• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.12.2022.tde-16092022-202115
Documento
Autor
Nome completo
Caio Pedro de Almeida Silva Castro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2022
Orientador
Banca examinadora
Corbi, Raphael Bottura (Presidente)
Menezes Filho, Naercio Aquino
Sampaio, Breno Ramos
Soares, Rodrigo Reis
Título em inglês
Liquidity and mortality of low-wage workers: evidence from wage allowances in Brazil
Palavras-chave em inglês
Consumption smoothing
Liquidity constraints
Mortality
Resumo em inglês
We study whether workers in Brazil likely to be liquidity-constrained experience more fatal events in the week they receive a payment when compared to other weeks. Using restricted access data and leveraging a federal transfer program (Abono Salarial) with quasi-random payment date assignment for identification, we find that weeks of payment have over 9.5\% more mortality counts for the group being paid than other weeks, when compared to individuals not being paid in such week, with results being estimated by a Poisson regression. Using a Regression Discontinuity Design, we estimate an increase of 10 p.p. in the probability of dying in the 15 days following payment versus dying any other day for those marginally eligible, when compared to those almost eligible. These results are concentrated in causes of death more intimately related to economic activity, and stem from individuals in municipalities more likely to be credit constrained.
Título em português
Liquidez e mortalidade de trabalhadores de baixa renda: evidências do abono salarial no Brasil
Palavras-chave em português
Mortalidade
Restrições à liquidez
Suavização de consumo
Resumo em português
O presente trabalho visa estudar se trabalhadores Brasileiros que provavelmente enfrentam restrições de liquidez experimentam mais eventos fatais acontecendo na semana em que recebem um pagamento, quando comparado à outras semanas. Utilizando dados de acesso restrito, e aproveitando um programa federal de transferência de renda (Abono Salarial), encontra-se que semanas de pagamento possuem aproximadamente 9.5% mais mortes para o grupo que recebe o benefício do que outras semanas, quando comparado a indivíduos que não recebem nesta semana, usando uma regressão de Poisson. Usando uma Regressão Descontínua, estimamos um aumento de 10 pontos percentuais na probabilidade de morte nos 15 dias seguintes ao pagamento versus morte em qualquer outro dia para trabalhadores marginalmente elegíveis, quando comparados a não elegíveis por pouco. Estes resultados são concentrados em causas de morte mais intimamente relacionadas ao nível de atividade econômica e indivíduos que moram em municípios mais prováveis de enfrentarem restrições de acesso ao crédito.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-09-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.