• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2012.tde-02052012-205410
Documento
Autor
Nome completo
Manoel Raimundo Santana Farias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Martins, Gilberto de Andrade (Presidente)
Bianchi, Ana Maria Afonso Ferreira
Cornacchione Junior, Edgard Bruno
Plastino, Caetano Ernesto
Severino, Antonio Joaquim
Título em português
Desenvolvimento científico da contabilidade: uma análise baseada na epistemologia realista da ciência
Palavras-chave em português
Ciências Sociais
Contabilidade
Epistemologia
Pesquisa científica
Resumo em português
O principal objetivo deste estudo foi avaliar se o estágio de desenvolvimento científico da contabilidade permite afirmar que a área possui o status de ciência social. A hipótese avaliada foi que a área atende parcialmente as condições para ser uma ciência, o que sugere a tese de que a contabilidade é uma semiciência, o primeiro de três estágios de evolução científica de uma disciplina. O segundo e terceiro estágios são, respectivamente, ciência emergente e ciência madura. O estudo foi baseado na epistemologia realista da ciência. Para fundamentar a hipótese, a tese e a caracterização das condições necessárias para que uma área possua o status de ciência foi utilizado um quadro teórico com as seguintes variáveis: comunidade de pesquisa; suporte da sociedade; domínio do discurso; visão filosófica realista; conhecimento formal; conhecimento obtido de outras ciências; natureza cognitiva dos problemas de pesquisa; conhecimento acumulado; busca de leis e regularidades; e método científico. O desenvolvimento científico foi avaliado a partir da análise dos 299 artigos mais influentes da pesquisa contábil em âmbito internacional, em 42 anos, no período de 1968 a 2009, de acordo com o Social Science Citation Index - SSCI do banco de dados Web of Science do Institute for Scientific Information - ISI/Web of Knowledge. Como apoio na análise do conteúdo dos artigos foi utilizado o software de análise de dados NVIVO 9.2 da QSR International. Os resultados gerais obtidos na análise dos artigos indicaram que das 21 universidades com mais de 10 artigos, as 20 primeiras são dos Estados Unidos e a 21ª é da Inglaterra. Os autores mais influentes, sem considerar participação como coautor, são respectivamente, Ray BALL; Patrícia M. DECHOW; Jennifer FRANCIS; Mark L. DEFOND; e Mark LANG. Do total dos artigos, 142 foram pesquisas empíricas envolvendo testes de hipóteses; 16 avaliaram os métodos e objetivos das pesquisas; 94 desenvolveram e testaram novas hipóteses; 7 construíram quadros teóricos; 13 construíram modelos teóricos. As teorias que fundamentaram as pesquisas foram amplamente oriundas da economia. Também tiveram teorias da Psicologia; do Direito; da Sociologia e da Administração, entre outras. Foram identificadas 12 linhas e temas de pesquisa. Na avaliação das variáveis do referido quadro teórico constatou-se que as pesquisas contábeis não às atenderam totalmente, mas parcialmente. Tais evidências levaram a conclusão de que o status científico da contabilidade vai além de uma disciplina voltada apenas a objetivos tecnológicos em que as pesquisas servem para avaliar a eficácia de certos procedimentos ou meios para obterem-se determinados fins. Isso sugere que a área está evoluindo cientificamente rumo a uma ciência social, mas ainda em estágio semicientífico. Como pesquisas futuras sugerem-se, entre outras: a realização de pesquisas aprofundadas sobre a influência isolada de cada variável, antes referenciadas, na evolução ou na estagnação científica da contabilidade; e pesquisas sobre a influência de variáveis psicológicas, sociológicas e históricas no desenvolvimento científico da área.
Título em inglês
Accounting scientific development: an analysis based on realistic epistemology of science
Palavras-chave em inglês
Accounting
Epistemology
Scientific research
Social science
Resumo em inglês
The main objective of this study was to evaluate if the stage of accounting scientific development allows us to assert that the area has a social science status. The hypothesis evaluated was that the area partially attends the conditions to be a science, what suggests the thesis that accounting is a "semiscience", the first of three stages of a subject scientific evolution. The second and the third stages are, respectively emerging science and mature science. The study was based on realistic epistemology of science. To stablish the hypothesis, the thesis and the characterization of the necessary conditions to consider an area to have a science status, it was used a theoretical frame with the following variables: research community, social support, discourse dominion, realistic philosophical view, formal knowledge, knowledge obtained from other sciences, cognitive nature of research problems, accumulated knowledge, search for laws and regularities, and scientific method. The scientific development was evaluated from the analysis of the 229 most influent international accounting research articles in 42 years, in the period of 1968 to 2009, according to the Social Science Citation Index - SSCI Web of Science do Institute for Scientific Information - ISI/Web of Knowledge database. As a support to the analysis of the articles content NVIVO 9.2 da QSR International data analysis software was used. The general results indicate that 20 out of the 21 universities which have more than 10 articles are from the Unites States, and the 21st is from England. The most influent authors, excluding the participation as co-author, are respectively, Ray BALL; Patrícia M. DECHOW; Jennifer FRANCIS; Mark L. DEFOND; and Mark LANG. From all the articles investigated, 142 were empirical research involving hypothesis tests; 16 evaluated the methods and objectives of the researches; 94 developed and tested new hypothesis; 7 constructed theoretical frames; 13 constructed theoretical models. The theories which grounded the researches came from economy. There had also been theories from Psychology, Law, Sociology and Administration, among others. Twelve (12) research lines and themes had been identified. The evaluation of the variables from the theoretical frame, it was noted that accounting research do not fully attend them, but only partially. These evidences drove to the conclusion that accounting scientific stage goes beyond a discipline that deals with technological objectives in which the research is used to evaluate the efficiency of certain proceedings or ways to obtain certain ends. It suggests that the area is still in scientific development towards a social science, but in a "semiscientific" stage yet. As future research, we suggest, among others: the deep investigations about the isolated influence of each variable; and investigations on the influence of psychological, sociological and historical variables on the area's scientific development.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-05-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.