• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Doctorat
DOI
10.11606/T.11.2011.tde-14022012-104542
Document
Auteur
Nom complet
João Dagoberto dos Santos
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
Piracicaba, 2012
Directeur
Jury
Kageyama, Paulo Yoshio (Président)
Caron, Dalcio
Ferraz, Jose Maria Gusman
Mattos, Luciano Mansor de
Queda, Oriowaldo
Titre en portugais
Desenvolvimento rural, biodiversidade e políticas públicas. Desafios e antagonismos, no Pontal do Paranapanema-SP
Mots-clés en portugais
Agricultura familiar
Biodiversidade
Desenvolvimento rural
Políticas públicas
Sustentabilidade
Resumé en portugais
O entendimento atual sobre os diversos significados do termo e do conceito de sustentabilidade talvez seja um dos debates mais calorosos na sociedade contemporânea, tendo em vista que simplesmente discutir o que vem a ser sustentável requer um mínimo de revisões de princípios, práticas e crenças, pode ser trabalhoso e pode contrariar interesses imediatos, gerando disputas e conflitos. A sociedade evolui de maneira geral na constatação e percepção de que, se forem mantidos os atuais padrões de consumo e de replicação cultural e social, os recursos naturais, dos quais depende diretamente a viabilidade de nosso modo de vida, não serão mais capazes de suprir nossas demandas. Os pressupostos dessa relação insumo versus consumo, principalmente embasados por diversas teorias econômicas, cada dia mais se mostram insuficientes para encontrar equações que apontem soluções de equilíbrio e continuidade dentro do atual ritmo de crescimento e de desenvolvimento das sociedades contemporâneas. A busca por um ponto de estabilidade ou o que se denominou de sustentabilidade passou a incorporar praticamente todas as ações e setores da sociedade e, em especial, no que se refere ao meio rural. Nas últimas décadas, as políticas e dinâmicas relacionadas ao meio rural sofreram grandes transformações. Tanto a academia como a sociedade em geral passaram a enxergar e estudar o campo com novas significações e atribuições, que de maneira geral e histórica são conflitantes mas que simultaneamente oferecem um leque muito maior de oportunidades para novas reinterpretações Entender de que modo os conceitos e as políticas públicas relacionadas ao desenvolvimento rural no Brasil bem como as políticas para a conservação e gestão da biodiversidade nas paisagens rurais, nas últimas três décadas, evoluíram no país e sem deixar de lado a tentativa de constatar que, historicamente, representam uma situação de conflitos e antagonismos, foi o objetivo desse estudo. Dentro desse contexto esse trabalho foi dividido em cinco partes. As partes I, II ,III e IV consistiram numa base teórica e conceitual. Para tanto realizou-se uma ampla e sistemática revisão bibliográfica com o intuito de construir marcos referencias e compreender como, no tempo, novos conceitos foram sendo incorporados às teorias de desenvolvimento, acrescentando os tão propalados preceitos da sustentabilidade. Na parte V desse exercício foram analisadas mais de quatro mil publicações sobre as quais foi possível traçar um panorama e tendências da pesquisa sobre o assunto no Brasil e de que forma a produção científica tem apontado novos caminhos para o desenvolvimento rural sustentável no Brasil e a realização de um estudo de caso, onde foram confrontadas as ações e implicações das políticas publicas. Na Parte VI são apresentados os resultados, fora realizado um estudo de caso num território essencialmente rural, o Pontal do Paranapanema (SP), onde os elementos do atual conflito e campo de disputa entre os diferentes modelos de agricultura e desenvolvimento rural foram exemplificados, evidenciando e corroborando com a hipótese desse trabalho de que as atuais políticas públicas direcionadas ao desenvolvimento rural são conflitantes e antagônicas à gestão e conservação da biodiversidade na paisagem rural. Na parte VII são feitas considerações finais do trabalho.
Titre en anglais
Rural Development,Biodiversity and Public Policy.Challengs and contradictions, in the Pontal do Parnapanema-SP
Mots-clés en anglais
Biodiversity
Family Agriculture
Public Policy
Rural Development
Sustainability
Resumé en anglais
The current understanding about the various meanings of the term and the concept of sustainability is perhaps one of the most heated debates in contemporary society, considering that the discussion about what means to be sustainable requires a minimum review of principles, practices and beliefs, and can counter immediate interests and generate disputes and conflicts. Society evolves realizing that if we keep current patterns of consumption, and the cultural and social replication of these patterns, natural resources will no longer be able to supply our demands. The assumptions of this relationship (inputs versus consumption), mainly by various economic theories, are not sufficient to find solutions within the current process of development of contemporary socities. The search for a point of stability or what is called sustainability came to include all activities and sectors of modern society, and in particular regarding to rural areas. In recent decades, the politics and dynamics related to rural areas have been strongly transformed. Both academy and society, in general, began to see study the rural areas with new meanings and functions, which in general are conflicting, but offer a wider range of opportunities for new interpretations. The aim of this study was to understand how the concepts and policies related to rural development is Brazil and the conservation and management of biodiversity evolved in the last three decades. Within this context the study was divided into five parts. The first three parts consisted of the construction of a conceptual and theoretical basis. For this, a large literature review was surveyed, in orders to build frameworks and to understand how new concepts have been incorporated into theories of development, thinking about the principles of sustainability. More than four thousand publications were analyzed to understand and describe the trends in scientific research bout rural development and public policies, concerning to biodiversity, in Brazil, and, also, how the scientific production has pointed out new paths for sustainable rural development in the country. Moreover, a study case was carried out, in an important rural area (Pontal do Paranapanema SP), where elements of the current conflict between different models of agriculture and rural development have been illustrated. This study case confirms the hypothesis that current public polices, concerned to rural development, are confliting and contrary to the management and conservation of biodiversity.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2012-02-24
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
Centro de Informática de São Carlos
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2022. Tous droits réservés.