• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.11.2010.tde-11022011-101117
Documento
Autor
Nombre completo
Pedro Gomes da Cruz
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 2010
Director
Tribunal
Santos, Patricia Menezes (Presidente)
Barioni, Luis Gustavo
Oliveira, Patrícia Perondi Anchão
Pedreira, Carlos Guilherme Silveira
Pezzopane, José Ricardo Macedo
Título en portugués
Produção de forragem em Brachiaria brizantha: adaptação, geração e avaliação de modelos empíricos e mecanicistas para estimativa do acúmulo de forragem
Palabras clave en portugués
Brachiaria
Capim marandu
Forragem - Produção
Gramíneas forrageiras
Simulação - Modelos.
Resumen en portugués
As gramíneas forrageiras representam plantas de grande interesse econômico. Diversas são as espécies tropicais que apresentam-se como opções para a formação de pastagens no Brasil, desta forma objetivou-se neste trabalho a determinação de fatores que devem ser considerados em modelos para a predição da produção de forragem em cultivares de Brachiaria brizantha; gerar e testar modelos empíricos para a predição da taxa de acúmulo de matéria seca no capim-marandu; e parametrizar e comparar modelos mecanicistas, na estimativa de produção de matéria seca do capim-marandu. Para isso, foi conduzido um experimento no campo experimental da Embrapa Pecuária Sudeste, localizada no município de São Carlos SP. O delineamento experimental utilizado foi em blocos completos inteiramente casualizado com quatro repetições. Os cultivares de Brachiaria brizantha cv. Marandu, Xaraés e Piatã foram avaliados em crescimento livre e com freqüência de corte a cada 35 dias, em esquema fatorial 3x2. Foram avaliados: acúmulo de forragem, índice de área foliar (IAF), área foliar específica (AFE), altura do meristema apical, altura de plantas e estádio de desenvolvimento do perfilho. O corte influenciou a massa seca de forragem acumulada por corte acima do resíduo em todos os cultivares de B. brizantha, sendo que o cultivar Xaraés apresentou o maior acúmulo quando comparado aos cultivares Marandu e Piatã. Na avaliação da AFE, houve efeito de cultivar, onde o cultivar Piatã apresentou a menor média (136,3 cm2.g-1), entretanto, os cultivares Marandu e Xaraés foram semelhantes (163,6 e 156,7 cm2.g-1; P>0,05). O corte não influenciou nos valores de AFE, mas a AFE diminuiu ao longo do tempo. No acúmulo de forragem ao longo do ano, destacou-se o cultivar Xaraés quando comparado aos cultivares Marandu e Piatã (25.539 contra 18.148 e 19.292 kg MS.ha-1.ano-1). O IAF acima do resíduo apresentou altas correlações com o acúmulo de forragem ao longo do ano com valores de r de 0,95, 0,93 e 0,94 para os cultivares Marandu, Piatã e Xaraés, respectivamente (P<0,0001). A partição de massa seca da parte aérea foi influenciada pelo corte e pelas variações estacionais de temperatura e luminosidade. Em todos os cultivares foram observados períodos de juvenilidade, sendo um importante fator a ser considerado em modelos envolvendo o crescimento de Brachiaria brizantha. A abordagem de modelos empíricos mostrou-se uma alternativa prática e viável, capaz de estimar a produção de forragem. O modelo que relacionou a variável climática de graus-dias corrigida pela relação ETR/ETP apresentou a melhor predição da taxa média de acúmulo de matéria seca para a cidade de São Carlos. O CROPGRO apresentou subestimativas na produção de matéria seca nos diferentes anos, principalmente no período de primavera/verão, responsável pelas maiores produções. Já o GRAZPLAN simulou satisfatoriamente as produções de massa seca, estimando valores bem próximos aos valores reais de produção, tanto no período de menor produção (outono/inverno) quanto no período de maior produção (primavera/verão).
Título en inglés
Forage production Brachiaria brizantha: adaptation, generation and evaluation of empirical and mechanistic models to estimate the forage accumulation
Palabras clave en inglés
Brachiaria
Forage Production
Forage grasses
Marandu grass
Simulation - Models.
Resumen en inglés
The grasses represent plants of great economic interest. Several tropical species that are presented as options for pasture establishment in Brazil, so the objective of this work is to determine the factors that should be considered in models for prediction of forage in Brachiaria brizantha generate and test empirical models for predicting the rate of dry matter accumulation in Marandu grass, and parameterize and compare mechanistic models to estimate the dry matter production of Marandu grass. For this, an experiment was conducted at Embrapa Southeast Cattle, located in São Carlos - SP. The experimental design was randomized complete block with four replications. The cultivars of Brachiaria brizantha cv. Marandu, Xaraés and Piatã were valued at free growth and with a cut each 35 days in a factorial 3x2. It was evaluated: herbage accumulation, leaf area index (LAI), at specific leaf area (SLA), height of apical meristem, plant height and tiller growth stage. The cut affected the herbage dry matter accumulated by cutting up the residue in all cultivars of B. brizantha, and the Xaraés cultivar showed the greatest accumulation when compared to the cultivars and Marandu Piatã. In the evaluation of ERA, there was no effect of cultivar, where the Piatã had the lowest average (136,3 cm2.g-1), however Xaraés and Marandu cultivars were similar (163,6 and 156,7cm2.g-1, P> 0.05). The cut did not affect the values of AFE, but the SLA has decreased over time. In herbage accumulation over the years, the highlight was the cultivar Xaraés compared to cultivars Marandu and Piatã (25,539 against 18,148 and 19,292 kg MS.ha-1.year-1). LAI above the residue showed a high correlation with herbage accumulation over the years with r values of 0,95, 0,93 and 0,94 for cultivars Marandu Piata and Xaraés, respectively (P <0,0001) . The partitioning of dry mass of shoots was influenced by the cut and the seasonal variations in temperature and luminosity. In all cultivars were observed periods of juvenility, being an important factor to be considered in models involving the growth of Brachiaria brizantha. The approach of empirical models proved to be a practical and viable alternative, capable of estimating forage production. The model relating the variable climate of degree-days adjusted by the ratio AE/PE showed the best prediction of the rate of accumulation of dry matter to the city of São Carlos. The CROPGRO had underestimated the dry matter production in different years, especially during the spring/summer, responsible for higher yields. Already the GRAZPLAN simulated satisfactorily dry mass production, estimating values very close to the real values of production, both in periods of low production (fall/winter) and in the period of peak production (spring/summer).
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2011-02-11
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.