• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.11.2010.tde-20102010-142000
Documento
Autor
Nombre completo
Fabiane de Souza Costa
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 2010
Director
Tribunal
Susin, Ivanete (Presidente)
Pereira, Angélica Simone Cravo
Queiroz, Mário Adriano Ávila
Título en portugués
Características da carcaça e da carne de borregas de diferentes grupos genéticos submetidas ou não à infecção por Haemonchus contortus
Palabras clave en portugués
Ácidos graxos
Carcaça - Características
Carnes e Derivados
Cordeiros
Haemonchus
Ovinos
Raças animais.
Resumen en portugués
Os objetivos deste trabalho foram avaliar os efeitos do grupo genético (GG) e da infecção por Haemonchus contortus sobre as características da carcaça e da carne de borregas da raça Santa Inês (SI), Ile de France (IF) e animais provenientes do cruzamento de matrizes da raça SI com reprodutores das raças IF, Dorper, Texel e Suffolk. Adicionalmente, foi avaliada a composição química e o perfil de ácidos graxos (AG) na carne das borregas não infectadas. Cento e oito carcaças foram utilizadas, sendo 18 carcaças de cada um dos seguintes GG: SI, IF, ½ Ile de France x ½ Santa Inês (IFxSI), ½ Dorper x ½ Santa Inês (DOxSI), ½ Texel x ½ Santa Inês (TExSI) e ½ Suffolk x ½ Santa Inês (SUxSI). Nove carcaças de cada GG foram de animais infectados com larvas de H. contortus, totalizando 54 carcaças de animais infectados e 54 não infectados. Os animais foram distribuídos em arranjo fatorial 6x2 (6 GG e 2 condições de infecção), em delineamento de blocos completos casualizados, sendo a idade e o peso inicial os fatores de blocagem. As infecções aconteceram três vezes por semana e os animais receberam, por via oral, solução com 500 larvas L3 de H. contortus por infecção durante 14 semanas. Posteriormente, as borregas receberam uma dose desafio com 10.000 larvas L3 e mais 11 subsequentes com 1.000 larvas L3 por dose, distribuídas três vezes por semana. Durante o período experimental total (154 dias), cada borrega recebeu 41.500 larvas L3. Ao final do confinamento as borregas foram submetidas à jejum e abatidas. As características quantitativas e qualitativas da carcaça e da carne foram avaliadas. As borregas DOxSI foram superiores em relação as borregas SI nas seguintes variáveis: peso corporal ao abate, peso de carcaça quente e fria, peso do pernil, paleta e lombo, rendimento de lombo, e espessura de parede corporal. As borregas infectadas tiveram a carne mais clara e amarelada. Borregas SUxSI não infectadas apresentaram a maior (P<0,05) área de olho de lombo (AOL), porém, quando infectadas, as borregas deste GG apresentaram a menor AOL. A infecção por H. contortus ocasionou menores (P<0,05) pesos de abate e de carcaça. Com base na AOL o GG SUxSI apresentou as maiores perdas quando infectados por H. contortus. O cruzamento de matrizes SI com machos Dorper é eficiente, sendo uma alternativa para melhorar as características da carcaça de animas SI. Na determinação da composição química e do perfil de AG foram utilizados 36 músculos Longissimus dorsi de borregas não infectadas, sendo 6 músculos de cada GG. As borregas IF e IFxSI apresentaram maiores (P<0,05) quantidades de lipídeos que as borregas SI. Não houve efeito (P>0,05) do genótipo sobre os teores de umidade, cinzas e proteína. As borregas SI e SUxSI depositaram menos gordura que as IF e IFxSI. Os GG SI e SUxSI apresentaram a maior relação entre os AG poliinsaturados e saturados quando comparado às borregas IFxSI.
Título en inglés
Carcass and meat characteristics from ewe lambs of different genotypes with and without Haemonchus contortus infection
Palabras clave en inglés
Breed animals.
Carcass - Characteristics
Fatty acid
Haemonchus
Meet and meat products
Sheep
Resumen en inglés
The objectives of this experiment were to determine the effects of genotype and Haemonchus contortus infection on carcass and meat characteristics of ewe lambs and the effects of genotype on chemical composition and fatty acids (FA) profile. A total of 108 carcasses were evaluated. Eighteen carcasses from each of the following genetic groups (GG): Santa Inês (SI), Ile de France (IF), ½ Ile de France x ½ Santa Inês (IFxSI), ½ Dorper x ½ Santa Inês (DOxSI), ½ Texel x ½ Santa Inês (TExSI) and ½ Suffolk x ½ Santa Inês (SUxSI) were used. Half of the animals from each GG were infected with H. contortus L3 larvae. A factorial arrangement of treatments 6x2 (6 GG and two infection conditions) was used in a randomized complete block design. Blocks were defined by initial weigh and age. The infections occurred three times a week and animals received an oral solution with 500 L3 larvae during 14 weeks. Following this period the infected ewe lambs received an additional dosage with 10,000 L3 plus 11 infections with 1,000 L3 each, drenched three times a week. Each animal received a total of 41,500 larvae during the experimental period. After 154 days of confinement ewe lambs were slaughtered and the carcasses evaluated. DOxSI ewe lambs showed higher values than the SI ewe lambs in the following variables: body weight at slaughter, hot and chilled carcass weight, weight of leg, shoulder and loin, loin yield, and body wall thickness. H. contortus infection showed (P<0.05) lower slaughter and carcass weights. Infected ewe lambs had lighter and more yellowish meat compared to non-infected. SUxSI noninfected ewe lambs had (P<0.05) the largest loin eye area (LEA), but when infected, these GG ewe lambs had the smallest LEA. Crossbreeding SI ewes with Dorper sires is an alternative to improve carcass characteristics of SI animals. To determine the chemical composition and the fatty acid profile, 36 Longissimus dorsi muscle from noninfected ewe lambs were used. IF and IFxSI ewe lambs showed (P<0.05) high amounts of lipids than SI and SUxSI ewe lambs. No effect of genotype (P>0.05) was found on moisture, ash and protein. SI and SUxSI had better polyunsaturated:saturated FA ratio compared to IFxSI ewe lambs.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2010-11-10
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.