• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2013.tde-13022014-083216
Documento
Autor
Nome completo
Ademir Diniz Neves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2014
Orientador
Banca examinadora
Parra, José Roberto Postali (Presidente)
Bento, José Maurício Simões
Gravena, Santin
Nava, Dori Edson
Yamamoto, Pedro Takao
Título em português
Bioecologia e tabela de vida de fertilidade de Praelongorthezia praelonga (Douglas, 1891) (Hemiptera: Ortheziidae) em diferentes temperaturas e UR
Palavras-chave em português
Amostragem
Inseto sugador
Manejo integrado de pragas
Nível de dano econômico
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento de Praelongorthezia praelonga (Douglas, 1891) em diferentes temperaturas e umidades relativas do ar, para definir áreas, no Estado de São Paulo, nas quais esta praga tenha maior possibilidade de aumentar o seu nível populacional, e, consequentemente causar maiores prejuízos. Neste sentido, a partir de criação estoque em cróton (Codeaum variegatum L.), cochonilhas recém nascidas foram transferidas para mudas de limoeiro Cravo (Citrus limonia L.) onde foram observados diversos parâmetros biológicos. Procedeu-se de forma análoga para avaliação dos parâmetros biológicos desta praga nas diferentes umidades relativas do ar, utilizando-se neste caso, como hospedeiro, tubérculos brotados de batata (Solanum tuberosum). Concluiu-se que as melhores temperaturas com base taxas liquidas de reprodução (R0) e razão finita de aumento (?), para o desenvolvimento de P. praelonga foram 22 e 25°C; a melhor umidade relativa do ar com base nas maiores taxa liquida de reprodução (R0) e razão finita de aumento (?) para P. praelonga foi 70%; a fase crítica, em qualquer condição térmica ou hídrica, para a criação de P. praelonga foi o primeiro ínstar para fêmeas, e o primeiro ínstar e a pseudo-ninfose para machos; em função das exigências térmicas, P. praelonga pode apresentar de 4,99 a 6,60 gerações anuais, nas principais áreas citrícolas de São Paulo; adultos e ninfas de P. praelonga preferiram as folhas maduras da região mediana da copa para escolha; a amostragem de P. praelonga deve ser feita com maior periodicidade nos períodos secos e frios do ano e em folhas da porção mediana das copas.
Título em inglês
Bioecology and fertility life table of Praelongorthezia praelonga (Douglas, 1891) (Hemiptera: Ortheziidae) under different temperatures and RH
Palavras-chave em inglês
Economic loss level
Integrated pest management
Sampling
Sucking insect
Resumo em inglês
The goal of this research was to evaluate the development of Praelongorthezia praeloga (Douglas, 1891) under different temperatures and relative humidity in order to define areas in the state of Sao Paulo where this pest is more likely to increase its population level thus causing higher losses. Through stock rearing of garden crotons (Codeaum variegatum L.), recently born mealybugs were transferred to 'Rangpur' lime seedlings (Citrus limonia L.) and several biological parameters were observed. Similarly the evaluation of the biological parameters of the pest was performed under different relative humidity having, in this case, sprouting potato (Solanum tuberosum) tubers as host. The best temperatures based on net reproduction rates (R0) and finite ratio of increase (?) for the development of P. praelonga were 22 and 25°C; the best relative humidity based on the highest net reproduction rates (R0) and finite ratio of increase (?) for P. praelonga was 70%; the critical stage, under any thermal or moist condition, for P. praelonga rearing was the first instar for females and first instar and pseudo-nymphosis for males; regarding the thermal requirements, P. praelonga may reach 4.99 to 6.60 annual generations in the main citrus areas of Sao Paulo; P. praelonga adults and nymphs preferred mature leaves of the trees for fixation; the P. praelonga sampling must be carried out with higher periodicity in dry and cold periods of the year and in leaves of the central part of the tree.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-02-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.