• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.12.2014.tde-02062014-180339
Documento
Autor
Nombre completo
Ana Paula Capuano da Cruz
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2014
Director
Tribunal
Frezatti, Fabio (Presidente)
Aguiar, Andson Braga de
Casado, Tania
Guimarães, Tomas de Aquino
Tonelli, Maria Jose
Título en portugués
Estilo de liderança, sistema de controle gerencial e inovação tecnológica: papel dos sistemas de crenças, interativo, diagnóstico e de restrições
Palabras clave en portugués
Alavancas de controle
Contabilidade gerencial
Estilo de liderança
Inovações tecnológicas
Sistema de controle gerencial
Resumen en portugués
Esta pesquisa investiga a relação entre estilo de liderança, definição de uso do sistema de controle gerencial (SCG) e inovação tecnológica. Fundamentado nas lideranças transformacional e transacional (Bass, 2008) e no modelo de alavancas de controle de Simons (1995a), este estudo explora o estilo de liderança como um antecedente da definição de uso do sistema de controle gerencial e o papel de seus diferentes tipos de uso (sistemas de crenças, interativo, diagnóstico e de restrições) na inovação tecnológica. A partir de um levantamento realizado com questionário eletrônico, os achados obtidos geram contribuições relevantes para a pesquisa em controle gerencial, ainda que não possam ser atribuídos de maneira generalizada, mas sim em relação a uma amostra de 164 empresas, a maioria de grande porte. Com emprego da técnica de modelagem de equações estruturais, foram encontradas evidências de que a liderança transformacional é um antecedente do uso interativo do SCG e do sistema de crenças. Este achado demonstra que o líder transformacional confere significado ao sistema de crenças e seu comportamento cria condições para que as informações geradas pelo SCG sejam revistas, questionadas e discutidas entre os membros da organização, favorecendo a identificação de estratégias emergentes. Os achados também indicam que os sistemas de crenças, interativo e de restrições influenciam positivamente a inovação tecnológica. Significa que três, dos quatro tipos de usos previstos por Simons (1990, 1991, 1995a), afetam a inovação, ou seja, as empresas que buscam inovar em seus produtos e processos devem investir: (i) na comunicação de valores e objetivos relacionados à inovação, (ii) em discussões que envolvam diferentes áreas e membros do negócio, considerando inclusive a possibilidade de interagir com agentes externos à empresa, e ainda, (iii) no estabelecimento de limites que especifiquem um campo de ação para os colaboradores, fornecendo foco e gerando condições para que as ações pretendidas sejam desenvolvidas. Os achados também confirmam que o setor econômico influencia a inovação tecnológica. Não foram obtidas evidências empíricas que suportem a hipótese de que a liderança transacional seja um antecedente da definição de uso dos sistemas diagnóstico e de restrições. Esperava-se que a liderança transacional tivesse influência, de alguma forma, sobre tais sistemas pelo fato de suas propostas serem condizentes com uma perspectiva de gestão mais rígida. Contudo, para a amostra analisada, isso não foi confirmado. A hipótese de que a definição de uso do sistema de controle diagnóstico influencia positivamente a inovação tecnológica também não foi confirmada, sugerindo que a inovação não está plenamente integrada ao SCG das organizações pesquisadas. Este achado indica que as empresas precisam melhorar seus modelos de gestão para que possam formalizar metas e objetivos específicos sobre inovação e identificar desvios em relação à estratégia pretendida. Em síntese, esta pesquisa expande o conhecimento sobre controle gerencial indicando as formas que as organizações fazem uso do SCG para promover a inovação e obter renovação estratégica.
Título en inglés
Leadership style, management control system and technological innovation: the role of beliefs, interactive, diagnostic and boundaries systems
Palabras clave en inglés
Leadership style
Levers of control
Management control system
Technological innovation
Resumen en inglés
This research investigates the relationship between leadership style, definition of management control system (MCS) use and technological innovation. Based on transformational and transactional leadership (Bass, 2008) and on the Simons' (1995) levers of control model, this study explores leadership style as an antecedent of the definition of management control system use and the role of its different use types (beliefs, interactive, diagnostic and boundary systems) on technological innovation . From an electronic questionnaire survey, the findings obtained generate relevant contributions in management control research, even though they may not be assigned a generalized way, but in relation to a sample of 164 organizations, mostly large. With use of the technique of structural equation modeling, evidence that transformational leadership is an antecedent of the interactive use of the MCS and beliefs system were found. This finding demonstrates that the transformational leader gives meaning to the belief system and his behavior creates conditions so that the information generated by the MCS are reviewed, questioned and discussed among members of the organization, facilitating the identification of emergent strategies. The findings also indicate that the belief systems, interactive and boundary positively influence technological innovation. It means that three of the four types of uses provided by Simons (1990, 1991, 1995a) affect innovation, in other words, organizations seeking to innovate in its products and processes should invest : (i) in the communication of values and goals related to innovation, (ii) in discussions involving different areas and members of the business, including considering the possibility of interacting with external agents, and also (iii) in the establishment of boundaries that specify a field of action for employees, providing focus and creating conditions for the intended actions to be developed. The findings also confirm that the economic sector influences technological innovation. No empirical evidence supporting the hypothesis that the transactional leadership as an antecedent of the definition of use of diagnostic and boundaries systems were obtained. It was expected that transactional leadership had influence in some way, on such systems because their proposals are consistent with the prospect of tighter management. However, for the sample analyzed, it was not confirmed. The hypothesis that the definition of diagnostic control system use positively influences technological innovation was also not confirmed, suggesting that innovation is not fully integrated into the MCS of the surveyed organizations. This finding indicates that companies need to improve their management models to enable them to formalize specific goals and objectives on innovation and identify deviations from the intended strategy. In summary, this study expands the knowledge in management control indicating the ways in which organizations use their MCS to promote innovation and obtain strategic renewal.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2014-06-23
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.