• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2020.tde-02102020-152923
Documento
Autor
Nome completo
Thais Cardoso Merlo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2020
Orientador
Banca examinadora
Castillo, Carmen Josefina Contreras (Presidente)
Bernardi, Marta Regina Verruma
Haguiwara, Marcia Mayumi Harada
Trindade, Marco Antonio
Título em inglês
News insights for smoked bacon with different woods from chemical and sensory perspectives
Palavras-chave em inglês
Antimicrobial
Antioxidant
PAHs
Smoking
Volatile organic compounds
Resumo em inglês
Bacon is a cured and smoked pork meat product. The smoking can be performed by the direct burn of wood or by aspersion of liquid smoke. The wood smoking requires the use of reforested woods, to be environmentally friendly, and to promote national native flora preservation. Due to different wood compositions, the smoke compounds vary, producing substances like phenols, carbonyls, organic acids, and aldehydes. These compounds contribute positively to bacon quality, providing good taste, color, and desirable flavor, inhibiting lipid oxidation, and decreasing the development of microorganisms, which improves the chemical quality and increases the shelf life of this product. Thus, the general objective of this work was to analyze the effect of burning different reforested woods on the toxicological, physical-chemical, and sensory quality of bacon. The thesis was divided into three studies; the first chapter of this work aimed to analyze carcinogenic compounds such as polycyclic aromatic hydrocarbons (PAHs) produced by burning wood. The second study aimed to analyze the shelf life of smoked bacon through physical-chemical, microbiological, and sensory analyzes during refrigerated storage. In addition, the last study sought to understand the formation of sensory characteristics through volatile and non-volatile compounds. Finally, as of this study, it was possible to produce smoked bacon with PAHs concentrations within the limits determined by legislation, with appropriate physicochemical and microbiological characteristics, and a sensory profile desired by consumers, that is, a healthy meat product from a sustainable production, contributing to the Brazilian industry.
Título em português
Novas descobertas para bacon defumado com diferentes madeiras do ponto de vista químico e sensorial
Palavras-chave em português
Antimicrobiano
Antioxidante
Compostos orgânicos voláteis
Defumação
HPAs
Resumo em português
O bacon é um produto de carne de porco curado e defumado. A defumação pode ocorrer de duas maneiras, pela queima da madeira ou então pela aspersão de fumaça líquida. Vale ressaltar que a defumação feita com madeira deve empregar espécies reflorestadas, com o intuito de preservar a flora nativa nacional e assim ser ambientalmente amigável. Devido às diferenças na composição das madeiras, os compostos gerados na pirólise podem ser diferentes, formando fenóis, carbonilas, ácidos orgânicos e aldeídos. São estes compostos que dão as características ao bacon, como a cor, sabor e o odor desejável, além de contribuírem para a inibição da oxidação lipídica e redução do crescimento de microrganismos, colaborando para a vida útil do produto. Neste contexto, o objetivo geral deste estudo foi analisar o efeito da queima de diferentes madeiras de reflorestamento sobre a qualidade toxicológica, físico-química e sensorial de bacons. A tese foi dividida em três estudos, o primeiro capítulo foi baseado na análise de compostos carcinogênicos, como os hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs) produzidos pela queima de diferentes madeiras de reflorestamento. O segundo estudo objetivou analisar a vida útil de bacon defumado através de análises físico-químicas, microbiológicas e sensoriais durante o armazenamento refrigerado. E o último estudo buscou entender a formação das características sensoriais através de compostos voláteis e não voláteis. Finalmente, a partir deste estudo, foi possível produzir um bacon defumado com concentrações de HPAs dentro dos limites determinados pela legislação, características físico-químicas e microbiológicas adequadas e perfil sensorial desejado pelos consumidores, ou seja, um produto cárneo saudável e proveniente de uma produção sustentável contribuindo com a indústria brasileira.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-10-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.