• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2012.tde-17122012-114653
Documento
Autor
Nome completo
João Bevilaqua Teixeira Basto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Madeira, Gabriel de Abreu (Presidente)
Rodrigues Junior, Mauro
Santos, Daniel Domingues dos
Título em português
Choques climáticos, crédito e poupança no Brasil, uma análise empírica
Palavras-chave em português
Análise empírica
Caderneta de poupança
Crédito
Depósitos de poupança
Risco - Aspectos econômicos
Resumo em português
Esse trabalho tem como objetivo verificar se o sistema bancário brasileiro protege indivíduos contra os choques transitivos de renda. Por meio de experimentos e avaliação empírica, em pequenas regiões, a literatura tenta explicar como arranjos informais podem contornar os problemas de crédito causados por falhas informacionais e de comprometimento limitado. No entanto, falha em avaliar choques que afetam uma região geográfica ampla já que esses são comportados apenas por bancos. Através de um modelo de dois estágios com variação de renda instrumentalizada por variáveis climáticas, analisamos se existe um efeito significante entre os choques e as contas de crédito das instituições formais. Verificamos que os agentes usam poupança como meio principal de suavizar seu risco intertemporal. As contas de crédito, entretanto possuem um efeito distinto em municípios com mais desenvolvimento financeiro do que aqueles com menos. Isso indica que possuímos uma restrição de crédito para parte da população, deixando-a exposta ao seu risco.
Título em inglês
Climate shock, credit and savings in Brazil an empirical analysis
Palavras-chave em inglês
Credit
Empirical analysis
Risk
Savings deposits
Resumo em inglês
This work aims to verify whether the Brazilian banking system protects individuals against transitive income shocks. Through experiments and empirical evaluation in small regions, literature tries to explain how informal arrangements can overcome credit problems caused by informational failures and limited commitment. But they fail to evaluate shocks that affect a broad geographic region that can only be dealt with banks. Through a two-stage model with varying income instrumentalized by climatic variables, we analyze whether there is a significant effect between shocks and credit accounts of formal institutions. We verify that agents use savings as the primary means of smoothing their intertemporal risk. The credit accounts however have a distinct effect in counties with more financial development than the ones with the least. This indicates that we have a credit crunch for a portion of the population, leaving it exposed to their risk.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-01-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.