é o mais crítico, sendo de 0,436. Os tomadores de microcrédito possuem em média cinco filhos por família, 75% deles possuem casa própria, 60% são casados, a idade média é de 30 a 40 anos, o nível educacional é o segundo grau e a atividade principal é o comércio informal. Em relação às instituições de microcrédito 66,67% acreditam que esse mercado financeiro da região de Puno é bom e 22,22% afirmam que é regular e por unanimidade afirmaram que essa é uma alternativa para reduzir a pobreza. Quanto ao capital de giro dos tomadores esse é menor que 100 dólares mensais e os tomadores não possuem garantias para empréstimos maiores caracterizando seus empreendimentos como de pequeno porte; 63,34% afirmam que o microcrédito incrementa a informalidade e 68% das instituições de microcrédito não conhecem a metodologia de “Grameen Bank”. A principal dificuldade das instituições de microcrédito para ter acesso ao mercado da região de Puno é o desconhecimento financeiro por parte dos tomadores das instituições de microcrédito; 48% deles afirmaram que a renda incrementa-se em média 25%, após o empréstimo.
Titre en espanès
El microcrédito como instrumento de reducción de la pobreza: un estudio de caso de la región de Puno - Perú
Mots-clés en espanès
Administración financiera
Pobreza
Puno (Perú)
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
MicrocreditThese.pdf (3.74 Mbytes)
Date de Publication
2008-01-10
 
AVERTISSEMENT: Le matériau se réfère à des documents provenant de cette thèse ou mémoire. Le contenu de ces documents est la responsabilité de l'auteur de la thèse ou mémoire.
  • MATIAS, A. B., et al. Fontes de financiamento de organizações de microcrédito sem fins lucrativos: um estudo comparativo entre Brasil, Chile e Peru. In XXXIX CLADEA - Conselho Latino-Americano das Escolas de Administração, Puerto Plata, 2004. XXXIX CLADEA - Conselho Latino-Americano das Escolas de Administração., 2004.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
Centro de Informática de São Carlos
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2021. Tous droits réservés.