• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Jose Flavio Motta
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1990
Orientador
Banca examinadora
Costa, Iraci Del Nero da (Presidente)
Luna, Francisco Vidal
Nozoe, Nelson Hideiki
Queiroz, Suely Robles Reis de
Samara, Eni de Mesquita
Título em português
Corpos escravos, vontades livres: estrutura da posse de cativos e família escrava em um núcleo cafeeiro (bananal, 1801-1829)
Palavras-chave em português
Demografia
Escravidão
História do Brasil
Sociedade
Resumo em português
A introdução e rápida disseminação da lavoura cafeeira- e uma evolução demográfica marcada pela entrada maciça de es cravos constituem elementos fundamentais do desenvolvimento da localidade valeparaibana paulista de Bananal nas décadas iniciais do século dezenove. Tendo como pano-de-fundo o mú tuo condicionamento existente entre aqueles elementos, este trabalho vota-se ao estudo de dois temas basilares da econo mia e da demografia da escravidão: a estrutura da posse de cativos e a família escrava, Com base nas listas nominativas de habitantes, em espe cial as referentes a 1801, 1817 e 1829, observa-se que a es- ' trutura da posse de cativos e a família escrava evoluíram de forma interligada no decurso do período considerado. Mais ainda, o desenvolvimento demo-economico de Bananal imprimiu àquela evolução um ritmo marcado pelo dinamismo. Em meio a esse dinamismo, no relacionamento recíproco entre estrutura de posse e família escrava, a influência maior foi sempre e- xercida pelo primeiro desses elementos. De fato, nos primei ros lustros dos Oitocentos, a família escrava foi como que arrebatada pelo turbilhão cafeeiro. Não obstante, as rela - ções familiares entre os cativos não desaparecem de todo e, inclusive, parecem estar prestes a vivenciar uma fase menos - adversa, à medida que a cafeicultura trilha seu caminho direção a uma agricultura de plantation.
Título em inglês
Slave bodies, free wills: captive structure and slave family in a coffee core (Bananal, 1801-1829)
Palavras-chave em inglês
Brazilian history
Demography
Slavery
Society
Resumo em inglês
The introduction and fast dissemination of coffee farm- ing and a demographic evolution characterized by a massive entrance of slaves were basic elements in the development of Bananal, a settlement in Vale do Paraíba Paulista, the first decades of the nineteenth century. Having as under lying theme the mutual conditioning between these two ments, this work examines two major topics in the economics and demography of slavery: slaveholding structure and slave family. during ele Based on Listas nominativas de habitantes, especially those for the years 1801, 1817 and 1829, this work tains that the slaveholding structure and the slave family in Bananal evolved in an interconnected way during the peri- od examined. Moreover, the demo-economic development of Bana nal set a dynamic pace for that evolution. In this dynamic development, the slaveholding structure always had more fluence than the slave family in the mutual conditioning be tween these two elements. In fact, it was as if the slave family had been caught in the whirlwind of coffee farming in the early nineteenth century. Notwithstanding, the slave fam ilies do not disapear; indeed, it seems that they are about to experience less adverse times as coffee farming develops towards plantation agriculture.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
teseflaviomotta.pdf (15.30 Mbytes)
Data de Publicação
2019-10-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.