• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2016.tde-08112016-180703
Documento
Autor
Nome completo
Eimi Arikawa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2016
Orientador
Banca examinadora
Batista, João Luis Ferreira (Presidente)
Gandolfi, Sergius
Gorenstein, Mauricio Romero
Título em português
Aplicação da amostragem por interceptação por linha no levantamento de Floresta Estacional Semidecidual
Palavras-chave em português
Arvoredos
Ecounidades
Inventário florestal
Levantamento ecológico
Levantamento florestal
Line intercept sampling
LIS
Mosaico Florestal
Resumo em português
A floresta é construída por manchas de diferentes idades, cujos indivíduos têm estrutura semelhantes e idade aproximada, formando um mosaico florestal, relatando a ideia de padrão e processo. Portanto o conjunto de árvores com mesmo padrão de estrutura que pode ser definida e descritível é chamada de ecounidade ou arvoredo natural. Realizar o levantamento de florestas naturais é um desafio por conta da diversidade e complexidade natural do sistema. O Método de Amostragem por Interceptação por Linhas é um método versátil onde linhas são lançadas na área e todo elemento interceptado é amostrado. As estimativas têm como base a probabilidade que o objeto é interceptado, e qualquer atributo do arvoredo pode ser usado como variável aleatória. Neste estudo são amostrados os arvoredos naturais, e as variáveis de interesse são: diâmetro à altura do peito (DAP), número de indivíduos, área basal e volume. Primeiramente foram determinadas características de identificação dos arvoredos principalmente com base nos elementos: densidade de árvores, densidade de sub-bosque, cipós lenhosos e herbáceos, sendo que estas características eram avaliadas em conjunto. Na E. E. de Caetetus, onde a floresta é mais conservada, a identificação foi fácil, sendo que as características seguiam os padrões, porém, em Mombuca, a identificação foi mais difícil, provavelmente devido ao constante e intenso distúrbio antrópico, que não tem padrão. Por isto em áreas mais degradadas é necessário identificar outras características que possam auxiliar na descrição dos tipos de arvoredos. Foram tomadas 6 medidas das distâncias do centro do arvoredo até o seu limite, com 60o entre elas, a fim obter o formato e dimensões. Todas as árvores contidas neste hexágono tiveram seu DAP medido. Ao nível de arvoredo, as análises sobre DAP médio, e DAP máximo indicam conservação dos processos ecológicos na E. E. de Caetetus, porém em Mombuca o padrão é diferente. Há desordem do DAP médio dos arvoredos, de acordo com o tipo de arvoredo que foi classificado, e portanto, com o estágio sucessional que se encontra, e há descontinuidade da distribuição diamétrica. Estes dados encontrados podem ser um indicativo de degradação ou baixa conservação da floresta estudada. O estimador usado foi o diâmetro médio do arvoredo, o qual foi estimado o número de indivíduos, área basal e volume por hectare. Os valores encontrados foram próximos a de outro trabalho em mesmo tipo de vegetação e os dados da E. E. de Caetetus foram comparados com os valores do censo realizado nas parcelas permanentes, os quais foram próximos. Pelo fato de este trabalho ter sido uma amostragem piloto para testar o método, o número de unidades de amostras foi baixo, comprometendo as análises, portanto para os próximos estudos, é recomendado que a intensidade amostral seja maior. Pela eficácia da coleta de dados em campo, e a utilização da amostragem por interceptação de linha, foi possível obter alguns resultados que sugerem que o método é promissor, sendo adequado para levantamentos de florestas naturais. É necessária uma refinação do método, além do teste em outras fisionomias, para que as estimativas possam ser mais precisas, com amostras maiores.
Título em inglês
Application of the line interception sampling in semideciduous forest survey
Palavras-chave em inglês
ecologial survey
ecounit
forest inventory
forest mosaic
forest survey
Line interspet sampling
tree cluster
Resumo em inglês
The forest is built by patches of different ages, whose individuals have similar structure and approximate age , forming a forest mosaic, reporting standard idea and process. Therefore the set of trees with the same pattern structure that can be defined and describable are called natural ecounits or tree clusters. To survey natural forest is a challenge because of the diversity and complexity of the natural system. The Line Interception Sampling Method is a versatile method where lines are thrown in the area and all intercepted element is sampled. The estimates are based on the probability that the object is intercepted, and any trees attribute can be used as a random variable. In this study the natural tree clusters were sampled, and the variables of interest were: diameter at breast height (DBH), number of individuals, basal area and volume. First it was determined the identification characteristics of the tree clusters, that were mainly based on elements, as density of trees, understory density, herbaceous and woody vines. These characteristics were evaluated together. In E. E. Caetetus, where the forest is more conserved, identification was easy, and the characteristics of the standards were followed, but in Mombuca identification was difficult probably due to the constant and intense anthropogenic disturbances that have no standard. So, in the most degraded areas it is necessary to identify other characteristics that may assist in the description of the types of tree clusters. 6 were distance measures were taken from the tree cluster center to its limit, with 60° between them, in order to obtain its shape and dimensions. All trees in this hexagon had their DAP measured. At tree cluster level, the analysis of average DAP, maximum DAP indicate conservation of ecological processes in E. E. Caetetus, but in Mombuca the pattern is different. There is DAP average disorder among the tree clusters, according to the type of trees that were classified, and therefore to the successional stage it is in, and there is discontinuity of the diametric distribution. These data can be found as indication of degradation or low conservation of forest studied. The estimator used was the average diameter of the tree cluster, from which it was estimated the number of individuals, basal area and volume per hectare. The values were close to other work in the same type of vegetation and the data of E. E. Caetetus was compared with the values of the census conducted in permanent plots, which were close. Because of this work was a pilot sampling to test the method, the number of sampling units was low, compromising the analysis, so for the next studies it is already recommended that the sampling intensity is greater. The effectiveness of data gathering in the field, and the use of sampling line interception made it possible to get some results suggesting that the method is promising and is suitable for natural forest surveys. It is necessary to refine the method, and calibration in other physiognomies so that the estimates would be more accurate.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-12-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.