• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2016.tde-23112016-110904
Documento
Autor
Nome completo
Victor Magalhães Cezarini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Rocha, Fabiana Fontes (Presidente)
Bender, Siegfried
Schwartsman, Alexandre
Teles, Vladimir Kühl
Título em português
Sobre os determinantes das taxas de juros dos títulos soberanos : um estudo em painel para os países emergentes
Palavras-chave em português
Cointegração em painel
Fatores externos
Fundamentos internos
Política fiscal
Raiz unitária em painel
Taxa de juros
Resumo em português
O objetivo desse trabalho é analisar a influência que fundamentos internos e fatores externos exercem sobre a taxa de juros nominal dos títulos soberanos de longo prazo nos países emergentes. A base de dados engloba 13 países ao longo de 33 trimestres entre 2006 e 2014. A metodologia utilizada aborda as técnicas econométricas mais recentes para tratar dados macroeconômicos. O modelo estimado é o Pooled Mean Group desenvolvido por Pesaran, Shin e Smith (1999). O modelo consegue separar as variáveis que afetam o nível de equilíbrio da taxa de juros das que exercem efeito apenas no curto prazo. Na melhor especificação apresentada, os resultados indicam que as variáveis que causam flutuações de curto prazo na taxa de juros dos países emergentes são a taxa de juros livre de risco (+0,3), a taxa de curto prazo (+0,4) e o déficit do governo americano (+0,1). Já as variáveis que afetam o nível de equilíbrio são a taxa de juros livre de risco (+0,5), a aversão ao risco dos investidores (+0,1), o saldo em conta corrente (-0,3), a inflação (+0,1), a abertura econômica (-0,04) e a dívida bruta (efeito positivo não linear). Por fim, ao analisar exclusivamente o caso brasileiro, nosso modelo indica que se o país tivesse mantido os fundamentos internos em linha com a média dos outros emergentes desde o final de 2006, o Brasil iria chegar ao final de 2014 com uma taxa de juros nominal de longo prazo de 6,1%, 6 p.p. abaixo do valor efetivamente observado que foi de 12,1%.
Título em inglês
About the determinants of sovereign bond yields a panel data study for emerging markets
Palavras-chave em inglês
External factors
Fiscal policy
Internal fundamentals
Panel cointegration
Panel unit root
Sovereign bond yields
Resumo em inglês
The aim of this study is to analyze the influence that internal fundamentals and external factors have on long-term sovereign bond yields in emerging markets. The database covers 13 countries over 33 quarters between 2006 and 2014. The methodology addresses the latest techniques to deal with macro panels, such as panel unit root and panel cointegration tests. The estimated model is the Pooled Mean Group developed by Pesaran, Shin e Smith (1999). This model can separate the variables that affect the interest rate equilibrium from the ones that only have an effect in the short-run. In the best specification presented, the results indicates that in the short-run the variables that affects the interest rates in emerging markets are the risk free interest rate (+0.3), the short term interest rate (+0.4) and the American government deficit (+0.1). The variables that affects the equilibrium level are the risk free interest rate (+0.5), risk aversion (+0.1), current account balance (-0.3), inflation (+0.1), trade openness (-0.04) and gross debt (non-linear positive effect). Finally, by examining only the Brazilian case, our model indicates that if the country had maintained the internal fundamentals in line with the average of other emerging markets since the end of 2006, Brazil would reach the end of 2014 with a long-term interest rate of 6.1%, 6 p.p. below the actual value of 12.1%.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-12-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.