• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2013.tde-21082013-141117
Documento
Autor
Nome completo
Renata Morelli de Andrade
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2013
Orientador
Banca examinadora
Bento, José Maurício Simões (Presidente)
Arthur, Valter
Nava, Dori Edson
Paranhos, Beatriz Aguiar Jordão
Yamamoto, Pedro Takao
Título em português
Produção em grande escala do parasitoide Diachasmimorpha longicaudata (Hymenoptera: Braconidae) em larvas hospedeiras de Anastrepha fraterculus e Ceratitis capitata (Diptera: Tephritidae) linhagem mutante tsl-V
Palavras-chave em português
Controle biológico
Moscas-dasfrutas
Produção de insetos
Radioentomologia
Resumo em português
No mundo todo, o manejo integrado de moscas-das-frutas é feito com associação do controle biológico aplicado e técnica do inseto estéril. Além da boa eficiência no campo, a associação dessas técnicas é também favorecida pelo fato de ambos os organismos, insetos estéreis e parasitoides, poderem ser produzidos massalmente na mesma fábrica com menor custo. Visando à produção massal do parasitoide de moscas-das-frutas Diachasmimorpha longicaudata e de insetos estéreis para atender a programas de manejo integrado de Ceratitis capitata e Anastrepha fraterculus, o presente trabalho foi desenvolvido no Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA), da Universidade de São Paulo, entre os anos de 2006 a 2012. Durante esse período, metodologias de criação em laboratório foram implementadas e permitiram o desenvolvimento da tecnologia necessária para a produção desses insetos em grande escala no Brasil. Dados de 25 gerações do parasitoide produzido em grande escala em C. capitata tsl-Viena 8 e 51 gerações em A. fraterculus, bem como os efeitos e diferenças desses hospedeiros na qualidade do parasitoide foram analisados. É possível criar o parasitoide D. longicaudata em ambos os hospedeiros, C. capitata linhagem tsl-Viena 8 e A. fraterculus, entretanto essa linhagem de C. capitata não é indicada para produção massal do parasitoide, pois a emergência é muito baixa devido à debilidade do hospedeiro, possivelmente acarretada pelas manipulações genéticas que permitem a sexagem da mosca na fase embrionária. Caso essa seja a linhagem com melhor custo/ benefício disponível, recomenda-se o uso de larvas hospedeiras oriundas de ovos tratados termicamente para a produção do parasitoide. A criação em grande escala de A. fraterculus foi estabelecida com sucesso após o período de domesticação da espécie, obtendo-se larvas de boa qualidade com baixo custo, devido à dieta larval com baixa concentração de ágar e total uso de ingredientes nacionais nas dietas de adultos e larvas, por mais de 50 gerações. O uso de larvas irradiadas de A. fraterculus para a produção de D. longicaudata promove maior emergência do parasitoide, com maior quantidade e melhor qualidade de fêmeas que larvas de C. capitata.
Título em inglês
Large-scale production of the fruit fly parasitoid Diachasmimorpha longicaudata (Hymenoptera: Braconidae) using Anastrepha fraterculus and Ceratitis capitata (Diptera: Tephritidae) tsl-Vienna 8 strain as hosts
Palavras-chave em inglês
Biological control
Fruit flies
Mass rearing
Sterile Insect Technique
Resumo em inglês
The integrated management of fruit flies is worldwide done with the association of augmentative biological control with parasitoids and the sterile insect technique. Beyond the efficiency in the field, the joint of both techniques is also favored by the easy production of organisms, both parasitoids and sterile insects, in the same facility with low costs. Aiming for the mass production of the fruit fly parasitoid Diachasmimorpha longicaudata and sterile insects to support integrated management programs for Ceratitis capitata and Anastrepha fraterculus, this work was developed at the Center of Nuclear Energy in Agriculture (CENA) of the University of São Paulo, between 2006 and 2012. Along this period, laboratory rearing methods were improved which allowed the development of the required technology for a large scale production of those insects in Brazil. Data of 25 generations of the parasitoid large scale production using C. capitata tsl-Vienna 8 strain and 51 generations using A. fraterculus as hosts are presented. Moreover, the effect and differences between hosts in parasitoid's quality were analyzed. The parasitoid D. longicaudata can be large scale produced using both C. capitata tsl- Vienna 8 or A. fraterculus as hosts, but this strain of C. capitata is not recommended for D. longicaudata mass production once the parasitoid emergency is very low due to the host weakness. If this strain is the best cost/benefit available, the use of host larvae originating from heat treated eggs might be considered to parasitoids production. The A. fraterculus large scale rearing was established successfully after the domestication period of the specie, producing a large amount of insects with excellent quality using local ingredients and little agar in the diet composition over 50 generations. A. fraterculus irradiated larvae as host for large scale producing D. longicaudata promotes greater parasitoid emergence with greater female biased sex ratio and better female quality than C.capitata larvae.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-09-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.